Faça o seu comentário

:









Comentários

Severino Silva em 05 de novembro de 2009 às 18:30:41»
Abaixo Vou constatar 10 exemplos de Tautologia!

1) Um crime foi cometido por uma e apenas uma pessoa de um grupo de cinco suspeitos.

2) Se Danilo é inocente, Jackson é inocente!

3) O romano acata amores a damas amadas e Roma ataca o namoro

4) Pedro é português e Frederico é francês

5) Hugo estuda Matemática e Luiz estuda Medicina

6) Fui a Amsterdan há anos atrás

7) Essa noite tive uma surpresa inesperada

cool Falta fazer o acabamento final do meu projeto.

9) Os políticos abusam demais da paciência do eleitor.

10) Este contato é meu elo de ligação com a empresa na qual desejo trabalhar.
Zezinho em 04 de setembro de 2009 às 20:24:56»
Acho que voce está equivocado. tautologia é a ciencia do óbivio. O que voce está propondo é uma figura de linguagem chamada pleonasmo.
Lurdinha em 07 de março de 2008 às 22:15:03»
Sorri bastante com os exemplos. Como empregamos a tautologia no nosso cotidiano! Foi mesmo uma "surpresa inesperada".
Regina em 07 de fevereiro de 2008 às 15:15:11»
Tautologia não é o mesmo que pleonasmo.
Algo que é tão óbvio é chamado de pleonasmo, tautologia são sentenças necessariamente verdadeiras. è como dizer chove ou não chove.

Regina eek
Zeh Ronaldo em 27 de dezembro de 2007 às 17:47:02»
Primeira vez que eu posto. Gostaria de compartilhar o que sei:

Para o caso de Prefeitura Municipal, citado por alguém em um comentário de 30/10/2007, não existe redundância.
O que vemos aqui é a designação exata do tipo de Prefeitura, ou seja, é a prefeitura de um Município.
Mas existem prefeituras militares, prefeituras universitárias, prefeituras até na organização da Igreja Católica (algo parecido com "Prefeitura de Assuntos Eclesiásticos" wink .
Em teoria, prefeitura é uma área administrativa comandada por um prefeito. No Brasil, além de ser um termo fortemente ligado à Município, comumente se utiliza chamar o prédio físico onde o Prefeito fica como Prefeitura.
Só pra tentar facilitar:
o Presidente é do País, mas não desapacha em um prédio chamado Presidencia Nacional do Brasil
o Governador é do Estado, mas não despacha em um prédio chamado Governo Estadual de MG.
o Prefeito é do Município e ele sim, trabalha na Prefeitura Municipal de Itajubá.
Bom, se não expliquei eu compliquei mais. smile

Em poucas palavras: é que a regra da redundância está sendo aferida por desconhecimento do significado. smile

Grande abraço

Ah Fábio... a questão da última versão definitiva. É redundância sim.
Afinal, um pleonasmo ou redundancia só existe quando ele é empregado de fato. No caso que você citou, não seria empregado nunca o pleonasmo "ultima versão definitiva", somente a palavra última com sentido de mais recente.
André Homem-pássaro em 28 de novembro de 2007 às 23:06:24»
e aquela frase: "Ele é único."
E alguém por acaso é fotocópia?
André Homem-pássaro em 21 de novembro de 2007 às 18:45:29»
Vamos lembrar do passado, ou recordar o passado...
no caso é a única época que podemos ter na memória, é o passado, não temos como lembrar ou recordar o presente ou o futuro, mais um caso de Tautologia clínica
saim em 06 de novembro de 2007 às 16:27:24»
o "mas porém" é que me mata.
mas alguns exemplos, dependendo do contexto, podem ser usados. "exceder em muito". pode-se exceder um pouco, porque não? o limite é 100 e chegou-se a 101, o excesso é pequeno, excedeu um pouco. 654564 excedeu em muito!
Alex em 30 de outubro de 2007 às 13:32:15»
Binho, Da própria Wikipedia
"A tautologia (do grego ταὐτολογί&#945 wink é, na retórica, um termo ou texto redundante, que repete a mesma idéia mais de uma vez. Como um vício de linguagem pode ser considerada um sinônimo de pleonasmo ou redundância. A origem do termo vem de do grego tautó, que significa "o mesmo", mais logos, que significa "assunto". Portanto, tautologia é dizer sempre a mesma coisa em termos diferentes."

Como diz lá, PODE SER considerada um pleonasmo, diferente de dizer que É a mesma coisa. E como tu emsmo disseste sobre a caligrafia, hoje tautologia é um termo que está mais associado a noção de lógica ao invés de pleonasmo.

Forçando a barra podemos associar a noção de pleonasmo, mas não É um pleonasmo.

abração
contribuindo em 30 de outubro de 2007 às 11:31:12»
Mais um, muito comum em várias cidades deste Brasil:
Prefeitura Municipal de....
Alguém já viu uma prefeitura estadual?
luiz em 29 de outubro de 2007 às 19:59:50»
Pelo que eu estudei épocas atrás, isso se chama pleonasmo vicioso.
Mas não lembro muito bem. fool fool
avatar
binho em 28 de outubro de 2007 às 02:49:29»
Ele tem uma bela caligrafia.

"Cali", um radical grego, quer dizer "belo", "bonito". Assim, "caligrafia" significa "grafia bonita", o que torna a expressão "caligrafia bonita" um pleonasmo. Como, no entanto, praticamente se perdeu a noção de que caligrafia já tem a palavra "belo", escrever "bela caligrafia" não constitui um deslize e é aceito pelo padrão culto.
avatar
binho em 28 de outubro de 2007 às 02:36:47»
GOL NAUN IZISTI NU DESSIONÁRIUL DU CÚ...RINTCHÃ(NU)
lol lol lol lol lol
avatar
binho em 28 de outubro de 2007 às 02:27:53»
CONSULTE SEU AURÉLIO REGULARMENTE :

"GOL(ô) do ingl. goal/ S.m. Fut. 1. Linha do quadro que a bola deve transpor,como principal objetivo do jogo ;arco ; àrea ; baliza;cidadela;meta;vala. 2. P.ext. PONTO QUE SE MARCA QUANDO A BOLA TRANSPÕE O GOL DO ADVERSÁRIO. Pl. GOLES(Ô) E GOIS.É incoerente o pl. gols , para uma palavra aportuguesada.Contudo, parece-nos difícil que se venha a fugir desse barbarismo,tão arraigado está."

No dicionário , portanto , temos a palavra GOL.
fool ma sha lol twisted biggrin razz rolleyes surprised ma ma ma ma ma ma ma ma ma
tuga em 27 de outubro de 2007 às 13:44:21»
não existe a palavra "gol" em português... em português existe sim golo e golos..... hasta
avatar
binho em 26 de outubro de 2007 às 22:39:16»
A tautologia (do grego ) é, na retórica, um termo ou texto redundante, que repete a mesma idéia mais de uma vez. Como um vício de linguagem pode ser considerada um sinônimo de pleonasmo ou redundância. A origem do termo vem de do grego tautó, que significa "o mesmo", mais logos, que significa "assunto". Portanto, tautologia é dizer sempre a mesma coisa em termos diferentes.WIKIPÈDIA
avatar
binho em 26 de outubro de 2007 às 22:36:29»
isso me fez lembrar o famoso
"REVERTER O PLACAR" no caso dos comentaristas de futebol
Tenho certeza ABSOLUTA que é "INVERTER O PLACAR"( o time está perdendo de 2X1 e passa a ganhar por 2X3).
REVERTER é voltar ao que era e só o juiz poderá faze-lo , anulando o gol ou os GOLES ( ISSO MESMO , GOLES ,NÃO EXISTE O PLURAL "GOLS" wink
Vou gritar isso , sempre , BEM ALTO : I-V-E-R-T-E-R O PLACAR!!!!!!!
E não vou repetir isso de novo!!!!!
Beijunda Zéquinha "Paumerence"
zequinha cypriano em 26 de outubro de 2007 às 18:05:45»
brigadão Alex...contribuiu e muito...
fabio em 26 de outubro de 2007 às 17:05:36»
acho q viajaram em algumas frases!!!!! a última versão definitiva não é pleonasmo pois a ultima versão pode não ser definitiva c mais adiante for lançada outra!!!! tipo o windows vista é a ultima versão mas não é definitiva pois podem sair versões novas!!!! c eu estiver errado me corrijam!!!
Alex em 26 de outubro de 2007 às 16:24:16»
Só para corrigir:
Isso se chama pleonasmo, tautologia é levemente diferente. É dizer algo que é necessariamente verdadeiro, como por exemplo: Chove ou não chove. Existe uma impossibilidade desta sentença ser falsificada. Enquanto um pleonasmo não possui este comprometimento.
Ex: o "excede em muito" é um pleonasmo, mas não é uma tautologia, pois pode haver um excesso que exceda pouco.

abração, só quis contribuir pessoal
avatar
Lampa em 26 de outubro de 2007 às 15:52:10»
Para os desavisados, TAUTOLOGIA e um tipo de tratamento psicologico
para TATU, pois os bichinhos ficam com stress de tanto ter que cavar
buraco, então dai surgiu o nome Tautologia, o que vem a significar na
medicina animal.
TA = Tratamento
U = Unico
T = traumatologico

Fraternos Abraços. idea idea idea
avatar
LoiraInteligente em 26 de outubro de 2007 às 15:24:24»
Zequinha,

Ficar repetindo que você "posta" artigos geniais é desnecessário. Esse por certo é um deles.
O termo usado para explicar esse exagero de palavras com mesmo sentido não é muito comum, contudo a ação em se e bastante comum.
Como o Evil bem lembrou na midia ( rádio, inclusive CBN e na TV é mais comum esse fato). Quando se escreve pode-se fazer uma correção, palavras ditas, não.
Mas isso é comum entre nós, melhor ir se corrigindo. Com certeza a fala fica mais bonita e elegante.
Valeu Mestre Zequinha.
Paulinha em 26 de outubro de 2007 às 14:35:32»
UUUuuuuu
Que Evil mais braaaaavooo !!!
hahahhahaa

Sem streeeeeeeeeeeeess !!!!
Brincadeiriiinha..... num va fikar bravo cmg tbm !!!!!! razz
avatar
Evil em 26 de outubro de 2007 às 14:25:53»
Boa Zequinha. Bom post. Afinal saiu algo que pode ser discutido em salão, dessa sua mente...rsrsrsrs... twisted

Agora o que não dá pra aguentar mesmo é o pessoal da imprensa, "teoricamente letrados", inclusive "Rede Globo", falar "no entorno" ao invés de "em torno". Ou seja: confundem o verbo "entornar" com a expressão "em volta de". Qualquer dicionário mixuruca prova isso.

evil
maninha** em 26 de outubro de 2007 às 14:25:25»
Adorei o tópico
E todos são super comuns, é engraçado e lementável ao mesmo tempo biggrin

;*
André Homem-pássaro em 26 de outubro de 2007 às 13:48:22»
fato verídico, é por acaso Tautologia dizer túnel subterrâneo, por que creio que no dia-a-dia do nosso cotidiano diário isto vem se repetindo de novo, várias e repetidas vezes
LanternaVerd3 em 26 de outubro de 2007 às 13:43:13»
esse post é o muito mais melhor de todos
vou até ver de novo por mais uma vez
e depois eu comento com um comentário
worshipp em 26 de outubro de 2007 às 13:31:33»
teve um jornal que informou:

"qdo a polícia chegou, o cadáver estava totalmente imóvel;
ele levou algumas facadas que, supõe-se que tenham sido desferidas pelo seu assassino."
Elbereth em 26 de outubro de 2007 às 13:26:35»
Bem Léu, no caso de gente extremamente esquecida como eu, é até provável que se conheça alguém pela segunda vez. Já aconteceu comigo... ok, a pessoa também não lembrava de mim, só descobrimos semanas depois, mas tudo bem.
Daniela em 26 de outubro de 2007 às 13:24:15»
clap clap
avatar
Lene em 26 de outubro de 2007 às 13:16:10»
subir pra cima...
descer pra baixo...
mulher burra...(AFF)
OS MELHORES DO MUNDOOOOOOOO

legal esse tópico twisted
Léu em 26 de outubro de 2007 às 12:18:18»
Hehe realmente o pleonasmo é um vicio muito comum no Brasil
e existem muitas outras tmb
"Entrar pra dentro"
"Quando eu conheci aquela pessoa pela primeira vez"
e por ai vai
muito bom o post

Curta o MDig no Facebook