Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
Politico Honesto em 27 de junho de 2011 às 00:33:37»
Brigas de rua... Bons tempos aqueles... rolleyes
Dodobird em 11 de fevereiro de 2011 às 15:27:24»
Quem ganhou a briga??? O cachorro, que se divertiu um monte pulando em volta das duas antas hehehe....
Blood Elf em 10 de fevereiro de 2011 às 09:20:24»
rapaz... quem é Chris Cyborg?!?!
avatar
Tyr em 05 de fevereiro de 2011 às 23:55:06»
A ultima vez que eu briguei eu apenhei até! O briguento em questão não parou de dar com a cara dele na minha mão! Foi horrivel! Traumatico!

Quanto as duas do video... WTF Brasil?

Nem dá pra comentar! Somente a marca da cachaça que rolou no aquecimento.
avatar
daniel19vasco em 04 de fevereiro de 2011 às 22:52:28»
E teve uma vez tbm, q eu fikei (perdi o BV) com uma guria q tava ficando com um outro piá...
e ele era o valentão da escola, quando ele ficou sabendo, ele veio conversar de boua comigo, agente ainda ficou rindo e talz, no dia seguinte ele veio querendo me bater, achu q foi pq alguém falou p\ ele q eu, o CDF da sala q era BV, botou chifre nele, q era o valentão, o pegador..
ele ficou 1 semana me perseguindo, eu só desviava, daí passou...
depois de uns 2 meses, alguém pegou no pé dele denovo, e ele tacou uma tesoura em mim (mas errou), e na última semana de aula, ele derramou guaraná em mim, na hora eu saí da sala e fui me limpar, e depois q professora pergunto pq eu tava fora da sala, daí eu expliquei e ela mandou acabar a "confraternização" de fim de ano....
Hj agente conversa de boua quando se encontra, mas q eu tive vontade de acertar a fuça dele, isso eu tive...
avatar
daniel19vasco em 04 de fevereiro de 2011 às 22:45:57»
Bom, eu ninca briguei de sair na porrada, ja discuti algumas vezes..
hj sou amigos dos caras...
ja arranjei mta encrenca jogando futebol/futsal, mas se eu sou amigo do cara antes de começar o jogo, agente pode discutir na hora, mas no mesmo dia ja estamos amigos...
agora se eu não conheço e discuto com o cara, capaz de dar briga, pq eu não vou pedir desculpas, eu peço desculpas na hoa que faço algo errado, então se o outro ta errado ele que venha pedir desculpas.
avatar
FoxRaider em 04 de fevereiro de 2011 às 10:38:03»
chun-li wins!!!! oh wait....
a unica vez que eu briguei com alguem foi na quinta serie...e ainda me lembro desse dia eek
Nandy em 04 de fevereiro de 2011 às 08:21:02»
Luiz Felipe me da medo!
Luna e traumatizante...
E eu sempre fui magrela, e sempre tive meninos como amigos... Mesmo assim, eu tambem pago pra nao brigar!
avatar
Luiz Felipe em 04 de fevereiro de 2011 às 00:53:56»
O comentario da Luna fez eu me lembrar que quando eu era pequeno, tinha um japones maldito que obvio era mais forte que eu, ficava me chingando e batendo.
Um certo dia, eu entrei na escola, mas fiquei escondido para todos pensarem que faltei.
Dai fiquei de tocaia esperando o japones aparecer na quadra.
Então lasquei uma tijolada e rachei o cranio do muleque, apareceu até ambulancia porque cortou e apagou o muleque.
Ja que ele estava embaixo na quadra e eu tava tipo no telhado da cantina (dava para sobir pelo muro lateral da cozinha), dava uns 2 ou 3 andares de altura.
O tijolo pegou muita energia de inercia. Até hoje não sei como consegui acertar a mira e nem de onde veio tanta força para tacar o tijolo, deve ter sido do odio mortal.
Depois me escondi na biblioteca para não ser pego pela diretora.
Porque será que nunca mais vi o muleque na escola, acho que pediu transferencia por ter ficado com medo.
Se a pessoa vier mecher comigo, pode até me bater, eu nem vou fazer nada na hora, mas ficarei pensando num plano macabro para foder a pessoa de um jeito que ela nunca mais vai chegar perto.
avatar
urssim em 03 de fevereiro de 2011 às 23:33:12»
Não conheço o pessoal aqui do mdig, mais sei de uma coisa se um dia tiver o prazer de conhecer a LUNA quero ser um grande amigo dela porque esse depoimento me deu medo mais ainda da caneca ,e confesso que tambem era pertubado na escola tipo assim quase bully
ate que o muleque que me pertubava foi espulso porque roubou um professor ,e por isso ate hoje rezo para não entrar em briga ,acho que as coisas na maioria das vezes podem ser resolvidas pacificamente isso na minha opinião ,mas no caso das duas ai do video seila ne razz
avatar
Lucy em 03 de fevereiro de 2011 às 16:27:47»
na terceira serie um garoto valentao da sala quis mi dar uma surra na saida porque eu denunciei ela pra diretora de roubar os lapis na sala, o garoto devia ter uns 2 metros, eu logico inventei uma dor de barriga ou de kualker outra coisa pra mi deixarem ir embora mas cedo, contei pro meu pai ki o garoto keria mi bater, no outro dia meu pai chegou no colegio pra mi buscar e perguntou se o garoto nao keria bater nele, foi igual no video, o valentao virou mocinha wink
avatar
Lucy em 03 de fevereiro de 2011 às 16:22:27»
Eu nunca briguei, ja até tentei uma vez com uma (amiga) ela era 4 vezes maior ki eu e pros lados, ela mi deu só uma barrigada, ai eu achei ki era nova de mas pra morrer,hoje somos grandes amigas eu sempre fui magrelinha e desnutrida era surra na certa, ainda hoje pago pra não brigar redface
avatar
Brazuka em 03 de fevereiro de 2011 às 16:17:53»
Tá vendo meu amorzinho LUNA, não casou comigo porque não quiz ainda pois tu é como se diz aqui em Fortaleza, O DIABO CHUPANDO MANGA! ma
Mas, num daria certo nosso casamento não pois todos os anos tu taria de barrigão à caminho da maternidade. eek
avatar
Samuk em 03 de fevereiro de 2011 às 16:09:20»
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Uuuiiaaa clap clap clap
avatar
Luna em 03 de fevereiro de 2011 às 14:28:12»
Havia uma garota na escola, na terceira série, que infernizava minha vida, não havia como dialogar com aquela criatura. Eu a evitava ao máximo, nunca gostei de brigas, eu a ignorava, mas não adiantava, ela tinha o prazer de me perturbar.

Muitas vezes, eu me imaginei pegando ela pelos cabelos e socando a cara dela na mesa da sala até os olhos dela saltarem, mas eu seguia calma e aguentado tudo calada, toda a humilhação, um dia eu me vingaria daquele demônio de cachinhos loiros e sainha rosa. E eu a odiava..sim, eu a odiava.

A gota d'água foi quando ela despejou um litro inteiro de cola Tenaz no meu cabelo e rio, rio muito...então, naquele dia cinzento, eu fui para casa determinada a arquitetar um plano macabro de vingança... -o piso do banheiro era hiper escorregadio, não sei que tipo põe um piso daqueles no banheiro de uma escola, talvez alguém que odiasse crianças, um corcunda deformado que sofria com os deboches das crianças malvadas e cruéis que o chamavam de monstro e o atiravam pedras. Mas as serventes o mantinha seco pra evitar acidentes.

O vento frio batia nas castanheiras ao redor do imenso e vazio pátio da escola. O demônio de cachinhos pediu para ir ao banheiro. Agora era o momento certo, nada podia dar errado. Assim que ela saiu, eu disse a professora que precisa tomar água, e sai... O banheiro ficava bem distante das salas, não havia ninguém por lá nessas horas...só se ouvia o barulho do vento nas castanheiras. Estávamos à sós... Perfeito! Eu tinha que ser rápida... peguei minha caneca da sorte, enchi de água, quando ela foi saindo do banheiro, correndo como uma mula descontrolada, como sempre fazia, nem parecia uma menina, eu joguei a água no chão e ela caiu como uma jaca mole...PLOOOFFFTTT( caindo em câmera lenta)... Eu ainda posso ouvir o estalo da sua tíbia se partindo [ PLEFT ] e depois um grito de dor -Aaaaahhhhh...

-Minha nossa, vc caiu! A serventes deixaram o piso molhado. Tsc, tsc, tsc... Isso é mal muito mal!.. -Vc esta bem? Acho que não. Acho que vc quebrou alguma coisa aí, né? -Puxa, isso deve doer um bocado, não é mesmo? -Bem, vc precisa de ajuda... Hum... só estamos nós duas aqui...Isso significa que...vc precisa de mim. Que ironia do destino, né?!...

Ela me implorou ajuda, e é claro, eu como uma boa cristã, a ajudei e confessei que havia jogado a água e seria capaz de coisas piores... Ela entendeu o recado e nunca mais ela me perturbou. Não ficamos grandes amigas, e toda vez que passávamos uma pela outra no recreio, eu balançava minha caneca da sorte que eu levava pra tomar água e olhava pra ela com aquele meu olhar macabro e um risinho sarcástico, ela esbugalhava os olhos e corria mais que o papa-léguas.
avatar
FelipeTonis em 03 de fevereiro de 2011 às 13:36:29»
O video em si nao tme graça,apesar dakela de preto dar uns golpes que se acertasse teria a mesma força de um Radouke!

E respondendo a pergunta de voces:Eu nao sou de brigar,sou calmo?Ta ligado?Sou calmo cacet*!"E CALA A BOCA QUE EU JA DISSE QUE EU SOU CALMO,SE NAO EU TE PASSO BALA,E FINCO A PEXEIRA.Mais a unica briga que eu tive mesmo de pancadaria foi na Terceira serie,mais aquilo eu fui me meter no meio e acabei saindo na porrada.Mais no fincla deu tudo certo,matei dois e deixei um alejado!E eu so levei um soco na barriga. rolleyes rolleyes
Jr Junior em 03 de fevereiro de 2011 às 13:29:38»
1º Nao achei engraçado o vídeo nao, mesmo com as tentativas de golpes marciais..
Respondendo a pergunta: Nunca briguei com ninguem !!!!!
avatar
ICTUS em 03 de fevereiro de 2011 às 13:20:39»
Calma politico, você tem que guardar suas energias para brigar lá no congresso pelos direitos dos tolos ......digo ....do povo.
Político Honesto em 03 de fevereiro de 2011 às 13:01:32»
Poxa, ninguém acredita que um político honesto exista de verdade?? >.<

Não gostei, Frictus! Vamos sair no braço!! ò_ó Ou melhor, na nadadeira... Mas eu não sou peixe! Bah!! Deixemos pra outra ocasião, então! u.u
avatar
Brazuka em 03 de fevereiro de 2011 às 12:59:21»
Bom, como já trabalhei com todo tipo de doidos e até professor e um pouco "cana" da pesada fui, acho que aí o papo ou foi por causa que uma tirou onda com o macho que a outra papou, porque uma tava falando mal da outra ou porque roubou a droga da outra ou comprou e não pagou!
E minhas brigas?
Briguei umas 3 vezes e tanto batí como levei porém num, batí tanto por tentar zuar com uma gata minha e ela vir me contar, que depois fiquei chorando com pena dele e o levei ao hospital e tratei dele com carne no olho todo dia e chá de mastruz prá que a figura se recuperasse numa boa.
Tou falando de briga de rua ( street fighter) pois adoro luta sim porém, num belo tateme como esporte e público que me amarro!
As meninas aí tem futuro e se eu fosse o Admin, empresariava as duas no atletismo pois ia ganhar mais grana do que já vive ganhando no MDig! fool
Briga de gay é que osso pois envolve a valentia do macho com o atrevimento de uma mulher e tome-lhes sola, lenha, chibata, madeira, ripa... lol lol lol
jhon em 03 de fevereiro de 2011 às 12:57:33»
o engraçado é que o repórter fica narrando a briga...
avatar
ICTUS em 03 de fevereiro de 2011 às 12:55:04»
moon, nortista da minha terra??? deve ser da terra do msp1500

político mentiroso, "mais vale um covarde inteiro, do que um valentão moído" kkkk
Político Honesto em 03 de fevereiro de 2011 às 12:54:55»
Gostei da sua tática, Frictus, mas como eu era o valentão da escola, eu não podia me dar ao luxo de fugir. Parando pra pensar agora... Nunca fui de brigar, só de bater!
avatar
Moonwalker em 03 de fevereiro de 2011 às 12:36:20»
Eu nunca sai no braço, assim, de brigar e tal... Uma vez apareceu um nortista (deve ser da terra do Ictus) na escola, que vivia implicando comigo. Ainda assim saímos sem entrar no braço.
E na quarta série tinha o riquinho da escola que implicava comigo. Um dia prometeu de me bater na saída, mas também não cumpriu. Acho que deve ter ido para casa jogar algo no Super Nintendo...
avatar
ICTUS em 03 de fevereiro de 2011 às 12:27:42»
quando eu era pequeno (como se hoje eu fosse grandão),
eu vivia arrumando confusão com a mulecada, mas nunca, nunquinha apanhei ..........
eu corria pra caramba cool
Político Honesto em 03 de fevereiro de 2011 às 12:26:49»
Sou um veterano de brigas! Ou melhor, já fui... Faz um bom tempo que não brigo...
Shiran De Joinville em 03 de fevereiro de 2011 às 12:20:44»
Eu apanhei na 2º série porque eu arrumei confusão gratuita com um guri que eu nem conhecia. Sei lá o que me deu, só sei que um colega meu me denunciou pro meu algoz e eu apanhei humilhantemente.

Na sétima série, me vinguei de um valentãozinho gorducho. Rasguei a camiseta dele e o enchi de socos nas costas. (A gente tinha pena de bater na cara) Depois de ter ido pra coordenação, nunca mais bati em alguém na rua.

Só nos ringues. Hoje pratico Kung Fu e já participei do Campeonato Mercosul de Boxe Chinês. Levei uma coça de um paulista e tive de me contentar com a medalha de prata.