Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
Matraka em 09 de setembro de 2010 às 14:33:42»
o Luiz Felipe está certíssimo...estou com ele
avatar
Bah em 05 de julho de 2010 às 00:43:54»
Gostei do comentário gigante ( razz ) do Padre Torque. Achei muito interessante.
Luiz Felipe em 02 de julho de 2010 às 19:31:10»
Parece que as pessoas não querem mais pensar. ninguem lê mais do que 2 linhas de texto. esse é o problema. não é falta de inteligencia, é falta de vontade. pessoas sem vontade são piores que as burras. as burras podem inicialmente não aprender por que não conseguem, mas se forem esforçadas, eventualmente acabam conseguindo. mas as sem vontade nunca, jamais conseguiram fazer, mesmo que sejam inteligentes.
avatar
Sunrunner em 01 de julho de 2010 às 20:27:28»
Admin:Fale menos sobre ciências e religião,senão não dá pra eu ler comentários kilométricos assim!
Padre Torque em 01 de julho de 2010 às 16:00:59»
Falando em estudos, inteligência, aprender...
Lembrei-me de uma Fábula... Muitos já a conhecem..
.
De um homem, ignorante aos 40 anos, sem saber ler, nem escrever.
E, nesta condição, sobrou-lhe apenas o serviço de "porteiro de bordel"...
Apenas tinha que abrir a porta, cumprimentar clientes e apartar brigas.
Estando o bordel em má situação financeira, o dono resolveu contratar um "administrador de empresas", para melhorar o negócio.
Este, por sua vez, assumiu o negócio e delegou novas funções a todos os empregados.
"- E você", dirigindo-se ao porteiro, "-você vai anotar as entradas de clientes e os horários, para sabermos as estatísticas do noegócio".
"- Sr. me desculpe, mas não sei ler nem escrever, doutor..."
Admirado, o Administrador teve que despedir o porteiro, por não ter o mínimo de condições de executar a tarefa.
.
Este, então, para não morrer de fome, pensa num solução: Vai à cidade mais próxima e compra feramentas, para fazer trabalhos manuais para os outros, a fim de ganhar um suado dinheiro e ir sobrevivendo.
Em seu primeiro retorno a vila, encontrou um conhecido que precisava de ferramentas e ofereceu de comprar seus novos utensílios, para não precisar ir até a cidade, fazer essas compras.
Em um momento de senso, o homem, ignorante mas não de todo burro, vendeu-as por um preço maior e com bom lucro.
Notou que podia fazer isso novamente e partiu para a cidade, buscar mais ferramentas.
.
Assim, desenvolveu uma pequena ferragem na vila, sortida e, aos poucos, forte para ninguém mais precisar sair da vila, comprar ferramentas, peças e mantimentos.
Assim foi até o dia que teve condições de ele próprio construir as ferramentas, evitando ter que viajar para isso.
No mesmo ritmo, criou uma indústria, com a fabricação de várias ferramentas e artigos.
.
Mudou-se para a cidade grande, instalou mais indústrias e ficou conhecido na região inteira, como um trabalhar honesto, bilionário e muito bem sucedido homem de negócios.
Assim foi até o dia que recebeu a "chave da cidade", das mãos do prefeito, por serviços prestados à comunidade.
Em breve conversa no palanque, o prefeito descobre que o homem, dono de um império, não sabia ler nem escrever...!
Não se contêm e comenta:
"- Meu Deus... Imagine o sr., o que seria hoje, se soubesse ler e escrever !!!"
A resposta do homem?
"- Seria porteiro de bordel, prefeito... Porteiro de bordel..."
.
:-/
avatar
Tyr em 01 de julho de 2010 às 06:46:20»
LoiraInteligente »
Foi justamente o que comentei logo abaixo! Muita materia prima, pouco utilizacao! Vira uma maldicao!
Luiz Felipe em 30 de junho de 2010 às 20:27:16»
Saber escrever direito tambem não é sinonimo de inteligencia.
Saber usar a gramatica não garante que o que a pessoa escreveu esta certo ou errado.
Assim como conhecimento não garante que a pessoa é inteligente.
Alias, eu acho meio inutel esse esquema de provas do sistema de ensino. É um tanto estupido armazenar tanto conhecimento no meu cerebro se posso deixar no livro, lembrar mais ou menos e quando precisar ler o livre e buscar. Por isso acho injusto o metodo padrão de avaliação baseados em provas. Pois desfavorece quem tem inteligencia analitica, porem não tem boa memoria.
Tem pessoas ai abaixo dizendo sobre alguem que aprendeu a falar em ingles sozinho. imagine se tivesse estudado. Eu acho que nesse caso pode ser que a pesso nem aprendesse.
avatar
LucasBritu em 30 de junho de 2010 às 20:20:16»
Existem muitas formas de inteligência. E todas são importantes.
avatar
LoiraInteligente em 30 de junho de 2010 às 16:31:08»
Inteligência... Ser inteligente... Ter um QI elevado...
Isso é muito relativo. Depende de como a inteligência é desenvolvida ou canalizada e como é utilizada.
Ter um QI alto muitas vezes é causa de solidão ou enorme frustação.
Estudar pode auxiliar na descoberta de soluções, mas não aumenta a inteligência. Isso explica pessoas analfabetas ou semi-analfabetas que constroem, inventam ou são geniais em suas funções. Não são elas inteligentes? O mecânico da história não seria inteligente para ser capaz de identificar o problema do carro e resolve-lo?
Reter informações é maravilhoso, especialmente quando podemos compartilha-la. Isso eu considero inteligência últil.
avatar
Angelik em 30 de junho de 2010 às 12:56:28»
Concordo com ele. Embora eu não resista a um bom teste de QI, só por curiosidade... wink
avatar
Tyr em 30 de junho de 2010 às 11:24:00»
O legal eh que o Asimov eh a cara do Dentes-de-Sabre! So faltou ter garras nas maos!
avatar
Evandro Eloy em 30 de junho de 2010 às 09:46:00»
Hoje ainda antes de ler o assunto discutia com uma de minhas alunas de informática a questão da relatividade no tempo de aprendizado...tenho alunos que em apenas uma aula aprendem a editar textos, vídeos, fotos... outros demoram meses, (principalmente os de mais idade), falei das minhas limitações, que não conheço linguagem java, programação, e que gostaria demais...e o simples gostar demais não resolve, e chegamos juntos a conclusão que o simples estudar também não . É preciso gostar do que faz, se apaixonar, daí sim verá resultados impressionantes!
avatar
Charlles em 30 de junho de 2010 às 09:13:59»
QUE BÃO!!! preciso mostrar isso pra mamãe,ela chorou quando viu meu resultado: -20 razz
avatar
msp1500 em 30 de junho de 2010 às 07:41:27»
Concordo plenament com Asimov.
Excelente post, com um tema fantástico, todavia, há que se considerar que a inteligência é algo muito relativo, pois se ao físico inglês Stephen William Hawking fosse entregue algumas sementes variadas de verduras e/ou frutas, certamente ele nem saberia como nem quando plantá-las, ou ainda, se mandasse ele pescar, provavelente não saberia onde lançar qual tipo de isca, e por isso, nada pegaria, e assim por diante.
Do mesmo modo, nem precisa mudar muito de área não. Se fosse pedido ao Dr. Ivo Pitangui para fazer um projeto de uma casa, e ao Oscar Niemeyer que faça uma cirurgia, ambos seriam um desastre, uns "ignorantes".
Assim sendo, a inteligência depende muito de quem está fazendo o quê; uma vez que cada pessoa é "doutor" ou "expert" na sua área específica.
Fernando Sampaio em 30 de junho de 2010 às 00:28:59»
Parabéns por esta postagem. Foi o texto mais objetivo e conciso que li sobre o conceito de inteligência. Você é um leitor ávido e inteligente.
Doug1 em 29 de junho de 2010 às 22:42:57»
OK admin, a gente não tira mais sarro de você porque tirou 50 no teste.... não precisava fazer um post sobre isso
Padre Torque em 29 de junho de 2010 às 21:51:30»
Isaac Asimov era realmente uma mente previlegiada...
Foi por causa desse cara que aprendi a ler.
Lembro-me que tinha 5 anos e via meu pai lendo coleções de Asimov, em casa, com aquela estante cheia de livros, com capas de desenhos maravilhosos e figuras violentamente atraentes...
Me obriguei a aprender a ler precocemente, tamanha era a vontade de ter aqueles livros em minha vida.
Devo à Asimov todo o gosto pela leitura e a paixão que me levou a criar estórias e gerir livros como se fossem filhos, praticamente me tornando dependente e na batalha, hoje em dia, para poder viver disso.
Obrigado, Asimov...!
.
Quanto aos comentários dele...
Bem... Concordo, claro.
Não por tê-lo como ídolo ou guru literário, mas por achar que a lógica dele é a mais simples e lógica que se apresenta...!
Muito fácil...
.
Inteligência é a capacidade que o ser humano tem de - processar - a informação e dela tirar o máximo de proveito possível !!!!
Assim, muitas pessoas gostam de aprender sobre várias áreas. Geralmente todas elas com alguma afinidade à sua consciência, suas preferências...
.
Enfim...
Se eu quiser impressionar, basta eu decorar as respostas das "questões inteligentes" dos testes de QI...
Mas prefiro me deliciar com as pequenas e particulares coisas que aprendo, e me contentar em saber que aprendi e consigo executar "tal" tarefa com êxito...
.
Abraços a todos...
smile
Moonwalker (sem logar) em 29 de junho de 2010 às 20:14:23»
Eu consigo aprender, mas não gosto nem um pouco, raposa vermelha... Luna, é sim, mas não vai ficar cheia por causa disso... smile
avatar
wendelzao em 29 de junho de 2010 às 18:32:27»
..............
avatar
Brasileiro Sertanejo em 29 de junho de 2010 às 17:50:26»
Knapa, concordo contigo com relação a comprar carne pois ainda hoje estou prá saber qual a diferença de primeira prá segunda pois caiu na minha rede é peixe ou seja, caiu no meu prato, desce com gosto e, principalmente quando estou com fome pois a fome é o melhor tempero que há na mesa. sha
avatar
Knapa em 29 de junho de 2010 às 17:27:13»
Concordo com a Luciana.

Eu só sei a diferença de uma carne pra outra na hora de comer mesmo ....e olhe lá ! Só diferencio as mais óbvias como diferença do gosto entre a picanha e o coxão duro biggrin Mas se for pra comprar ,eu acabo levando patinho no lugar de filé mignon.
avatar
Brasileiro Sertanejo em 29 de junho de 2010 às 16:57:01»
Conheço um cara que não tem nem o segundo grau completo e além de técnico em informárica, é pedreiro dos bons, mecânico, motorista dos bons e numa mesa de bar, ninguém sabe contar piadas mais engraçadas que ele que quase nos matam de rir.
Chato é que o cara detesta comprar cigarros e acaba com a carteirinha dos amigos em poucas horas de conversa. twisted
avatar
Brasileiro Sertanejo em 29 de junho de 2010 às 16:52:57»
Não acredito em pessoas completamente burras ou altamente inteligentes acredito sim, que existem umas altamente antenadas com a vida e a realidade e o outras, que não tão nem vendo porra nenhuma até mesmo prá o que digam ou pensem delas pois o importante é o que elas achem sobre as coisas que as cercam e como as vê e as pode e sabe definir. fool
Luciana em 29 de junho de 2010 às 16:43:52»
Fou muito interessante ler este post hoje. Estava a pensar em meu pai, que mal tem o primeiro grau completo, contudo foi durante sua vida açougueiro e entende parfeitamente das partes de animais como bois e porcos, tanto quanto um médido entende de anatomia...Ele sabe identificar com a parte de cada peça de carne, basta olhar e ele já sabe de onde foi tirada, eu em compensação, mesmo com nível superior, nem sei sequer comprar carne, se eu pedir contra-filé e o açougueiro quiser me enganar entregando-me outro tipo de carne não vai ser difícil, mas em minha profissão tenho êxitos....Então pergunto-me, será que ser inteligente é mesmo ter um alto qi, assimilar as coisas com facilidade ou simplesmente ter amor por aquilo que acredita e faz?
Luciana em 29 de junho de 2010 às 16:38:00»
Ninguém é perfeito!
Lyn em 29 de junho de 2010 às 16:33:32»
Acho que tudo depende de nosso esforço também.
Essas pessoas que aprendem as coisas sozinhas, são apenas pessoas que tiveram muita dedicação. Acho que dedicação e força de vontade fazem as pessoas inteligentes também, nós somos capazes de muitas coisas, mas infelizmente não aproveitamos o nosso cérebro 100%.
Alguns tem o cérebro mais desenvolvido para uma coisa que para outra, mas cada pessoa tem uma inteligencia diferente, alguns tem mais porque se aplicam a mais coisas, outros permanecem na mesma coisa.
Muito interessante esse texto e foi um dos melhores.
avatar
Luna em 29 de junho de 2010 às 16:32:34»
Eu sou mais inteligente que o Moon. wh
avatar
RedFox em 29 de junho de 2010 às 15:50:04»
Moon, você não gosta de matemática, mas consegue aprender ou não?
Eu, por exemplo odeio gramática,biologia, mas tenho muita facilidade de aprender.
avatar
RedFox em 29 de junho de 2010 às 15:40:56»
Inteligente não é quem sabe tudo e sim quem tem capacidade de aprender qualquer coisa que queira.Modéstia à parte,eu me considero inteligente, meu QI nem é tão elevado (115 - 120),mas eu sou capaz de aprender qualquer coisa a que me disponha.
Natália em 29 de junho de 2010 às 15:40:55»
Certo dia vi na TV um homem do nordeste que aprendeu a falar em inglês ouvindo uma rádio estrangeira ! Não sei como ele assimilava os significados, mas ele aprendeu só de ouvir em um radinho , imagine se tivesse oportunidade de fazer um curso , não é mesmo ??

Tudo bem que a pronúncia não era perfeita, ele ainda mantinha o sotaque do norte ( e, na verdade, poucas pessoas conseguem falar em inglês 100%, alguns sons que não são comuns para nós sempre saem com sotaque mesmo )m as eu acho super inteligente um homem aprender sózinho uma coisa que pessoas normalmente quebram a cabeça pra aprender smile
avatar
Moonwalker em 29 de junho de 2010 às 15:38:53»
Hehe, foi o post que mais gostei nas últimas semanas... Sério, muito bom.
Eu sempre digo que inteligência sem sabedoria não significa nada. Sempre me considerei bem inteligente, mesmo não gostando de matemática, por exemplo. clap clap
Natália em 29 de junho de 2010 às 15:34:48»
Rsrsrs, gostei desse artigo. Ótimo ponto de vista.

Certo dia , eu li na SuperInteressante que os testes de QI estão 'fora de contexto' e que agora utilizam testes de inteligencia múltipla como por exemplo inteligencia lógica, interpessoal, intrapessoal, inteligencia para se aprender música, para memorização ...

POis, afinal, muitos não tiveram a chance de fenquentar a escola e não sabem fórmulas químicas, física quântica ou até mesmo ler bem ou fazer contas básicas; mas mesmo assim estes têm outros tipos de inteligencia. Quantas pessoas não aprenderam a tocar um instrumento sózinha, ou é um bom marceneiro sem nunca ter ido à um curso ?Eu considero isso inteligência.
Dunga em 29 de junho de 2010 às 15:23:05»
Exemplos de teste aplicado no teste de Q.I.
1. Qual dos cinco é menos similar aos outros quatro?
URSO - COBRA - VACA - CÃO - TIGRE
2. Se você rearranjasse as letras "LOCEHO", você teria o nome de um:
OCEANO - PAÍS - ESTADO - CIDADE - ANIMAL
Dunga em 29 de junho de 2010 às 15:20:35»
O Texto está errado em relação ao teste de Q.I., pois o teste de Q.I. não testa conhecimentos e sim a capacidade de resolver problemas, portanto o autor deve se referir a um aprova de conhecimento gerais, e não a um teste de Q.I.
Dunga em 29 de junho de 2010 às 15:10:14»
Inteligência não é conhecimento e sim a capacidade de resolver um problema!
O Teste de Q.I. não testa o conhecimento e sim a capacidade de resolver problemas.
avatar
Tiago nox em 29 de junho de 2010 às 14:24:44»
verdade tyr acho que me espressei mal(e pra falar a averdade não intendi oque disse wink )

corrigindo:entre os autistas alguns são genios(10%) e entre os genios alguns poucos são autistas: )
avatar
Tyr em 29 de junho de 2010 às 13:55:38»
Tiago nox:
Vc quis dizer que o contrario nao eh verdadeiro! Concordo! confused
avatar
Tiago nox em 29 de junho de 2010 às 13:40:55»
tyr

você descreveu um autista e não um genio(literalmente)(alguns genios são autistas, mas a maioria não é wink )
avatar
Tyr em 29 de junho de 2010 às 13:26:04»
O maior problema de um QI elevado eh a quantidade de informacoes que recebe e no geral nao filtra! Absorve tudo! Pensa demais e age de menos! No fim das contas, o que era vantagem vira estorvo! E realmente creio que isso causa disturbios de concentracao e emocionais!
avatar
ICTUS em 29 de junho de 2010 às 12:57:02»