Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
Angelina em 31 de março de 2013 às 22:00:46»
O título do post é legal, daria um nome de livro.
avatar
msp1500 em 31 de março de 2013 às 21:57:42»
Deve ser obra humana sim.
avatar
Sentinela em 25 de julho de 2011 às 23:03:11»
...Grumete..., eu li essa também. Ele fazia exertos com pequenos cortes, amarrava com fita adesiva... Mas não sei se ele seria capaz de entortar árvores... neutral
...Grumete... em 20 de julho de 2011 às 18:41:30»
uma vez li um artigo na Seleções q falava de um cara q fazia até cadeiras com arvores
isso seria pinto pra ele
fifthhorseman em 19 de julho de 2011 às 15:06:12»
Murk, AKA jeremy mendel, is a giant crackhead.
o sexto elemento em 18 de julho de 2011 às 16:39:40»
Havia um homem? bobo,

Tinha cara de bobo,

Só escrevia bobeira,

Tinha um Gato bobo,

É se denominava o Elemental - Hominho Bobinho.
Jr Junior em 18 de julho de 2011 às 12:44:41»
Vai saber . . .
avatar
Laila em 18 de julho de 2011 às 11:24:18»
Como elas aparentam ter a mesma idade, pode ser q qdo elas era jovens, tenham sofrido alguma forma de sombreamento e se curvado em busca de luz solar... uma hipotese. Ou talvez seja uma híbrido... Não acredito q nutrientes do solo causem tal anomalia.
avatar
Luiz Fernando Galiza em 18 de julho de 2011 às 10:01:25»
"Havia um homenzinho torto,

Morava numa casa torta,

Andava num caminho torto,

Tinha um cachorro torto,

Que gostava de comer torta..." eek
grand em 17 de julho de 2011 às 13:18:35»
achei muito
fidedigno
avatar
Luiz Felipe em 17 de julho de 2011 às 07:57:45»
A primeira vista eu diria que foi a Bomba atomica ou aquele experimento secreto do Tesla.
Mas parece mesmo que alguem colocou algo e mexeu.
Hermann em 17 de julho de 2011 às 02:25:40»
Ação antrópica, fato!
avatar
Li em 16 de julho de 2011 às 23:48:14»
Nem tinha lido o que o Politico Honesto tinha dito, mas faz muito sentido. Meu raciocínio é por este lado tbm.

Seria interessante em começar vendo se as árvores de mesma espécie possuem o mesmo padrão com falta de gramíneas em volta, apesar de ser comum alelopatia em coníferas.
avatar
Li em 16 de julho de 2011 às 23:46:31»
Muito interessante!

Será que há estudo dos solos do local e próximo do local onde ocorrem as árvores?

clap clap clap
avatar
Michel Sanderson em 16 de julho de 2011 às 23:15:50»
Interessante essas árvores...
cdr em 16 de julho de 2011 às 20:30:36»
Aliens?

Nos cropcircles o caule das plantas são dobrados sem quebrar, atraves de uma alteração molecular na estrutura da planta, que apos dobrada continua crescendo normalmente, porem torta!!
avatar
Lucy em 16 de julho de 2011 às 18:10:09»
seja o que for, ficou realmente um bosque digno de cena de filmes. clap
Evaldo em 16 de julho de 2011 às 18:06:47»
Eu acredito q seja um capricho da natureza msm
Evaldo em 16 de julho de 2011 às 18:06:01»
Eu acredito q seja a natureza msm
avatar
Luna em 16 de julho de 2011 às 16:21:15»
Se foi feito pelo homem, é um truque velho. Darwin cansou de ficar entortando as coitadas das plantinhas usando a luz como estimulo. Tem um outro lá que ficava entortando as plantas tbm. Procurem sobre bloco de agar. Acho! Tô com preguiça de pesquisar, hj é sábado.
Por isso, pode ter sido provocado por botânicos malucos fazendo pesquisas sobre tropismo e fitormonios. Tbm pode ser uma desarranjo nos hormônios de crescimento da planta, até mesmo uma mutação. Alguém que vá lá e pesquise porque é bem interessante.

Ah, pode ser tbm a substância que o Politico Honesto citou aí, que nada mais seria que urina do Quasimodo.
avatar
Politico Honesto em 16 de julho de 2011 às 15:59:27»
Alguma substância do solo que é absorvida pelas árvores (mas que não é nociva a elas) existe em maior concentração naquela região. Consequentemente, por absorver uma quantidade dessa substância maior do que o necessário, há um grande acúmulo da mesma em determinadas partes de seu caule, resultando nisso que vemos.
R@f@el toh na bo@ em 16 de julho de 2011 às 15:04:50»
Deve dar medo de noite *-*
avatar
Gorski em 16 de julho de 2011 às 15:03:36»
Pra mim, é coisa da natureza... já vi tanta coisa estranha em documentarios e fotos, q isso aí chega a ser normal, perto de outras coisas...