Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Sinsi em 28 de setembro de 2011 às 22:12:16»
Não pensaria duas vezes antes de usar...a não ser se por acaso eu ficasse sabendo q é feito também de papel higiênico usado razz , mas só vendo essas fotos eu realmente não me importaria...
avatar
Tyr em 25 de agosto de 2011 às 08:40:42»
Luiz Felipe
Depois que o papel é desmanchado em solução liquida, na prática vira uma pasta de celulose, estado quase original da matéria prima. Volta a 'estaca zero'. Não faz muita diferença se fosse novo ou velho. Agora quanto ao descarte, se quem fabrica aproveita a sobra tem um ótimo adubo.
avatar
Luiz Felipe em 25 de agosto de 2011 às 00:54:15»
Que nojento, eles jogam o dejeto no rio, depois devem tomar a agua sem usar estação de tratamento. E ainda limpam a bunda com papel reciclado de papelão que ficou na rua.
avatar
Celio C N em 24 de agosto de 2011 às 20:31:47»
vomit
vomit
vomit
vomit
avatar
Celio C N em 24 de agosto de 2011 às 20:30:58»
Ok, sol...Funciona!
Obrigado.
vomit
avatar
Celio C N em 24 de agosto de 2011 às 20:30:07»
vomit
Francisco de Sousa em 24 de agosto de 2011 às 20:12:17»
O problema não está no papel, usaria sem qualquer dúvida, agora a poluição que o fabrico desse produto causa, isso é que é grave, muito grave...
Os chineses têm de adoptar medidas urgentes para preservar o meio ambiente, a este ritmo, dentro em breve não terão água potável em lado nenhum, isso é que se lamenta.
avatar
Tyr em 24 de agosto de 2011 às 20:03:59»
vomit
Que legal! Funciona!
avatar
Luna em 24 de agosto de 2011 às 18:07:04»
Poxa Admin, fiquei com dó da tua bunda, tão jovem e tão sofrida. Se vc usava sabugo, imagina nossos ancestrais - eles limpavam com o que, uma...pedra lascada. E como eles andavam nús, imagina o mau cheiro dentro da caverna. Mas é interessante notar que esse sofrimento das nádegas humanas, durante toda a historia, só a fortaleceu. É por isso que a gente pode tratar o fiofó como se ele nem fosse parte do corpo, e se limpar com papel de pão, papelão, revista, jornal, um coelho, folha de boldo, lixa de parede, sabugo etc, que nosso fiofó nem sequer reage alergicamente.

A reciclagem, ela deve ser uma solução para o material reaproveitável que se tornaria um problema de maio ambiente.

A reciclagem de papel não é 100% ecológica, visto que há necessidade de usar produtos químicos, energia elétrica, queima de combustível... no processo. Pelo que vi das 3 ultimas imagens, esses resíduos da reciclagem sendo lançados à céu aberto, me parece que eles tão se lixando pra meio ambiente. O cara tá sendo esperto, arrumou um jeito de ganhar dinheiro sem ter que pagar pela matéria prima. Mesmo não sendo uma atitude, como os ambientalistas dizem - verde - sustentável, a gente tem que considerar as árvores que estão sendo poupadas, cerca de uma a cada 50 quilos de papel que esse infeliz recicla, mesmo com esse desequilíbrio.

Enfim, a visão é sempre o lucro, a natureza só ganha, se é que ganha, 'de quebra'.
avatar
Jacky em 24 de agosto de 2011 às 17:29:55»
ainda é daqueles brancos, tem piores por ai
rsrsrsrsrsrsrsrsrrsrsrsrsrsr'
avatar
m4GnUm em 24 de agosto de 2011 às 13:33:17»
é o mesmo que disse Alborghetti: se cabelo fosse importante não nascia na bund@!....bem, num tem nada a ver, mas já que tão falando em papel higiênico!! razz
avatar
Confortably Numb em 24 de agosto de 2011 às 12:59:57»
Que sabugo que nada... folha de mamoneira é a melhor... kkkkkk suave suave!!
eeeh tempo bão das minas gerais viu rolleyes razz
avatar
Celio C N em 24 de agosto de 2011 às 12:23:36»
Aqui em casa eu compro aquele caríssimo com duas folhas e outras frescuras apenas para usar no carro. Aí ele serve para muitas coisas, como assoar o nariz, limpar as mãos etc, etc, etc...
mrgreen mrgreen mrgreen
avatar
Celio C N em 24 de agosto de 2011 às 12:21:27»
Parabéns Tyr, você foi o único a se preocupar com os dejetos.
Sol, o porco não come o sabugo, ok? Certamente ela estava de gozação. Mas quanto a arder, eu não sei porque nunca usei. E você, já usou?
Como você faz o vômito?
mrgreen
Jr Junior em 24 de agosto de 2011 às 12:01:46»
Interessante !!
Renato Brito em 24 de agosto de 2011 às 11:19:11»
Como diz a canção "Quem tem... Tem medo"
avatar
Evandro Eloy em 24 de agosto de 2011 às 10:23:40»
Bem, vejo muitos aqui dizerem que "não usariam", quero ver com o * sujo e só aquele ali, branquinho...te esperando.

AH TÁH!
Roni em 24 de agosto de 2011 às 09:31:28»
Realmente as condições de higiene da fábrica são questionáveis, mas o mais agressivo está nas últimas fotos. Despejo de resíduos de celulose diretamente nos rios. A sujeira que o papel limpa nem se compara com a que ele gera.
avatar
corvino em 24 de agosto de 2011 às 08:57:10»
O problema não está no produto e sim nas condições de trabalho, alguém aí notou o china cortanto o papel sem proteção, e no descarte, como já falou o Tyr. De resto, vai pra me... mesmo.
avatar
Michel Sanderson em 23 de agosto de 2011 às 22:32:50»
Bom pelo menos ficou branquinho né...
avatar
Gorski em 23 de agosto de 2011 às 22:07:05»
eu usaria um desse suave...
avatar
Tyr em 23 de agosto de 2011 às 22:02:48»
É só pra dar uma cagadinha mesmo! mrgreen
avatar
Tyr em 23 de agosto de 2011 às 21:48:44»
O que temos aqui? Uma técnica em utensílios íntimos????
Pelo que notei a unica coisa que ficou mal resolvida foi o descarte dos dejetos de produção.
A 'baba' como chamam os produtores pode ser muito útil em plantações. Tem sulfato(s) que enriquecem a terra
avatar
Marya em 23 de agosto de 2011 às 21:39:42»
Concordo com o admin também, pra que tanta frescura, é só pra limpar a bund@!
avatar
Gabriel Tavares em 23 de agosto de 2011 às 21:06:13»
Como o Admin disse, é pra limpar a bund@! Quando acaba aqui em casa (es esqueço de comprar) vai um trapo ou qualquer outra coisa "limpável"
avatar
Lucy em 23 de agosto de 2011 às 20:20:05»
Credo sol, sua avó dava o sabugo usado pro porco, mas era o mesmo porco que ela matava no natal kkkk
avatar
LukeSchimmel em 23 de agosto de 2011 às 19:49:15»
No, no usaria... nem sei o que tem nesse papel, prefiro não arriscar...
Acho melhor um papel fresco que um papel com substancias esquisita que possam deixar as coisas constrangedora eek