Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
Politico Honesto em 02 de janeiro de 2012 às 14:06:42»
Todos morrem, um dia.
Giselle em 07 de setembro de 2011 às 13:53:07»
o q as DROGAS nao faz pessoas com 27 cara de 40tão kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Nara em 27 de julho de 2011 às 22:27:36»
Sinceramente, acho que ninguém deve ser exemplo para ninguém, cada um deve traçar seu próprio caminho.
patriciaplant em 27 de julho de 2011 às 21:46:54»
na primeira foto sobre o Les Harvey, tem uma foto do Gram Parsons, e na foto sobre o Dave Alexander, tem o Iggy Pop... troca lá!
avatar
olhosdejabuticaba em 27 de julho de 2011 às 18:23:08»
A Amy tava linda na primeira foto O.o

Teve uma época que eu tava viciada no segundo álbum dela, o que a tornou sucesso. Muito bom!

Mas eu comecei a cismar com ela quando comecei a ver o que ela andava fazendo com os fãs, nos shows, etc. Falta de respeito.

E como disseram, é muito 'engraçada' a tal hipocrisia. Até há pouco tempo todo mundo dizia que ela já tinha morrido, só esqueceram de enterrar...

Sinceramente? Não foi NENHUMA surpresa pra mim sad
avatar
Confortably Numb em 27 de julho de 2011 às 09:00:33»
Véio esqueceu do Robert Johnson... paizão do Blues!!!
sua morte é cercada de lendas.... esticou as canelas com 27 também
avatar
Michel Sanderson em 26 de julho de 2011 às 22:38:40»
Poise poderiam todos ter vivido mais e feito ainda muito mais sucesso...
Talita em 26 de julho de 2011 às 21:31:34»
Divina cantora , péssima artista!
avatar
Pitralon em 26 de julho de 2011 às 19:30:51»
É muito curioso o fato de estes grandes cantores e músicos, rotulados como dos maiores génios musicais do mundo, serem todos originários dos países anglos-saxónicos,
É coincidência certamente.
Certamente que a Amy Winehouse, se tivesse nascido na Índia ou na Rússia ou no Brasil, teria sido a estrela planetária que foi.
Certamente que todos os outros, se tivessem nascido e feito carreira musical num qualquer país não anglo-saxónico, teriam igualmente alcançado a fama planetária devido à sua intrínseca qualidade e à sua inquestionável genialidade.
Ou então é o imperialismo cultural que é mesmo eficaz..
avatar
Horus em 26 de julho de 2011 às 18:13:05»
TRAGICO !
Liv em 26 de julho de 2011 às 17:57:05»
Esse não é o Dave Alexander, é o Iggy Pop...
avatar
Luna em 26 de julho de 2011 às 17:40:42»
A Amy tb tinha J no nome de batismo. E ela se matou.

Amy nunca fedeu nem cheirou pra mim. Quer dizer, acho que cheirou. Nunca procurei saber quem ela era, a história dela, e só ouvi uma unica música, assim, por curiosidade. E constatei que ela tinha voz boa. Mas desconheço as letras que ela compôs. Simplesmente porque não é o tipo de coisa que gosto, e não tenho nada pra dizer dela como artista.

Ela devia respeito aos fãs verdadeiros. Aquele povo que se alucina só do artista falar 'testando' no microfone, que compra CD, que vai em shows, que cola aqueles trecos no guarda-roupa.

Sobre a vida pessoa, ela ter que ser um exemplo pra juventude cabeça oca, eu já não sei o que dizer. As pessoas não vão deixar de se drogar porque fulano morreu. E idiota é quem se droga porque fulano se droga. Nós temos uma porrada de artistas que usam maconha etc. A Amy extrapolou. Nem pelo que ela amava, que ela dizia amar, e batalhou, que é a musica, ela tentou. Vai se saber o que aconteceu, o que se passava naquela cabeça.

Engraçado de tudo isso, é que até pouco tempo, ela era piada certa, as imagens dela parecendo uma caveira, era riso pra todo mundo. Nunca tinha lido pessoas dizendo as excelências delas como artista. De repente ela se converteu numa espécie de cajado de Moisés ( era Moisés que tinha cajado? ), que separou o mundo entre antes e depois da existência dela na música. Na verdade, a grande verdade, é que ela começou a existir depois que morreu.

Mas a hipocrisia é geral. Até um tal ex dela, que dizem ter apresentado as drogas a Amy, veio dar um depoimento ridículo dizendo que a amava e tals.

Ah, deixa a moça descansar, lá juntinho de Bob Marley, seja lá onde for esse lá.
mario9813@hotmail.com em 26 de julho de 2011 às 17:02:47»
Creio q também haverá um número grande de músicos mortos aos 28, e também aos 29, 30, 31...
SS em 26 de julho de 2011 às 16:59:19»
Só um detalhe... Kurt morreu de overdose também, que nem alguns outros... o tiro na cabeça foi a cereja do bolo
avatar
Nessa em 26 de julho de 2011 às 16:56:45»
Luke, graça á Deus não, mas fazia balé...então to fora dessa rolleyes
avatar
LukeSchimmel em 26 de julho de 2011 às 16:53:00»
Trabalha com musica Nessa?
avatar
Nessa em 26 de julho de 2011 às 16:38:52»
xiiii...fiz 27 tem algums meses. cry
Sandro Glowacki em 26 de julho de 2011 às 16:37:53»
aqui tem uma lista de 44 músicos que morreram com 27 anos

http://www.jornalevolucao.c...
avatar
Moonwalker em 26 de julho de 2011 às 16:31:13»
Pior que tem um monte de bandas boas que acabaram assim...
Que bom que passei longe de ter essa idade*.


*Vide perfil emediguiano do Moonwalker
avatar
Tyr em 26 de julho de 2011 às 16:15:53»
A Amy deve ter sido enterrada numa caixa de sapatos de tão magra que estava...
avatar
Mary em 26 de julho de 2011 às 16:13:34»
neutral
Jr Junior em 26 de julho de 2011 às 16:13:16»
Muito triste, talentosos que se foram tao cedo.
avatar
LukeSchimmel em 26 de julho de 2011 às 16:10:45»
Acho que é comum morrer antes dos 30 confused
TIrando o Ozzy.... sei lá.... aquilo não morre O.o
avatar
LukeSchimmel em 26 de julho de 2011 às 16:10:02»
Politico, é musica :s
The Rev morreu aos 28 ;s
Nota: Sorry, troquei as palavras, tinha escrito "rock" :s
avatar
Politico Honesto em 26 de julho de 2011 às 16:02:34»
Ainda falta muito pro Justin Biba completar 27 anos, não é? rolleyes
avatar
Politico Honesto em 26 de julho de 2011 às 16:01:55»
sha