Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Página 1 de 3 (110 comentários)
« Ant. | Primeira | 1 | 2 | 3 | | Última | Prox. »

Mariane em 16 de julho de 2013 às 22:56:18»
As pessoas só são religiosas na teoria, só falta admitirem isso. Vejam o caso do Brasil, que sempre disseram que é o país mais católico do mundo. Quantas pessoas se dizem "católicos não praticantes"? Isso existe desde quando? u.u

Quantas pessoas que se dizem católicos casaram virgens? Quantas pessoas transam sem camisinha?

As pessoas dizem tanto que a Bíblia condena os homossexuais, mas de outras coisas elas não falam. Só enxergam aquilo que querem, aquilo que não as condenam e se acham no direito de dizer para os outros o que é certo e errado.

A ICAR está em declínio e creio que estas igrejinhas evangélicas logo logo vão cair também, afinal seus próprios líderes se encarregam de manchar a imagem com estupro, desvio de dinheiro, preconceito, etc.

Então espero que o dia em que a religião seja deixada de lado chegue logo e que a humanidade finalmente saia da infância, porque o que vejo é que embora sejamos adultos fisicamente, temos uma mente ainda muito infantil.

A humanidade só evoluirá completamente quando deixar a religião de lado e se dedicar a coisas úteis. Não precisamos de rezas, de pastores, padres. O que precisamos de verdade é de pessoas com caráter, não hipócritas.
avatar
Politico Honesto em 17 de março de 2013 às 21:14:32»
Seria um favor à humanidade, pois além de não ser necessária à vida das pessoas (a não ser àqueles que lucram com isso), faz estragos – por vezes, irreversíveis – em mentes fracas.

"O homem nasce puro, a religião o corrompe" – pena que demoraram a perceber isso.
avatar
Angelina em 17 de março de 2013 às 20:33:34»
Não sei mesmo se ''socialmente e economicamente'' falando, seria boa a extinção da religião. Teria consequências acho que não boas em muitos ''aspectos'' sociais.
Milba em 17 de março de 2013 às 19:50:01»
Quando os fíeis-crentes evangélicos descobrirem o quê e que troço esquisito é o que faz "pastores" para submeter as pessoas, então vão se desfazer pelas pernas abaixo:
http://riquezaevangelica.blogspot.com.br/2013/03/mandante-de-pastores-evangelicos.html
Paulo Luiz Mendonça. em 20 de novembro de 2012 às 10:55:05»
Como progridem as religiões.
As Pessoas religiosas têm plena convicção de estarem exercendo algo que tem respaldo divino, mas na verdade estão apenas seguindo um caminho o qual foi imposto lá na infância pelos seus genitores. Toda esta certeza a qual eles acreditam teve no inicio um campo fértil para germinar que foi um cérebro infantil ainda em formação, pois os ensinamentos nesta faze tende a ser muito bem assimilado, porque a criança não tem ainda discernimento para discordar, sendo assim aceita sem contestação. Daí para frente esta crença continua a evoluir porque como a maioria das pessoas de seu convívio são religiosas naturalmente vão assimilando mais informações referentes a religião. Para completar os teólogos com muita prática de convencimento dão o respaldo necessário para mantê-los sempre fieis até o resto de suas vidas.
As pessoas que conseguem se desvencilhar destas amarras toma um caminho diferente, ao invés de ficarem bitolados somente em livros religiosos eles passam a ler e a pesquisar também o outro lado da moeda, pois quem aprende a conhecer os dois lados não terá um cérebro capenga inclinado só para um lado, sendo assim terá melhor chance de discernir, de entender, de julgar e poder escolher seu próprio caminho por ter mais riqueza de conhecimento. Os religiosos por outro lado só lêem e se interessam por assuntos religiosos, desprezando os conhecimentos do outro lado da moeda os quais lhes abririam a mente mostrando a eles que existem dois mundos o da realidade e o da fantasia, somente quem procura entender saberá qual é qual.
Paulo Luiz Mendonça.
Felipinho em 08 de maio de 2012 às 16:58:43»
Esse Paulo Mendonça só pode ser fanático hehehe, maluco o cara escreveu trocentas vezes.

Bem, é natural que com a modernidade e o esclarecimento do ser humano, descobertas científicas e tal, é natural que as antigas crenças e dogmas sejam jogados por terra.

A idade das trevas quando não ser cristão era motivo de tortura acabou, ainda bem, era muito atraso. A religião só era boa para o clero que era rico sem trabalhar e passaram séculos numa vidinha insossa fazendo sexo com as freiras ou seus meninos.

Isso se aplica a qualquer outra religião, a casta clerical caiu, caiu a máscara, a festa acabou - o homem está sendo esclarecido acerca dos absurdos da religião.

Enfim, ninguém precisa acreditar em religião para ser uma pessoa de bom-senso e cidadão de bem, incluso ser religioso é algo que torna a pessoa bondosa com os seus irmãos de seita, mas traz a agressão estilo cruzadas contra os que não acreditam.
Estamos nas era do respeito e direitos humanos, ao lixo com as religiões.
Paulo Luiz Mendonça. em 03 de maio de 2012 às 16:08:22»
Alexcesar diz que o cristianismo esta evoluindo e se espalhando cada vez mais no planeta terra, isso não quer dizer que é bom porque se espalha por toda a terra, pois as drogas tambem estão evoluindo e tomando conta de todo o planeta e não é coisa boa, Paulo Luiz Mendonça.
Paulo Luiz Mendonça. em 02 de maio de 2012 às 16:55:37»
A religião nunca terminará porque ela é passada de pai para filho, na verdade ela é imposta a nós na infancia quando o nosso cerebro ainda está em desenvolvimento com isso a criança se torna presa facil de ser manipulada, somente os mais inteligentes conseguem se desenvencilhar desta arapuca chamada religião.
Paulo Luiz Mendonça, um pensador que continua com seu cerebro não lavado por nenhum pseudo representante de Deus.
Paulo Luiz Mendonça. em 02 de maio de 2012 às 16:49:05»
Continuação de como escolher sua religião ou não escolher nenhuma.

Artigo sétimo.

Como reconhecer um falso profeta.
Reconhecer um falso profeta é muito fácil, pergunte ao gerente do banco se a conta gorda do referido, é conta conjunta com Jesus ou com Deus, se for conta conjunta é profeta verdadeiro, mas se a conta gorda está só no nome dele ou de laranjas é falso profeta. Para melhor confirmação, se os bens patrimoniais dele têm como sócio Jesus ou Deus é um profeta verdadeiro, mas se tiver só no nome dele ou dos seus familiares é falso profeta.

Artigo oitavo.

Cristo morreu pobre e desvalido. Quem esta usando seu nome, se enriquece com muita facilidade, será que cristo veio ao mundo para salvar a humanidade ou veio para enriquecer alguns privilegiados dando a eles o direito e a oportunidade de montarem verdadeiros impérios de poder e dinheiro.

Artigo nono.

Nunca procure prosperidade em igrejas Deixem disso, prosperidade tem que ser conseguida por nossos próprios esforços, temos que estudar com afinco, procurar aprender uma profissão, batalhar e, sobretudo levantar cedo, Pois Deus ajuda quem cedo madruga. Subornar Deus com dinheiro dado as igrejas para ter prosperidade, isso é um absurdo. Acho que podemos até chamar isso de estelionato contra o criador. Ora deixemos Deus em paz cuidando dos incapacitados, das criancinhas indefesas, dos idosos abandonados, os fortes e cheios de saúde tem que se virar por si próprio, mãos a obra minha gente, mais uma vez digo deixem Deus em paz.

Artigo décimo.
Devemos ficar perplexo em ver as pessoas acharem que Deus não tem inteligência, As pessoas são maldosas, egoístas, maledicentes e hipócritas. Não tratam seus semelhantes como a ti mesmo, nem sabem o que é isso. No entanto quando se encontram em dificuldades tanto financeira como com problemas de saúde, vão aos templos que oferecem milagres de baciada, e com a maior cara de pau tentam comprar com dinheiro dado as igrejas a atenção de Deus, para lhes socorrerem dos males que estão sofrendo.
Ora Deus tem uma inteligência muito avançada e não irá ajudar quem não merece. Se Deus tiver que ajudar algum de seus filhos naturalmente ira ajudar aqueles que têm uma vida regrada, aqueles que são puros de coração, os falsos e hipócritas não adianta irem com dinheiro comprar a salvação. Se desejarem salvação o caminho não é este, o caminho é mudar a conduta, o procedimento e a maneira de viver, ai sim Deus poderá pensar no assunto.
Paulo Luiz Mendonça.
Paulo Luiz Mendonça. em 02 de maio de 2012 às 16:47:37»
Como escolher sua religião ou não escolher nenhuma.

Este manual está propondo ser prático e elucidativo, no que tange a escolha de qual caminho seguir durante nossas vidas aqui na terra.

Artigo primeiro.

Todas as pessoas, sejam elas de qualquer idade que estejam em plena capacidade de discernir sobre o que é certo ou errado, deve voltar-se para dentro de si mesma, fazendo um questionamento íntimo, perguntando: O que sei sobre religiosidade foi tirado do meu próprio raciocínio ou foi imposto primeiro pelos meus pais e depois pela religião professada por eles?

Artigo segundo.

Depois de ter feito o questionamento do artigo primeiro, volte seus olhares para a grande proliferação de igrejas que dia após dia são abertas em nosso país.
Observem o grande numero de pessoas as quais se denominam profetas, analisem com muito critério suas pregações do evangelho, observem seus procedimentos se são de humildade ou de grande pompa, procurem saber dos patrimônios materiais adquiridos por estes que dizem com muita ênfase e convicção de serem verdadeiros representantes de Deus.

Artigo terceiro.

Após terem feito as pesquisas do artigo segundo, comecem a fazer um parâmetro entre a humildade de Cristo e a soberba e o enriquecimento vertiginoso destes que se dizem representantes divinos. Observem se eles comportam se como pessoas simples ou se eles adquirem mansões faraônicas, jatinhos particulares e grandes fazendas as quais se perdem de vista pela grandeza e sofisticação.

Artigo quarto.

Fazendo uma análise mais profunda, faça uma comparação entre as religiões do passado e as de hoje. No passado as religiões mantinham seus ensinamentos somente dentro dos templos religiosos, onde era e continua sendo lugar próprio para esta prática. Se sua religião é daquelas que gastam milhões de reais, dinheiro este tirado do bolso dos humildes para pagar os horários nobres das televisões e rádios, isso é considerado fora de propósito. Esta pratica se não é deveria ser proibida por lei. A proibição da mesma não existe porque os governos são, sempre foram, e sempre serão coniventes com esta prática vergonhosa, é só observar a não cobrança de impostos sobre dízimos e contribuições arrecadadas pelas igrejas.

Artigo quinto.

Quem quiser aprofundar-se mais no assunto e tirar dúvidas é só pedir para as instituições religiosas serem mais transparentes prestando conta de todo dinheiro arrecadado. Se a reação deles for de honestidade irão mostrar seus livros caixa sem nenhum problema, mas se a reação deles for de acusar o questionador de blasfêmia e que o mesmo está afrontando Deus, ou ainda dizerem que Deus e testemunha da sua honestidade. Diante destas respostas tirem suas próprias conclusões.

Artigo sexto.

O potencial de energia e inteligência que temos em nosso cérebro é extremamente poderoso. O problema é que nós seres humanos conseguimos usar apenas uma pequena porcentagem deste potencial. Entretanto a maioria dos seres humanos por preguiça mental não usam nem esta pequena parcela, deixando-se influenciar por correntes de ensinos duvidosos., os quais os levam a acreditar em promessas fantasiosas e mirabolantes, tais como prosperidade sem nenhum esforço, milagres de baciada e vida eterna para curtir as delicias do paraíso. continua.
jose carlos em 24 de março de 2012 às 18:48:34»
Eu acredito por que não acredito em religião alguma, devido todas elas ser puramente comercial.
Só atraem os fieis para capturar o salario deles.
Meus pais não tinham religião eu não tenho e minhas filhas também não tem como toda a minha família não tem.
Praticamente todos que eu conheço não tem.
jose carlos em 24 de março de 2012 às 18:44:52»
Eu acredito por que não acredito em religião alguma, devido todas elas ser puramente comercial.
Só atraem os fieis para capturar o salario deles.
Meus pais não tinham religião eu não tenho e minhas filhas também não tem como toda a minha família não tem.
Praticamente todos que eu conheço não tem.
Paulo Luiz Mendonça. em 28 de fevereiro de 2012 às 10:00:03»
Quanto a dizer que as religiões em futuro bem próximo se extinguirão automaticamente. Não acredito nisso porque a mentira chamada religião, infelizmente é passada de pai para filho a muitos séculos, por este motivo a religião permanecerá ainda por muito tempo atrapalhando o progresso da raça humana, para extingui-la precisaria uma lei proibindo os pais de transferirem a grande mentira para seus filhos. Mas isso é praticamente impossível.

Paulo Luiz Mendonça.
Paulo Luiz Mendonça. em 28 de fevereiro de 2012 às 09:45:57»
O que é paraíso e inferno.

I nvenção
N egativa
F raudulenta
E nganadora, um
R esquício
N atural da
Opressão religiosa
____________________________________
P romessa
A menizadora
R esponsável
A trativo
I lusório
S em nenhuma
O bjetividade.

Paulo Luiz Mendonça
Joey em 19 de fevereiro de 2012 às 23:03:11»
Adoro ver esses fanáticos aqui falando que jesus vai voltar e castigar todo mundo. Ele acha que vai botar medo em algum ateu com isso. Por isso eu digo que religião diminui a capacidade da mente...
avatar
Politico Honesto em 03 de janeiro de 2012 às 01:47:41»
Seria ótimo, mas sei que vai demorar séculos.
Paulo Luiz Mendonça. em 01 de dezembro de 2011 às 11:50:11»
Fazer o que no paraíso.
Todos os religiosos acreditam e desejam ir para o esplendoroso paraíso, onde é a residência oficial de Deus. Eu pergunto fazer o que lá. A maioria dos seres humanos adoram a vida, ninguém quer morrer todos querem desfrutar das belezas da sua existência aqui na terra. Quais são as maravilhas que existe por aqui? Em primeiro lugar sexo, ninguém abre mão, também um descanso a beira mar, regado com cerveja, água de coco, sempre apreciando as beldades que transitam pela areia quente da praia. Há muitas outras coisas que nem da para enumerar aqui por falta de tempo e espaço. Tem também os mais gananciosos os quais querem mais, lutam desesperadamente para ter poder, dinheiro e muito prestigio.
Como será esse paraíso, será que tem as mesmas coisas, ou talvez um pouco menos que aqui, será que podemos transferir para lá os direitos adquiridos, se não podemos é uma grande injustiça, pois os gananciosos angariaram muitos patrimônios materiais e, sobretudo muito prestigio, deveria ter algum privilégio afinal são mais importantes e mais espertos que os demais, deveriam chegar ao paraíso já com alguma recomendação para desfrutar de algum privilégio, afinal aqui na terra usa muito isso os apadrinhados têm sempre mais facilidade de conseguir os seus objetivos, se lá não for como aqui as coisas ficarão insuportáveis, pois dizem, no paraíso a coisa é mais amena, somente existe som de harpas regada a orações e muita calmaria, todos estão em estado de júbilo e contemplação espiritual, se for assim acho o paraíso um lugar que não tem nenhum atrativo interessante que agradará os seres humanos acostumados com as benesses maravilhosas da terra.
Este lugar chamado paraíso foi criado somente para se contrapor com outro lugar também criado da mesma forma chamado inferno, na verdade estas duas fantasias foram criadas com o seguinte objetivo, uma para amedrontar e a outra para enganar. Toda pessoa inteligente que vive hoje no século 21 sabe perfeitamente que estes lugares imaginários não passam de uma mentira, e toda pessoa que vive hoje no século 21 e continua acreditando ou não é inteligente ou está vivendo retrogadamente ainda na idade das trevas que foi a idade média.

Paulo Luiz Mendonça.
Paulo Luiz Mendonça. em 31 de julho de 2011 às 10:59:01»
Humanos X planeta terra.
Dizem ás religiões que Deus criou o homem para habitar a terra. Penso o seguinte, se Deus existir realmente ele não criaria algo tão pernicioso para destruir a sua obra prima que é este planeta.
Porque penso assim, é só observarmos as belezas naturais, como a flora e a fauna vejam quanta beleza e equilíbrio existe em todo o sistema. Rios caudalosos, florestas exuberantes, montanhas de raras belezas, veja os animais vivendo no mais perfeito equilíbrio.
Pergunto, por que Deus criaria o homem em um lugar tão equilibrado e cheio de paz, não há nenhum sentido prático nisso, acho que nós humanos somos intrusos neste paraíso, estamos aqui para deturpar a estabilidade deste reino maravilhoso.
Veja, estamos destruindo florestas, poluindo rios, mares e oceanos, estamos desequilibrando a vida animal, estamos destruindo a camada de ozônio que protege o planeta dos raios ultra violeta.
Vocês acreditam que alguém criaria um planeta com tanta beleza, e posteriormente colocaria neste paraíso um destruidor sem escrúpulos como nós! Com toda certeza, fomos criados pela evolução natural ou somos intrusos, vindo de outro planeta perdido nos confins do universo.
Paulo Luiz Mendonça.
Ateu em 17 de maio de 2011 às 23:22:39»
Tá na hora mesmo de acabar com mais de 2000 mil de mentiras.
Pendragonkid em 14 de maio de 2011 às 20:13:20»
isso seria perfeitp!!!
ALEXCESAR em 13 de maio de 2011 às 18:44:39»
E MAIS UMA VEZ DIGO:

UM DIA TODO JOELHO SE DOBRARÁ, VEJO VC´S LA...
ALEXCESAR em 13 de maio de 2011 às 18:43:02»
MUITOS QUE PENSAVAM QUE A RELIGIAO ACABARIA, JA NAO EXISTEM MAIS, E A PALAVRA DE DEUS É PREGADA EM CADA VEZ MAIS LUGARES E O CRISTIANISMO SO AUMENTA, NAO PRECISA DE ESTUDO NENHUM PRA PERCEBER ISSO... ISSO AI REFLETE O DESEJO DELES, MAIS ELES TB VAO PASSAR... E O SENHOR CADA VEZ MAIS SENDO ADORADO, ATE UM DIA QUE TUDO SE CUPRIR, AI INFELIZMENTE VAI SER TARDE PARA ALGUNS... MAIS CREIO QUE MUITOS QUE HOJE FALAM TODAS ESSAS COISAS TB VAO RECONHECE-LO COMO SENHOR... E INDEPENDENTE DO QUE ACHAM OU DEIXAM DE ACHAR, ELE É O QUE É, E NOS SOMOS PÓ...
ALEXCESAR em 13 de maio de 2011 às 18:35:39»
UM DIA TODO JOELHO SE DOBRARÁ, VEJO VC´S LA...
frederico feroli em 27 de abril de 2011 às 11:39:30»
Na verdade ta ae uma coisa que não era para ter existido nunca , pricipalmente o cristianismo o religiãozinha arrogante e estupida. A santa igreja de roma por onde passa causa morte e devastação a outra por onde passa deixa a população pobre e lobotomisada. As religiões mais antigas tratam as mulheres como seres inferiores ( não que o cristinianismo tb não faça o mesmo , mas ao menos tenta seguir as leis ocidentais) e as castas mais baixas como escravos ( isso me lembra muito o capitalismo) . Quer amar a Deus ame a si mesmo e descruba o deus que existe dentro de ti quando se descrobires estarás ao lado de Deus e saltarás sobre os demais.
Paulo Luiz Mendonça. em 26 de abril de 2011 às 11:40:38»
Não adianta nada.
Não adianta nada amar a Deus sobre todas as coisas.
Se você deixa seu semelhante abaixo de todos os seus interesses.
Não adianta nada ser freqüentador assíduo dos templos religiosos.
Se você continua a ser egoísta, não estendendo a Mão a um necessitado.
Não adianta nada pagar o dízimo com toda fidelidade.
Se você nega ao seu semelhante o pão para saciar-lhe a fome.
Não adianta nada não trabalhar no sábado por que é dia reservado ao senhor.
Se você usa neste dia o trabalho dos seus semelhantes.
Não adianta nada sair de porta em porta procurando almas para salvar.
Se você esquece os seus afazeres e o progresso da sua própria vida.
Não adianta nada se especializar na leitura da Bíblia.
Se você não se preocupa com os acontecimentos e progressos da humanidade.
Não adianta nada aparentar-se bem vestido para impressionar.
Se você internamente demonstra que a hipocrisia se faz presente.
Não adianta nada estar sempre no templo aprendendo coisas maravilhosas da Bíblia.
Se você no dia a dia deixa de praticá-las.
Não adianta nada aprender, não julgueis para não ser julgado.
Se você faz isso diariamente com seu semelhante.
Não adianta nada estar sempre orando e fazendo pedidos.
Se você mantêm suas mãos na inércia sem ajudar a ninguém.
Não adianta nada se preocupar em ser salvo no dia do juízo final.
Se você não procura engrandecer o aprimoramento progressivo do seu espírito.
Se algum dos itens acima lhe servir, vista a carapuça. Se nenhum deles se encaixar com sua conduta, então você deve sentir-se como um ser humano iluminado, portanto jogue a no lixo.
Paulo Luiz Mendonça.
Paulo Luiz Mendonça. em 26 de abril de 2011 às 11:40:08»
O que é o inferno.
Quando crianças, nós estávamos sujeitos a receber de nossos pais algum tipo de ameaça para nos amedrontar quando não obedecíamos as suas ordens, ou quando fazíamos alguma peraltice. Diziam eles que o bicho papão vinha nos pegar, ou ainda, papai do céu chora se você fizer arte, e muitas outras expressões folclóricas. Isso aplicado em crianças tudo bem, são apenas fantasias infantis, quando a pessoa cresce estas figuras apagam do seu cérebro, não deixando nenhum resquício de preocupação.
Não sei como é em outras partes do planeta onde não acreditam na Bíblia Sagrada, mas aqui no nosso país, onde a maioria acredita, foi criado á figura do diabo o representante do mal o qual lhe deram vários nomes tal como satanás belzebu e muitos outros. Ele é um sujeito mau, ostenta na cabeça um par de chifres, segundo dizem as religiões, ele é tenebroso, horripilante é também cheio de artimanhas as quais usa para atrair os seres humanos descuidados Seu reino se chama inferno, cujos portões estão sempre abertos para receber os pecadores os quais perecerão lá eternamente. Se falarmos isso hoje para uma criança com um mínimo de inteligência ela irá rir e levar na brincadeira, se por acaso ela acreditar no momento, quando ela se desenvolver, se tornar adulta verá que esta figura diabo e inferno, não passa de uma coisa ridícula. Se fosse no tempo da idade média, até se podia aceitar que as pessoas acreditassem, mas hoje no século vinte um, uma época com grande avanço nos conhecimentos, grande avanço na tecnologia e um tremendo avanço nos meios de comunicação, é uma vergonha ter pessoas adultas acreditando em uma coisa tão bizarra quanto a figura do diabo cuja morada é o inferno.. Será que ainda não perceberam que a figura diabo foi criada para amedrontar e atrair as pessoas para as religiões. Quando falam que o problema com o diabo é depois da morte ai que o medo cresce e toma proporções gigantescas, porque o medo da pós-morte é terrível para os seres humanos, porque o medo é terrível. Porque temos o raciocínio, podemos pensar no futuro. Os animais, por exemplo, não tem esta preocupação porque eles não raciocinam. Os seres humanos sim raciocinam e temem a morte. As religiões aproveitam deste medo mórbido para atrair mais e mais adeptos. No futuro quando a mente humana estiver mais desenvolvida, a inteligência estar mais aprimorada, religião será coisa do passado.
Na minha modesta opinião, Deus ou o diabo os quais representam o bem e o mal. Estas figuras estão com toda certeza dentro da nossa própria consciência. Nós podemos ser Deus, e também ser o diabo tudo depende do nosso procedimento. Se agirmos com decência, dignidade, amor ao próximo, e não sermos egoístas, maledicentes e hipócritas, seremos a essência de Deus. Se formos indecentes, indignos, maldosos, Hipócritas, egoístas e maledicentes fatalmente teremos a essência do diabo. Esta é a verdade nua e crua o resto é tudo fantasia, não tem nenhum sentido pratico, portanto, religião não nos levará a nenhum paraíso glorioso povoado por anjos com suas liras entoando cânticos celestiais. Se levarmos uma vida exemplar, correta, de trabalho e honestidade. A única coisa que poderemos conseguir será uma exuberante paz de espírito, a qual nos dará coragem e tranqüilidade para enfrentar a morte. Assim iremos para o túmulo em paz com a consciência de dever cumprido. Quem teve uma vida descente e produtiva para a humanidade nunca temerá a morte. A morte somente será temida por aquele que têm a consciência pesada por não ter cumprido seu dever de maneira exemplar e correta.
Paulo Luiz Mendonça.
Paulo Luiz mendonça. em 05 de abril de 2011 às 10:14:19»
Vivendo e aprendendo.
Durante o curso de nossas, vidas se soubermos usar bem a principal dádiva da natureza que é a nossa inteligência, temos a possibilidade de aprender muitas coisas. Quando éramos crianças tínhamos de seguir as orientações dos nossos pais, orientações de moral, de respeito ao próximo e, sobretudo sermos honestos e trabalhadores, isso tudo está perfeitamente correto. Mas há uma grande possibilidade de termos recebido deles um ensinamento religioso errôneo, o qual mais tarde nós não iremos concordar. Todos nós temos provas destes fatos, quando vemos pessoas já na fase adulta, mudando de religião. E também vemos pessoas se tornarem agnósticos ou mesmo ateus. Estas mudanças se da porque as pessoas tendo uma mente mais aberta rompem os aguilhões que os prendiam, deixando de lado os ensinamentos paternos. Fazem isso porque perderam o medo que era imposto com muita severidade pelos ensinamentos bíblicos. A partir daí passam a questionar, e pesquisar com isso delineando o seu próprio destino. Quando se faz pesquisas, se encontra muitas falhas principalmente nos ensinamentos bíblicos. Sei que os mais conservadores não encontram falhas na Bíblia, não encontram porque não procuram ou porque quando encontram as ignoram. Quem quiser pesquisar tirar duvidas sobre a Bíblia, procure na internet, é um trabalho maravilhoso escrito por um pensador americano do século 19. Procure na Google, o nome dele é Robert G. Ingersoll. Quando abrir o blog veja onde está escrito (Robert G. Ingersoll Wikisourse agosto de 2010.) ali aparecera varias obras dele. Não se esqueçam a humanidade só progride através de mentes aberta e não de mentes fechadas e bitoladas em ensinamentos arcaicos.
Paulo Luiz Mendonça. Pensador do século 21
Pensamentos sábios.
A inspiração da Bíblia depende da ignorância de quem a Le
Robert G. Ingersoll, pensador americano do século 19.
Acreditar é mais fácil do que pensar, daí existem mais crentes do que pensadores.
Bruce Calvert.
Quem é mais forte os ateus ou os religiosos
Sem sombra de dúvida, os ateus são os seres mais fortes e mais corajosos membros da espécie humana. Porque enquanto os religiosos morrem de medo do castigo de Deus, e também tendo em suas crenças a esperança de ajuda infinita dos céus, os ateus lutam sozinhos sem nenhum tipo de medo, caminham por toda vida sem ajuda de nenhuma entidade divina. Enquanto os religiosos necessitam de um guia para enfrentar as agruras da sua existência, os ateus se dirigem sozinhos enfrentando todas as adversidades que a vida lhes impõe sem nenhuma ajuda sobrenatural. Enquanto religiosos são impedidos de questionar por causa de dogmas e leis impostas pela Bíblia, os ateus têm a mente aberta e livre para pensar e questionar quaisquer coisas que seja desprovido de lógica. Enquanto os religiosos precisam de livros sagrados e teólogos para lhes ensinarem moralidade, os ateus as conquistam sozinhos somente com a pureza dos seus pensamentos os quais são livres das amarras que todas as religiões impõem. Enquanto os religiosos fazem o bem ao próximo esperando por recompensa no dia do juízo final, os ateus fazem as mesmas coisas, fazendo por fazer sem esperar nenhuma compensação. Enquanto os religiosos repudiam todos os ateus, sejam eles bons cidadãos ou maus cidadãos, os ateus por sua vez se tiverem que repudiar alguém, repudiará somente os maus elementos que se escondem por traz das seitas religiosas, os bons são bons em qualquer caminho que tenham optado, tanto ateus como religiosos. Estou expondo estes fatos para serem julgados com sinceridade sem ódios ou rancores, esqueçam os dogmas religiosos, julguem com o coração aberto e o pensamento livre de preconceitos.
Paulo Luiz Mendonça.

Para acabar com as religiões, é preciso primeiro acabar com a ignorancia.
Diogo010 em 02 de abril de 2011 às 19:18:16»
admin fatality ademir sakoaskosokskosakosko'
Brenda Lopes em 27 de março de 2011 às 23:13:59»
Que seja mais Deus e menos religião!
Eliezer Eustaquio em 26 de março de 2011 às 12:17:53»
Isto é só uma parte do plano; fazer com que as pessoas não tenham fé em Deus, Jesus e Espírito Santo.
As pessoas ficaram dependentes da religião e agora que a religião mostrou sua cara estão confundidas entre, a verdade e mentira.
A mentira eram e são os inúmeros deuses criados pelos homens, os alienígenas que realmente foram criados pela NASA e outros deuses de mentirinha. Só existe um Deus o seu nome é Jesus Cristo.É bíblico que na promessa de retorno a terra Jesus já previa que o amor se esfriaria e a fé já não mais encontrada.
Crer no invisível sempre foi difícil para os homens mas seus deuses de mentirinha, fruto da imaginação e falta de fé de seus ancestrais não os salvarão quando o fim chegar, tanto para ignorantes,quanto para "sábios cientistas".
avatar
Luciana em 25 de março de 2011 às 21:30:35»
O importante é ser bom e amar (no sentido de respeitar) o próximo, independentemente de sua religião, crença (descrença), sexo, cor, ou qq outra conotação que quiserem dar ao ser humano...Preceitos que não fazem parte de uma religião, mas são inerentes ao crescimento humano e a sociedade como um todo....Cresci pelos dogmas da religião católica, hoje pocuo frequento a igreja e creio em Deus, mas creio mais no ser humano de bom coração, indepedentemente se ele é ateu ou não....O que importa isso? O importante é o que vai no coração deste ser.....Qtos bárbaros pregam sua religião, dizem acreditar em Deus e maltratam o próximo?
megarox em 25 de março de 2011 às 20:41:10»
Que merda esses comentários. Nem li tudo, só alguns, mas me dá nojo. Como pode ter gente com a cabeça tão fechada?

Achar que deus criou a terra e a nós é o mesmo que acreditar em Papai Noel.

Mas o pior é que não há diálogo com elas, elas sempre tem uma resposta furada ou um dizer da biblia para explicar tudo. Coisas sem nexo que para elas é a maior verdade.
Christian Forachr em 24 de março de 2011 às 22:50:36»
Fato!(quer dizer..Será fato!)
avatar
Redação em 24 de março de 2011 às 20:01:16»
Ademir esta história de pedestal, arrogância, evolução e etc está me levando a crer em duas coisas: ou você está com algum grave problema de baixa auto-estima ou está querendo se fazer de "coitadinho" de minoria imcompreendida, o que absolutamente não procede pois aqui em nosso país os cristãos são maioria.

Eu, em momento algum, prego a minha descrença, não é minha pretensão convencer ninguém que Deus não existe. Só quero ter o direito de dizer isso sem ter chatos fundamentalistas como você para me insultar de forma gratuita.

Vejamos um pequeno exemplo: você me parece o tipo que repete "Graças a Deus" por qualquer coisa e isso não me ofende, em absoluto: é a sua crença é a sua fé. Mas quando eu digo que não creio em Deus, me acusam de arrogante. Um peso e duas medidas?

Esta acusação da arrogância por emitir a minha opinião é particularmente injusta, ainda mais quando a gente menciona fatos baseados em descobertas científicas já que a ciência procura a verdade e não discrimina como vocês cristãos o fazem. A ciência não se agarra a práticas medievais só porque são tradicionais. Se assim fosse não teríamos a penicilina; e hoje tudo que poderíamos fazer seria baixar as calças, enfiar uma sanguessuga no rabo e aguardaríamos rezando.

Certamente este último parágrafo tenha te ofendido -este era o objetivo-, mas não disse mentira nenhuma, somente uma verdade que fere a sua suscetibilidade cristã e, sinceramente, já estou meio cansado de lidar com gente cheia de mimimis.

Ademais quando digo que Deus não existe, não estou falando que a fé não existe. Eu sei que ela existe e posso verificar isso a todo instante. Mas você deveria aprender que acreditar em uma coisa não faz dela uma verdade. Podemos ter as nossas próprias opiniões, mas com certeza não podemos criar nossa realidade com base em crenças.

Eu tento ser bom e correto no meu dia a dia e não penso que vou ser recompensado por isso no céu. Minha recompensa está aqui e agora por saber que tento fazer o que é certo e que vivo uma vida relativamente boa e confortável, ainda que me mandem arder no fogo do inferno somente por ser contrário àquilo que pensam.
Abraços fraternos.
Ademir em 24 de março de 2011 às 19:17:08»
Admin, vc é muito arrogante cara. vc não pode sair por ai tentando convencer todo mundo que Deus nosso senhor Jesus Cristo não existe, vê se te manca e desce deste pedestal.
avatar
Nato em 24 de março de 2011 às 18:55:34»
Acredito sim no fim das religiões como conhecemos hoje, mas não no fim da fé. Deus é maior que todas as religiões.

O engraçado é que mesmo HOJE (sim, eu já fui ateu) acreditando absolutamente na existência de Deus simpatizo MUITO mais com ateus (quem naão conhece procure no youtube por vídeos do Geoge Carlin é muito engraçado...)que com católicos e protestantes radicais. Talvez porque nunca um ateu me acordou numa manhã de domingo batendo em meu portão para fazer com que eu mudasse minhas crenças...

Hehehehe. Tá valendo, gosto de ver discussões sobre o tema. Sempre acaba aparecendo a verdadeira personalidade das pessoas durante esses embates.
neanderthal em 24 de março de 2011 às 16:52:41»
Fique claro que eu não li todos os comentários. Esta opinião não defende nem ateus, nem agnósticos, nem os que creêm em qualquer das vertentes pregadas por aí. A necessidade de um Deus, entidade superior, mente universal, ou seja, algo que explique à nossa pequena mente, e nossa minúscula capacidade de explicar o mundo que nos cerca, e consequentemente suas manifestações, é algo atávico. Face ao desconhecido somos levados a entregar nas mãos do sobrenatural os nossos temores. Em razão ainda da incapacidade de nos libertarmos do medo do futuro, somos condicionados a encontrar, ou tentar encontrar respostas que justifiquem nossos temores. Ao colocar nas mãos de terceiros a determinação de regras para o nosso conforto, além de desviarmos nossos medos, nos consolamos em passar a responsablidade para algo acima e fora do nosso entendimento. A chamada civilização cristã ocidental, por formação e contexto social nos apresenta um Deus com nome, endereço, RG, e tudo o mais.Assim também os orientais, os africanos, os indigenas, os muçulmanos, os que se apegam a runas, rituais mágicos, etc.
Sou cristão por formação, racional/científico por formação acadêmica, estudioso dos comportamentos sociais frente às crenças pessoais de cada povo. Tento entender e respeitar sempre que não agridam os conceitos morais cristão-ocidentais (ex: o tratamento às meninas e mulheres pelos xiitas de qualquer credo).
Aceito a versão do Cristo filho de Deus, por criação e facilidade de entendimento. Quanto ao fim das religiões, acredito que se dará pela desesperança do homem em razão do mercantilismo e vacuidade dos pseudo pregadores que infestam o tecido social e se multiplicam como erva daninha. Os membros das IURDs (Igreja Universal do Reino do Dízimos) estão matando a galinha dos ovos de ouro que é a pequenez do ser humano, e a consciência que temos de que somos todos carentes de um perdão amplo geral e irrestrito dos nossos maus comportamentos.
Ateu em 24 de março de 2011 às 16:15:31»
Senhor Salgado,
Não entendo a relação de meu post com a aposta de Pascal
salgado em 24 de março de 2011 às 15:56:18»
Ateu,

É a famosa, antiga e já refutada Aposta de Pascal.
avatar
FelipeTonis em 24 de março de 2011 às 15:47:55»
Parabens Senhor Fox... clap clap
avatar
FoxRaider em 24 de março de 2011 às 15:45:13»
obrigado admin...por essa eu não esperava hoje redface eek
Ateu em 24 de março de 2011 às 15:42:53»
Se Deus existir mesmo, eu gostaria muito de ser mandado para o a mais profunda parte do inferno, por que qualquer dor é melhor do que aguentar cristão falando merda por todos os lados. No inferno tem um pessoalzinho mais legal.

Além da vantagem de estar longe do tal Deus, que precisa sacrificar um humano (que na teoria é ele mesmo) para poder ficar alegre, não muito diferente de deuses pagãos. Sem contar que em sua infinita bondade e misericóridia e após receber a sua dose de sangue, Ele ainda manda pessoas para o inferno.
avatar
Redação em 24 de março de 2011 às 15:36:29»
Uma das coisas mais bacanas proporcionadas para quem tem um site é ver o amadurecimento das pessoas que a gente passa a admirar virtualmente, mesmo que sua opinião seja contrária a nossa. Um destes casos, entre muitos outros do MDig, é o FoxRaider que se mostrava antigamente um garoto atrevido e meio troll e hoje expressa suas opiniões de forma bem fudamentada e respeitosa. Parabéns! clap Agora esperemos que faça as pazes com o Aurélio. mrgreen

Abraços fraternos.
avatar
Brazuka em 24 de março de 2011 às 15:20:28»
Filha de Deus, repense no que vc disse pois toda maldição é repartida.
Escrito está: " não julgueis para que não sejais julgado pois da mesma maneira que julgas, serás julgado também".
Meu amor, você leu aí embaixo no meu comentário quando eu disse que, "Deus ama mais um Ateu convicto que um religioso falso e mentiroso", não leu?
Lembra o que disse Jesus na cruz já no seu último suspiro:
- Pai, perdoa-lhes, eles não sabem o que fazem!
Um verdadeiro filho de Deus tem que ter acima de tudo humildade, respeito e tolerância para com as pessoas e suas opiniões pois também está escrito que "todos pecaram e destituídos estão da graça de Deus, só encontrando salvação ao receberem Cristo no seu coração".
Reveja seus conceitos antes que seja tarde minha querida e jogue fora tanto ódio e falta de tolerância que você guarda no seu coração, pois isto tanto faz mau ao seu corpo, com doenças que surgirão em cima de tí se não buscar a serenidade, tanto quanto à sua alma que após desencarnar, levará contigo todo este rancor que te deixará perdida nas Trevas a buscar Deus que você ainda não encontrou, embora se arvorando de suprema dona da razão.
Diga assim: Luisão, Jesus te ama e eu também!
Beijos!
Paulo Vinícius em 24 de março de 2011 às 15:10:57»
Infelizmente, continua grande no Brasil a quantidade de pessoas que expandiram a sua personalidade para os seus amigos imaginários. DICA > Não fale mal de: novelas favoritas, times favoritos, marcas de cervejas e roupas favorita, partidos políticos favoritos, artistas favoritos, muito menos de deuses favoritos. Principalmente desses último, afinal, a maioria das pessoas deseja ir pro céu... mas não agora.
avatar
FoxRaider em 24 de março de 2011 às 15:04:40»
"filha de Deus em 24 de março de 2011 as 13:00:13 »
bla bla bla bla ateu bom é ateu morto." (por mais que essa pessoa seja um troll, muitos fanáticos pensam assim)
engraçado ver cristaos demonizando ateus, deistas, agnosticos (e qualquer outra diferença que vá de cara com suas crenças) como se esses fossem uma parte impura da sociedade que merecia morrer, um tanto ironico pra quem "prega" o amor e fraternidade....pior é vê-los se prendendo a regras e condutas morais vazias que nao vao lhes levar a lugar algum, e mesmo assim teimam em se direcionar aos outros como possuidores de toda a verdade...
dizem que ateus são seres demoniacos, vazios e cheios de odio; que não cansam até convencer os outros de que deus não exista, criticando sua persistencia quando ao mesmo tempo fazem o mesmo...e as vezes de uma maneira pior, levantando contra as pessoas um preconceito ignorante medieval sobre os que não sejam iguais a sua comunidade religiosa...
nem todos são assim, assim como nem todos os ateus tentam mudar o mundo (até hoje nunca conheci um que se interessou em converter religiosos)...
se o fim da religião significar o fim de rótulos distribuidos em igrejas que se preocupam unicamente em coletar lucros, o fim de tabus preconceituosos e praticas medievais, o fim dos limites na mentalidade das pessoas, o desenvolvimento da racionalização do ser humano eu apoio desde já o fim do conceito de religião e de igreja que temos hoje...

PS: nao me venham usar o velho argumento dos erros gramaticais pois quem me conhece sabe que eu pouco uso pontuações e acentuaçao...
Rayford em 24 de março de 2011 às 14:41:54»
Admin, vc se considera tão evoluído assim a ponto de achar impossivel um ateu se tornar cristão? Bem, eu afirmo a vc que conheço muitos ex-ateus que chegaram destruir relacionamentos por causa de divergencias quanto a fé no passado.
Este não é o meu caso, escuto cristianismo desde pequeno, mas com certeza já considerei por alguns anos a possibilidade da não existencia de Deus (ninguém nasce cristão, como o único cristão verdadeiro disse). Por sorte (na verdade, pelo que acredito ser Deus) nunca fui capaz de acreditar veementemente nisso.
Não me acho superior de forma alguma, mto pelo contrário, estou muito além de quem gostaria de ser (algo parecido com a pessoa mais fantástica que passou por aqui que, poucos negarão, é Jesus Cristo) ou até mesmo do que poderia ser, mas simplismente encontrei uma coisa que, para mim, é verdade absoluta.

Abraços de coração, perdão se te ofendi mas esse nunca foi meu objetivo.
Manoel Assis em 24 de março de 2011 às 14:39:01»
Eu sou cristão, e tenho que dizer que, algumas vezes as pessoas são enganadas por algúns oportunistas, eu busco sempre melhorar o meu entendimento a respeito do que está escrito na Bíblia e o que é ensinado em minha igreja. Quanto aqueles que custam a acreditar em Deus, eu gostaria de lhes contar o que eu vivi, quando eu tinha 15 anos, a minha mãe foi diagnósticada com câncer de mama, se minha mãe tivesse morrido naquela época teria sido muito difícil pra mim; anos depois ela teve metástase no femur esquerdo e os médicos lhe deram seis meses de vida, foi um dos momentos mais triste de minha vida, e foi também o momento onde eu mais busquei a Deus, eu pedia constantemente que aquilo não fosse verdade, de qualquer forma minha mãe fez a cirurgia e depois todo o tratamento de quimioterapia e radioterapia, cinco anos depois minha mãe estava viva e bem, e novo exame não acusou mais metástase, eu me lembro quado o médico falou "é realmente um milagre". Infelizmente minha mãe faleceu quando eu tinha 30 anos, mas eu agradeço a Deus todos os dias por que acho que tudo foi no momento certo, eu acredito que aquilo sim foi um milagre, pois, muitos médicos dizem, que apesar da medicina não ser uma ciência exata, ainda assim os médicos conseguem chegar a conclusões bem proximas da realidade e foram muitos os médicos que acompanharam a doença de minha mãe, e diziam "foi um milagre". Quem não quer acreditar tem todo o direito, mas eu acredito!
avatar
Redação em 24 de março de 2011 às 14:13:48»
Definitivamente me parece um abuso, para não dizer falta de senso crítico ou ignorância, que um cristão se arvore a opinar como é a vida de um ateu, já que isto supõe que ele já tenha sido um ateu, coisa impossível de acontecer.

Pois minha vida tem um leque muito grande de perspectivas e expectativas com a vantagem que não tenho medo da morte e nem faço as coisas por que são ditadas por regras religiosas. Hoje, vivo porque viver é bom, embora existam quase sempre problemas a serem superados. Faço o que quero e o que é certo, porque é certo e não para garantir um lugar no céu. Não me vejo na obrigação de venerar nenhum deus criado pelo próprio homem.

Ante tantas tolas críticas não custa perguntar ao cristãos: - "Esta foi a forma que seu Deus me fez. Se respeitam tanto este cara, por que não me respeitam também? Porque enchem tanto o meu saco quando digo que não acredito nele?"

Algumas pessoas ficam espantadas quando ouvem um ateu se declarar, parece que o sujeito tem parte com o Diabo:

- "Por que você não acredita em Deus?", dizem.

Oras, porque eu deveria responder? O ônus da prova é do crente. Foi ele quem começou toda esta coisa. Por exemplo, se eu perguntasse para você:

- "Por que não acredita que eu sou capaz de voar?". Com certeza me responderia:

- "Por que haveria de acreditar nesta besteira?", e eu replicaria:

- "Porque é uma questão de fé! Pronto, ponto!" e logo depois com jeito desafiante de uma criança cheia de caprichos eu proporia:

- "Prova aí que eu não posso voar; tá vendo, não consegue... nanani nanána nanani nanána...", muito provavelmente você ia virar as costas ou ia pedir a ajuda de amigos para que me atirassem de uma janela dizendo:

- "Voa agora seu lunático de merd@".

Abraços fraternos.
avatar
Tyr em 24 de março de 2011 às 13:53:22»
Bom, pelo menos a gente não mata mais novilha pra agradar a Deus! eek
Página 1 de 3 (110 comentários)
« Ant. | Primeira | 1 | 2 | 3 | | Última | Prox. »