Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
Luiz Felipe em 21 de junho de 2011 às 21:31:52»
Concordo que esse tipo de inveja "branca" é apenas admiração.
Inveja é mesmo querer que o outro perca o que tem.
Não basta voce vencer, o outro tem que perder. é o jogo da soma 0.

Dificilmente tenho inveja, eu vejo as coisas dos outros e fico imaginando o "tradeoff" que a pessoa teve que fazer para conseguir, o que ela teve que passar. pois nada nesse mundo é de graça, tem que se perder algo para se conseguir algo.
avatar
Tyr em 20 de junho de 2011 às 16:56:21»
Politico, como disse Cazuza uma vez "As vezes tenho inveja!"
No caso dele quando o Renato Russo escreveu "Que pais é esse?" o Cazuza afirmou que teve inveja da musica. O que ele fez com a inveja dele? "O tempo não pára!"

Inveja produtiva!

Agora, se o infeliz além de ter inveja não faz nada para poder conseguir e alem de tudo fica "empatando" a vida dos outros, ai é phd@!
avatar
Marya em 20 de junho de 2011 às 16:18:45»
As vezes a inveja é tanta que chegam a fazer trabalho para prejudicarem os outros.
Isso mesmo, trabalho, esse trabalho que fazem na encruzilhda à que estou me referindo.
Af !
avatar
Politico Honesto em 20 de junho de 2011 às 15:26:13»
R.R.

Eu já vejo admiração como algo à parte (acho que dentro do conceito que você quis passar). Você pode, por exemplo, ficar admirado por alguém que conquistou algo que não te interessa, sem que isso te estimule. De modo "inverso", uma conquista por parte de outro, em algo que não te interesse, pode servir de estímulo para as suas próprias conquistas.
R.R. em 20 de junho de 2011 às 15:09:39»
Político Honesto, eu entendi o que você quis dizer.

Mas você está errado, no meu ponto de vista. Ok, as vezes falamos o que você disse, pra alguma pessoa: "'poxa, fiquei com uma inveja de você agora; queria ter isso, também', sem, contudo, desejar que o outro perca o que tanto queremos?"

Só que aí tem outro nome que "misturou" com a inveja: a admiração. Tenho amigos que passaram em universidades públicas ótimas, e não tenho inveja de 'serem melhor' que eu, pois sei que esses foram dedicados.

O estímulo não precisa sem com a inveja, você apenas observa e aprende. Aqui no MDig mesmo, teve um cara que fez energia a eólica com uma bateria, isso na áfrica, se não me engano, e fez um livro sobre. Um outro leu o livro e fez o mesmo. Ele poderia ter sentido inveja e ficado parado, mas viu com o outro uma situação parecida com a sua que, aparentemente, não tinha solução. Vendo que a situação podia melhorar, ele aprendeu com o outro.

Mas são só palavras...
avatar
revolt4d4 em 20 de junho de 2011 às 14:58:00»
Eu sei bem o que é uma pessoa invejosa. evil evil evil
dá vontade de .... ma ma ma
avatar
Politico Honesto em 20 de junho de 2011 às 14:27:26»
Com o tempo, muitos significados foram deturpados (vide aquele post do politicamente incorreto), infelizmente. Ainda sim, sempre considerei a inveja, nesse sentido que deixei claro em meu comentário anterior, como uma "modalidade" de ambição, já que o maior "estímulo" para a conquista é justamente aquilo que o outro tem e que também almejamos.
avatar
Politico Honesto em 20 de junho de 2011 às 13:29:23»
Eu já discordo um pouco desta frase: "enquanto a inveja é não querer que o outro tenha". Acho que não é bem por aí. Você pode ter inveja, no sentido de desejo, por querer ter algo que outra pessoa tem e você, não. Quantas vezes já não ouvimos alguém dizer "poxa, fiquei com uma inveja de você agora; queria ter isso, também", sem, contudo, desejar que o outro perca o que tanto queremos?

Se analisarmos bem, a inveja (quando manifestada dessa forma) é até algo saudável, pois nos impulsiona para as nossas conquistas. Querer estar na moda, se repararmos, é uma forma de satisfazer uma certa inveja de quem se produz de uma forma que nos agrada.
avatar
Tyr em 20 de junho de 2011 às 08:53:21»
Hunf! Eu não queria o first mesmo!
avatar
Moonwalker em 20 de junho de 2011 às 08:41:33»
cool cool cool cool cool