Faça o seu comentário

:

:







Comentários

rubem rodriguez gonzalez em 23 de abril de 2011 às 13:35:04»
Isso é puro marketing pessoal, fazer gênero é a melhor parte da história ou então fazer marketing querendo dar a impressão que não está nem aí....o próprio ADMIN, que saca infinitas vezes mais de informática e recursos eletronicos do que eu já sacou que a "despojada" garota "que não está nem aí" usa de recursos para melhorar o seu desempenho.... está esperando um convite genero$o para sair da sua clausura, quando surgir o golpe está completo......
avatar
Dominique em 22 de abril de 2011 às 07:32:15»
Deve ser triste viver assim, isolada. É tão bom sair, conhecer pessoas e lugares, enfim... ela precisa ir atrás de ajuda.
Monsek Hevlan em 22 de abril de 2011 às 06:19:12»
Ela não usa Auto-Tune, como afirmou o autor deste post. Ela semitona várias vezes (desafina ligeiramente) e quando se usa esse programa, ele provoca uma anomalia na voz entre um tom e outro que pode ser facilmente detectado por programas visualizadores de som.
avatar
tchaco em 21 de abril de 2011 às 20:06:54»
será que ela usa calças para gravar os videos?
avatar
Luna em 21 de abril de 2011 às 18:44:22»
revolt4d4, no seu caso pode ter sido um ADP, que pode ter sido causado por estresse, tensão... é bem comum na vida do homem contemporâneo.
avatar
CCN em 21 de abril de 2011 às 18:36:42»
Interessante. Eu me sinto melhor em lugares abertos. Quanto mais aberto, melhor.
Em casa, eu costumo ficar com as portas e janelas sempre abertas, porque eu penso que se precisar fugir, é mais fácil, hehehe... biggrin
avatar
revolt4d4 em 21 de abril de 2011 às 17:38:49»
Luna, já senti isso.
Lembro de uma vez na sala de aula, todo mundo falando ao mesmo tempo, fiquei tão desnorteada que gritei para que todos se calassem.
A professora, se espantou achou que eu era mandona ou coisa assim e brigou comigo, fiquei meio sem jeito.
redface
avatar
Luna em 21 de abril de 2011 às 16:07:09»
Eu tenho agorafobia, mas eu saio de casa, só não curto multidão, lugares onde me sinto sem saída repentina.

Esporadicamente ela volta. Mas agora, depois de ter passado muitos momentos sem noção, meu cérebro vai ter que ser mais criativo e inventar outras coisas. Na verdade, este cara é volúvel, não gosta de mesmice, ele fica entediado e minhas fobias não duram muito.

Lembro quando tive uma crise dentro do supermercado. Parece que de repente comecei a ouvir todo mundo falando ao mesmo tempo, e aquelas vozes me incomodavam, as pessoas me incomodavam, tudo começou a girar, eu senti falta de ar, e tive taquicardia.

Eu me auto trato. É muito difícil, não é frescura, mas é vc quem tem que se conhecer, e aprender a dominar as fobias. Desafie seu cérebro, ria das suas paranóias, teste seus limites, e vc se surpreenderá.

Ah, faça como o ratinho do desenho, sai do buraco e vá buscar o queijo, sem medo do rato, ou de levar uma vassourada da gorda dona da casa.
avatar
Mary em 21 de abril de 2011 às 15:12:56»
Também com tudo o que acontece nas ruas, ela ta certíssima...rs
avatar
SouMassimo em 21 de abril de 2011 às 14:46:39»
clap
avatar
revolt4d4 em 21 de abril de 2011 às 14:42:08»
E eu que achava ser a única a preferir ficar em casa. eek
avatar
SouMassimo em 21 de abril de 2011 às 14:18:20»
First?