Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
Luiz Felipe em 26 de novembro de 2010 às 09:50:30»
Com certeza na religião tem mais podridão que na politica.
avatar
Thor em 26 de novembro de 2010 às 08:33:47»
Esse pessoal procura confusão demais.
avatar
Tyr em 25 de novembro de 2010 às 12:01:56»
Hatasil,
é fato! Existem outras histórias da Santíssima igreja que estou lendo que são de arrepiar!

Me diz uma coisa. Esse teu nick é em função do que?
Hatasil em 25 de novembro de 2010 às 11:58:58»
Quanta sujeira existe na Igreja Católica Apostólica Romana...
Quanto mais mexe, mais fede.
Assassinatos aos montes, a mando dos próprios cardeais e bispos.
O João Paulo II foi outro assassinado.
O Bonifácio nem chegou a esquentar o trono. Só levou 20 dias.
Estes fatos só corroboram com o meu ateísmo. Se os "procuradores" de deus, aqueles que tem "intimidade" com Jesus e os demais homens santificados procedem desta maneira é porque não temem a punição "pós morte", ou seja, não acreditam naquilo que pregam.
avatar
LucasBritu em 24 de novembro de 2010 às 20:38:25»
eek . sem comentários pessoal...
avatar
Luiz Felipe em 23 de novembro de 2010 às 23:21:13»
Se o cara morreu, sua vingança não será plena, voce vai punir alguem depois de morto, mesmo eles acreditando em vida apos a morte, é só o cadaver, teoricamente não afeta em nada o fantasma do papa. Quem fez isso so provou que é um idiota.
avatar
Brasileiro Sertanejo em 23 de novembro de 2010 às 18:26:11»
O Papa Formoso foi encontrado morto nos seus aposentos e diz-se que foi de uma grande surra.
Depois de enterrado no lugar aonde aonde os Papas são enterrados, seu sucessor e arqui inimigo Estevão VII mandou desentarrá-lo para ser julgado, no que ficou conhecido como o macabro Sínodo do Cadáver.
Vestiram-no com as vestes papais, mesmo já em avançado estado de putrefação e cheio de vermes que saltavam de sua boca e nariz, o sentaram-no no trono dos Papaa com um ventrílico atrás dele que mexia na sua boca cheia de vermes a confirmar tudo que lhe pertguntavam tais como violação do direito canónico, de falso testemunho, e de servir como um bispo na cidade do Porto, enquanto na verdade era um leigo.
Depois de condenado, teve os dedos cortados de onde lhe arrancaram o anel de Papa e lançaran o cadáver podre, nas profundezas do rio Tibre, aonde depois foi recolhido pelo povo para que tivesse um enterro digno. lol lol lol lol
avatar
Sergipano em 23 de novembro de 2010 às 15:14:32»
Condenação de um cadáver???? ainda bem que não foi à pena de morte... porque senão como iriam matá-lo???? P.S.: Naninha... amei seu novo avatar...
avatar
wendelzao em 23 de novembro de 2010 às 14:51:27»
Pelo menos ele não foi condenado a pena de morte
avatar
Nana em 23 de novembro de 2010 às 14:26:17»
Aff esse povo dessa época era ruim demais... Por isso que ainda acho que hj em dia temos tantas atrocidades quanto antes, mas elas são mais vistas.
avatar
LukeSchimmel em 23 de novembro de 2010 às 14:24:44»
Por que isso não me surpriende?
avatar
Tyr em 23 de novembro de 2010 às 14:07:32»
Dentre todas, essa eu ja conhecia, o que me lembrou de outra história envolvendo um papa, que por questões cientificas foi condenado a morte de forma brutal.
Escrevo sobre isso!
avatar
Sara em 23 de novembro de 2010 às 13:44:06»
coitado, não deixaram ele quieto nem depois de morto...