Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Página 1 de 2 (93 comentários)
« Ant. | Primeira | 1 | 2 | | Última | Prox. »

avatar
Lola Pires em 06 de maio de 2013 às 00:25:48»
clap

Nossa, exatamente como penso em relação ao assunto. Nosso português não é fácil, mas deve ser seguido a regra!

Parabéns pelo post. O admiro ainda mais.. razz
avatar
Leo Sllyver em 16 de maio de 2011 às 08:08:01»
Eu me lembro que o moon deletou o post bem na hora que eu fui postar minha opinião! Quando eu cliquei em Adicionar Comentário, apareceu a mensagem dizendo que o post não existia...
Enfim, estou reescrevendo o que eu tinha dito:
Eu não passei 11 anos da minha vida estudando gramática, (fora os vários concursos e vestibulares), para depois ver o português sendo assassinado. É triste para quem se esforçou para realmente aprender, e ver que agora todo este esforço não serviu de nada, já que estão banalizando a burrisse!
Rafael Saint-Clair Igreja em 16 de maio de 2011 às 01:31:20»
Acho que perdi alguma coisa, mas sinto que é em relação ao MEC, por ter aprovado um certo livro o qual os autores ressaltam a importância da linguagem popular e a desnecessidade da linguagem culta! Sou a favor de uma campanha víral contra essa aprovação!
avatar
KaiserThel em 15 de maio de 2011 às 21:26:21»
Alguém pode me explicar o que aconteceu? Admin seus posts raramente faltam com coerência, que eu tenha visto foram um ou dois (não me lembro bem, mais eram coisas de novela)
avatar
Tyr em 15 de maio de 2011 às 20:05:12»
Pra encerrar da minha parte.
Melhor prestarmos atenção nesse caso. SE aceitarmos isso incondicionalmente pode - creio eu - virar uma triste rotina.
Se não for do gosto de 'quem pode' ...
[ ]´s
Jack D. em 15 de maio de 2011 às 19:58:28»
iscrevê erado nem é taoo ruin açim. u duru é pensá erado.
é claro que há uma diferença entre o formal e o informal, mas "nóis vai", ou então "asterístico" não chega a ser informal, e sim errado.
Agora, o tempo todo nós dizemos coisas como "eu vi ela ontem" quando deveriamos dizer "eu a vi ontem". Falar da primeira forma é errado, mas pode se considerar informal.
eu vi ela
eu comi ela
eu bebi ela
eu 'mati' ela (que dóóooóóoóóó)
Jack em 15 de maio de 2011 às 16:53:22»
eu não tinha visto o post!
enfim! EU acho que escrever e falar corretamente nos deixa um nível acima daqueles que falam errado, com certeza.
me dá nojo ver gente escrever e falar errado! quando eu leio/escuto alguem escrever/falar errado, essa pessoa perde todo o respeito que eu tenho ou iria ter...
e não digo escrever impecavelmente, com todas as regras de português claríssimas! Mas, no mínimo, uma escrita com coesão e coerência faz bem.
Hum, minha professora de inglês faz letras né? e ela já tinha me falado sobre isso, que as regras de português mudam com o povão... e é o que vai acontecer mesmo, INFELIZMENTE.
Gregório em 15 de maio de 2011 às 16:48:19»
perdão, estavam
Gregório em 15 de maio de 2011 às 16:47:34»
Para todos aqueles que acham um jeito de comentar sobre o Bolsonaro aqui:
Na minha escola costumavam ensinar que o nazismo é algo errado, então na verdade eles estavão me obrigando a ser judeu? Esclareçam isso para mim, por favor.
aa em 15 de maio de 2011 às 14:17:53»
liberdade de expressao? Cade?
eu ensino aos meus sobrinhos a falarem corretamente, a de 3 anos fala tudo corretamente, agora tem outros da mesma idade que nem falar bico dão conta! E as mães acham uma gracinha!
Erika Assis em 15 de maio de 2011 às 13:26:21»
Apoio totalmente sua causa!
avatar
Angelik em 15 de maio de 2011 às 13:16:06»
Nossa, é inacreditável.
Nós não temos mais o direito de expor nossa opinião, essa tal liberdade de expressão está cada vez mais rara e mais contraditória.

Agora, só quem concorda com a maioria pode ter opinião?

Isso me lembra o filme Matrix, se alguém começa a pensar por si mesmo é considerado como uma anomalia e deverá ser extinto imediatamente.

Eu escrevo e falo errado muitas vezes, mas tento me corrigir e acho um absurdo as diretivas do MEC, não vou nem falar no "Kit gay" para não levar "porrada" dos politicamente corretos que vigiam o site.

Pare o mundo que eu quero ir embora dessa merda de planeta imediatamente. Essa zorra está se transformando em uma Matrix hiper controlada pelos vigilantes politicamente corretinhos.
A propósito Moon, eu gostei do seu post.

Abraços.
avatar
Jeh em 15 de maio de 2011 às 11:27:16»
Um dos meus piores pesadelos está acontecendo. Não estão deixando um blogueiro se expressar?! haaaaa!!! (Vou poupar meu tempo e nem vou ler os outros comentários!)
avatar
Marya em 15 de maio de 2011 às 10:47:52»
Eu acho que está havendo um engano aqui.
O problema não é falar " jerimum " em vez de " abóbora"

O problema é decretar que está certo falar " Os livro ilustrado mais interessante estão emprestado".

E falar " nós vai "

É isso que está sendo aprovado pelo MEC, ou seja, ensinar errado.

Óra, Se o professor diz que o aluno pode continuar falando "nós vai" porque isso não está errado, então esse é o pior tipo de pedagogia, a da mesmice cultural.
Se um indivíduo vai para a escola, é porque busca ascensão social. E isso demanda da escola que lhe ensine novas formas de pensar, agir e falar.
avatar
Luiz Felipe em 15 de maio de 2011 às 10:26:15»
Mesmo odiando o portugues, não concordo com essa ideia de que escrever errado é bom.
Eu posso dar varios motivos porque eu odeio o portugues e suas regras, mesmo assim tento escrever o melhor que posso.
Como a maldita crase, nunca vou conseguir entender suas 3 regras e 25 exceções (é serio isso, procure crase no google e siga no primeiro link para ver).
E muitas outras coisas idiotas como preterito mais que perfeito. Como algo pode ser mais que perfeito?
Se no curso de computação temos uma aula de portugues, no curso de letras eles tinham que ter uma aula de lógica.
Ou se todas as palavras com 3 silabas tem acento (acho), para que colocar o acento? já não é obvio que o som é mais forte por padrão?. mas vá entender.
Mas essa não é a discussão, mesmo convivendo com essas regras e as odiando, eu nunca pensaria que escrever errado deva ser ensinado, ou que é certo escrever errado.
Quando ao preconceito linguistico, ele deve existir para que as pessoas pensem em aprender a escrever direito para não ficarem marginalizadas.
Em vez de resolver o problema social da marginalização. Pregam que devemos aceitar a marginalização.
E que crusada chata é essa contra todo tipo de preconceito. ja ta enchendo o saco.
Preconceito é um mecanismo psicologico natural de defesa contra o desconhecido, que so se resolve diante da luz do conhecimento, para tanto se tornando conceito (bom ou mau, não é a questão).
É um mecanismo de defesa que deve ter surgido por algum motivo.
Como é que voce vai avaliar se algo vai te fazer mau antes de conhecer, isso é o preconceito.
Hipocrisia pura.

Quanto ao post e o que o moonwalker fez. Eu me sinto assim tambem.
O simples fato de não concordar com a maioria já é motivo para ser apredejado pelo publico.
O maior exemplo disso é o tal Aquecimento Global. todos acreditam que realmente existe aquecimento global. Eu posso dar inumeros argumentos contra. Mas hoje, a moeda não tem mais 2 lados. Ninguem mais contesta, voce inclusive é trolado até a morte se pensar que o aquecimento global não passa de um fenomeno urbano e que sequer existe.

Como disseram abaixo. Ja esta intitulado a incultura. Onde ser inteligente, estudar, conhecer, saber é errado. Eu vivi muito preconceito por conta disso.
Mas não vou chegar ao absurdo de fazer um livro que diz que o certo é estudar somente.
A culpa não é das pessoas por terem medo das pessoas inteligentes.
A culpa é da sociedade brasileira onde não é nada legal ser inteligente. Até mesmo ser rico é considerado errado. Vide que todos acham que rico é porque roubou.
E nem vou entrar no ambito da religião, se voce é ateu e/ou agnostico, as pessoas te olham como se voce fosse o proprio demonio em pessoa. Mas como não acredito em demonio (eles são mentirosos, brincadeira, não acredito que exitam), eu não me importo.

Mas fazer o que, não posso mudar, por isso liguei o foda-se. Foda-se o que voce pensa sobre mim. Nem perca seu tempo escrevendo uma resposta para meu comemtario. Eu escrevi somente para desabafar o que sinto.

E para terminar, deveriam dar muita banana degraça para o povo.

Um dia, acredito, que o ser homo sapiens tera o seu fim. E os macacos faram melhor que nos ( o planeta dos macacos ) . Tenho fé neles.
avatar
Moonwalker em 15 de maio de 2011 às 09:39:06»
Haha, tudo bem, Indira... olha, se você quiser, posso te mandar a resposta que tinha escrito, assim tenho certeza que mesmo que você não concorde, vai entender meu ponto de vista...
Eu não sei, eu acho que por já ter trabalhado em escola e ter visto coisas absurdas por lá, eu fico mesmo indignado quando o assunto é educação aqui no Brasil.
Mas também não escrevi para ofender ninguém, menos ainda você. wink
E não adianta, avatares de raposa sempre serão os mais legais do MDIG! clap
Indira em 15 de maio de 2011 às 08:18:02»
Eu sei que o post não foi apagado por minha causa, não sou presunçosa a este ponto e sei muito bem como é a internet e os problemas que um simples post pode acarretar.
Peço desculpas pela indignação com o post apagado, pois não sabia que o motivo vem de um buraco mais em cima, como o Tyr falou.
Respondi com provocações, porque o tom que você escreveu o post anterior foi cheio de provocações, também. Não foi pra ofender ninguém, só pra rebater com a mesma dinâmica do jogo e com alguns argumentos, claro. Quanto a sua proposta de melhorar a educação, em vez de ficar adaptando livro didático, acho extremamente válida e devemos, sim, todos lutar pra isso, seja em casa, no meio social, como professores, como eleitores etc.

Enfim, paro por aqui. Vou voltar a estudar e parar de criticar terceiros.

P.s: Moonwalker, adoro seu avatar do fantástico Sr Raposo.
Tyr, obrigada pelo "elogio", mas já namoro há muito tempo wink
avatar
Moonwalker em 14 de maio de 2011 às 23:31:09»
Indira, não tinha gostado do seu comentário, claro, mas não foi por sua causa que apaguei o post. Não foi tão forte para isso. Até tinha respondido você lá, e acredite, não faltei com educação, e nem fiquei de provocaçõezinhas, como essa história de "magnânimo".
E você está enganada. Eu aceito opiniões diferentes. O que não gosto é de ameaça por e-mail quando faço um post aqui. E como na internet todo mundo é mocinho ou bandido, preferi retirar o post do ar. O que, aliás, é um direito supremo e inquestionável meu, que fui bonzinho e até fiz um esclarecimento aos leitores.
E se eu fosse você, ia continuar estudando numa boa, sem ficar entrando aqui e criticando terceiros, já que, como você disse, eu estava reclamando por causa de uma coisa pequena.
avatar
Tyr em 14 de maio de 2011 às 23:10:32»
Não doce Indira, não foi bem isso (desculpa pular de paraquedas na história, mas já que tô aqui lendo mesmo...) que aconteceu.
O buraco foi mais em cima dessa vez.
Maiores explicações com o proprietário do post em questão.
Boa noite!
Nome lindo sabia!?
Tá sozinha ou tem namorado? mrgreen
Indira em 14 de maio de 2011 às 22:41:33»
Postei um comentário gigante em resposta ao assunto, mas agora it's gone.

Anyway, achei ridícula essa opção por deletar o post. Pronto, falei.

A partir do momento que se joga um material a um público tão vasto, é de se aceitar opiniões diferentes das suas, ou não?

E só alimenta o ego de um bando de pseudo-intelectuais que ficam atirando contra todas as pessoas que possuem um falar diferente, não considerando as milhares que nunca tiveram oportunidade de estudar, ou se "estudaram", na verdade, fizeram um péssimo currículo escolar, pois só foram à escola pra ter o que merendar.

Melhorar a educação: ok! Lindo, magnânimo!

Tachar alguém de burro por falar "errado", por não ter tido as mesmas condições sociais, psicológicas, mentais necessárias a um bom aprendizado, ou por pronunciar "jerimum"em vez de "abóbora": acho que não é por aí não, hein, amiguinhos.

P.s: Desculpas se ofendi de alguma forma alguém, por ter sido muito enfática com o meu ponto de vista. Tomara que o meu post não seja apagado :S
Jean P. Carvalho em 14 de maio de 2011 às 21:16:23»
Olá Moonwalker. Não vi o tal post, mas, num país como o Brasil, onde a mesma palavra é falada de diversas formas, dependendo da região e contexto social da pessoa, e onde a mesma palavra às vezes pode ser escrita de duas ou até 3 formas diferentes (ex: tamborilar ou tamburilar), a pergunta que fica é: até que ponto podemos dizer q. o sujeito está "falando ou escrevendo errado"
Fora isso, deve-se sim estimular o ensino da norma culta da língua, ao menos no escrever...
abraço!
Flavio Marcio em 14 de maio de 2011 às 16:52:41»
Como passei uns três dias sem acessar esse blog não tomei conhecimento desse artigo que foi retirado do ar pelo autor. Gostaria que se alguém ainda o tiver em seu poder por favor queira enviá-lo para mim através do e-mail

vastohorizonte@gmail.com

Obrigado pela atenção e hasta la vista.
Luckerazzi em 14 de maio de 2011 às 16:43:16»
"Mas eu vou dar o meu sangue se preciso for para que meus filhos, meus netos, e os netos dos meus netos tenham leitura e escrita impecável."

Assino embaixo !!!

Certa vez me deram um livro chamado A Língua de Eulália, que defende que todos podem escrever e falar errado... Nem cheguei na 10ª página e, detalhe, o livro está escrito segundo a norma culta rsssssssssssss
avatar
phil em 14 de maio de 2011 às 16:34:14»
Brasileiro é preguiçoso mesmo.
Errar é humano. Mas por que trabalhar para transformar o erro em acerto?

afinal excrever erradu tah na modah!
avatar
Luciana em 14 de maio de 2011 às 15:27:22»
Adoro língua portuguesa e compreendo que não é a mais fácil de apreender, como também não é tão fácil como parece escrever corretamente, até mesmo porque nossa língua sobrevive através de infinitas regras que são concebidas através da gramática. Contudo o MEC esta nadando contra a maré quando aceita que alunos falem e, consequentemente, escrevam errado, ao invés de incentivar, no mínimo, a leitura de bons livros......
João em 14 de maio de 2011 às 14:43:52»
O curioso é que alguns aqui estão tentando falar errado, mas só trocam as letras assim: vamu vê intão: Vejam que isso pode ser compreendido, mas quando chegará nas concordancia dos verbo com os pronome a coisa vai ficando diferente...
keb em 14 de maio de 2011 às 14:22:39»
Para mim o moonwalker roeu a corda. Nunca vi o admin apagar um post porque foi contrariado. Porque se ele fizesse isso mais da metade dos posts do mdig seriam apagados. Pronto, falei!
avatar
kikobrasa em 14 de maio de 2011 às 14:05:07»
Ô meu fio, herrá é umano.
avatar
Poliana em 14 de maio de 2011 às 13:26:27»
Mais é craro que ocê tem toda razao num devemo fala erradu... lol
Braziu é paiz de primera crassi.. confused
Luís Gustavo Wegner em 14 de maio de 2011 às 13:21:44»
Concordo plenamente com o teu ponto de vista.
Como Gaúcho que sou, sempre tive asco da discriminação que sofremos no resto do país por causa de nossa forma de falar, que diga-se desde já, é a linguagem coloquial mais próxima da norma culta da Língua Portuguesa.
Agora querem mudar a Lingua Portuguesa para adaptarem àquelas pessoas que não conseguem falar ou escrever corretamente.
RIDÍCULO!!!!
Então que criem outra linguagem e dêem outro nome à ela, mas não digam que é ensino de Lingua Portuguesa.
Leandro em 14 de maio de 2011 às 13:05:12»
Preclaro Amigo:

Continue o seu bom trabalho. Você possui uma ferramenta com poder para influenciar, portanto, continue lutando pelas boas causas.

Atenciosamente,

Leandro

PS.: E viva o nosso vernáculo!!!!
avatar
Brazuka em 14 de maio de 2011 às 13:02:44»
Izzi, dizem os que sacam do poder destrutivo de uma Bomba Atômica que se porventura um dia houvesse uma mega guerra nuclear de grandes proporções, as baratas se salvariam portanto, diante de tal coisa pelo que sei, os políticos também, pois eles são piores que a mosca na sopa do Raulzito!
Ainda bem que és mais um que concordas comigo amigo superthéo lol lol
Izzy em 14 de maio de 2011 às 12:30:01»
Tem um jeito de fazer ouvir a sua opinião sim. Experimenta arrumar meia dúzia de bombas nucleares e ameaçar jogá-las...ninguém se atreverá a mover um músculo que seja para te contrariar! xD /troll
hiey em 14 de maio de 2011 às 12:28:40»
Apoxto qe qm reclamo iscrevi acim mrgreen
Henry Vieira Quege em 14 de maio de 2011 às 12:26:56»
Tbm concordo com seu ponto de vista
Estão matando a língua Portuguesa

Henry Vieira Quege
avatar
Brazuka em 14 de maio de 2011 às 11:55:04»
Amigos João Henrique, digo que VOTO NULO por força de expressão pois fui mais radical ainda, rasgando meu título de eleitor para sempre no entanto, bom seria que a brasileirada criasse um pouquinho de vergonha na cara e como protesto, votassem em partidos nanicos e sem expressão dentro do Congresso, assim como candidatos de primeira viagem, que se oferecem sinceramente para ser a voz dos cidadãos honrados que votam por obrigação e imposição da Lei Eleitoral, quando acho que isto fere a Democracia que dizem que temos e nosso livre exercício de escolha e decisão de votar ou não.
Tenho escrito muitos posts no Amigos aonde deixo bem claro que alí dentro daquele antro chamado Congresso Nacional, os parasitas de ontem são os mesmos parasitas de hoje, aonde verdadeiras famílias se alternam e se revesam no Poder, provininentes de seus Estados de orígem, aonde tem seus currais eleitorais sob controle, pois tem idiotas que votam neles para não quebrar a tradição principalmente famíliar.
Tenha a santa paciência!
Não sei de nada não e até burro eu sou porém, gente mais burro que eu me deixa tão irado que quase tenho um piripaque provocado pelo ódio e o stress absoluto.
Quer ver voto legal que achei?
TIRIRICA!
Um Palhaço de verdade no lugar devido no picadeiro que se chama Congresso Nacional porém, altamente pornográfico de onde se vê e se sabe dos mais variados tipos de imoralidades que vão além da corrupção em que são viciados. ma ma
avatar
therock em 14 de maio de 2011 às 11:54:10»
O governo quer calar de vez o povo deixando todos ignorantes e a mercê...
avatar
Redação em 14 de maio de 2011 às 11:48:58»
Eu nasci na roça e até hoje em dia, informalmente, falo errado. Mas no ambiente de serviço, palestras e tratativa com clientes, eu tento usar o meu melhor Português, simplesmente porque isso é o certo. Ainda que deva confessar que não acho o Português tão lindo assim, é uma língua cheia de regras com exceções. Porém é nossa língua pátria e temos o dever de defendê-la e nos expressar da melhor forma possível.

Esta minoria de imbecis (me desculpem, mas não tenho adjetivo mais adequado para quem decidiu deturpar o uso do idioma por causa do vigilantismo politicamente correto) usa a desculpa de "língua viva", mas eles mesmos correm ao encontro do idioma quando o problema está relacionado com neologismos e estrangeirismos. Ou seja, falam em mudar a língua para possibilitar a inclusão de "gente burra"; mas para acompanhar os novos tempos, não. Ainda que em minha opinião o estrangeirismo esteja muito estendido nos dias atuais através de seus "olds", "fails" e "lammers" que tem equivalentes diretos no Português, mas isso já é outro assunto.

O preconceito linguístico sempre existiu: paulistas e mineiros trocam farpas caçoando entre si e se abraçam para zombar do carioquês. Paranaenses troçam de catarinas que por sua vez escarnecem de gaúchos que riem do país inteiro. Isto é um fator cultural que dificilmente será mudado. Mas existe uma forma de minimizar o preconceito linguístico. Sabe qual? Bem simples: promovam a cultura e a educação. Formem melhores professores. Paguem melhor os professores. Façam com que a escola fundamental se torne um espaço lúdico novamente e não um campo de guerra.

Tais medidas, que venham a auxiliar na melhoria da educação escolar fundamental, devem ser adotadas ontem sob risco de sermos obrigados a ver a tal de Heloísa Ramos e mais meia dúzia de idiotas tentando revogar a lei da gravidade dado a que o sangue não irriga seus vasos cerebrais.

Abraços fraternos
I.T.A em 14 de maio de 2011 às 11:43:35»
Concordo plenamente.

Atualmente no Brasil se dá mais direito para aquele que desvaloriza sua cultura, que joga no ralo da falta de respeito o nosso idioma, que é sim um dos mais belos tanto na fala quanto na escrita.
Fico inconformado com a falta de respeito das autoridades brasileiras com Portugal, acho uma falta incalculável que ao longos dos anos palavras foram praticamente extintas de nosso Brasil, que o nosso idioma está ficando cada vez mais pobre.
Como disse nossa amigo abaixo, acho que está mais do que na hora de nós povo brasileiro com muito orgulho lutarmos, sairmos as ruas, protestarmos, não só contra esse assunto mais sim como ao todo, preço dos combustíveis, falta de educação de qualidade, salários baixos, quando se vê nos telejornais que o salário médio do brasileiro está em torno de 1.400,00 nenhuma emissora fala que paga aos seus funcionarios milhões, que se paga jogadores de futebol milhoes, que pagam a deputados que são mais de 500 quase 100,000 por mês, enquanto um médico ganha mal, um policial mais ainda.
precisamos por a boca no trombone sim.
e Viva ao MDIG.
Superthéo em 14 de maio de 2011 às 11:42:49»
Ah, só mais uma coisa, Brazuka, parabéns, seu comment é genial...!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Superthéo em 14 de maio de 2011 às 11:36:18»
As pessoas estão cada dia mais acostumando-se a uma pseudo intelectualidade e tantas outras superfluidades culturais geradas de maneira perigosa pela internet, uma vez com que a facilidade de se encontrar respostas para praticamente quase tudo e sobre assuntos de qualquer natureza nos deixa viciados aos atalhos que a grande rede proporciona. "Cortar caminho para mais facilmente se obter conhecimento", tipo: se você quer saber o significado de algum termo, ou entender os motivos para a Segunda Grande Guerra, simplesmente recorre ao Google ou Wikipedia, ao invés de ler mais livros, comprar um dicionário, ter uma verdadeira sede de conhecimento e dedicar-se aos estudos. A língua de uma nação, assim como sua estória é parte fundamental para sua perpetuidade, e não deve ser tratada como se fosse dispensável. Falar errado é para burros, e desculpa nenhuma pode mudar essa verdade.
avatar
Marya em 14 de maio de 2011 às 11:30:38»
Nas próximas eleições teremos assim:

Eleitô, vóti no candidatu qui mais achá certu:

( ) Dilma
( ) otro
( ) otro
( ) otro
( ) otro
João Henrique em 14 de maio de 2011 às 11:13:49»
Brazuka, voto nulo não adianta cara! Voto nulo simplesmente aumenta o poder dos outros votos, deixando os trouxas decidir por vc...
Por exemplo, temos 11 eleitores, cada voto equivale a menos de 10% certo?
se dois anularem o voto, o voto dos outros 9 se torna mais de 10% entende?
João Henrique em 14 de maio de 2011 às 11:11:40»
Evandro, não podemos nos calar....
Quando entrei neste blog achei que ia dar bastante risada e descontrair, por isso comecei a entrar de vez em quando...
Quando vi que tinha muita gente séria comentando, e que os assuntos são extremamente importantes para a sociedade como um todo, entro toda hora e em qualquer lugar, para poder ver os comentários inteligentes e com pontos de vista diferentes do meu, que me fazem crescer...
Por isso sou contra o "deletamento" to post anterior, queria ter lido os comentários, porém não pude acompanhar pois estava ocupado discutindo com o Politico Honesto sobre religião em outro post!!!

O que quero dizer é que todos devemos botar a boca no trombone, e assim mobilizar as pessoas a fazerem o certo...
Difícil? COM CERTEZA!!!!!
Impossível? NUNCA!!!!!!!!!!!!!!!!!
avatar
Brazuka em 14 de maio de 2011 às 11:07:33»
Atenção galera, o ENEM tá vindo aí!.
Qual será a zuação agora?
Sim, porque todos os anos tem rolo E NEM presta tanto assim para definir, medir ou avaliar como está a Educação do Brasil que eles mesmos são responsáveis E NEM tão nem vendo a estudantada sabe, aprendeu ou sobre o que realmente estão aprendendo em sala de aula.
FsDsPs!!!!!! ma ma ma
VOTOS NULOS NESSA CAMBADA DE PARASITAS NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES GALERA DO MDIG! ma twisted evil evil evil
asuka em 14 de maio de 2011 às 10:50:48»
poxa o post naum devia ter sido tirado não!! queria ter lido! daki a pouco não precisa mais de pontuacao. ja qui naum presiza maix ixcreve serto ne, alias nois tudo deviamos nos juntarmos pra fazemo uma imobilisacao contra os pobrema tudo. (hahha ok exagerei no comment mas isso é pra mostrar pros babaquinhas q defendem escrever, falar, e por conseguinte ler errado como fica bonita nossa lingua quando não é respeitada (BRAZIL UM PAIS SEM REGRAS....NEM AS GRAMATICAIS!!!!)
burro informado em 14 de maio de 2011 às 10:48:48»
se for assim então eh melhor nem ir pra escola
avatar
Evandro Eloy em 14 de maio de 2011 às 10:40:08»
João Henrique, Sou obrigado a concordar contigo... os governantes não são burros, burros somos nós, gado marcado!

Gado Feliz! sad cry neutral
=D em 14 de maio de 2011 às 10:34:28»
admin=cagão
neanderthal em 14 de maio de 2011 às 10:28:41»
Gostaria de sugerir a todos um texto da net chamado Fédon e a Palavra, não sei mais onde o lí mas está em meus favoritos. Sempre haverá uma última trincheira onde defendermos o que consideramos correto. Não se cale, NUNCA. ou seja "vamos acabar com a violência, nem que seja na porrada"
Página 1 de 2 (93 comentários)
« Ant. | Primeira | 1 | 2 | | Última | Prox. »