Faça o seu comentário

:









Comentários

marcio mato grosso em 03 de outubro de 2011 às 09:45:18»
Boa idéia....
avatar
Pack em 03 de outubro de 2011 às 09:18:01»
Eu acho uma boa.
Nenhum casamento deve perdurar apenas pelo fato de ter sido consumado.
Deve haver amor e companheirismo acima de tudo.
Acho que tornando a união mais simples de ser desfeita, as pessoas valorizariam e respeitariam mais seu cônjuge e seriam mais felizes.
Não estou generalizando, mas tem muitos casais que mudam atitudes pelo comodismo do casamento.
Existirá uma fase de adaptação, mas acredito que trata-se de uma mudança para melhor.
O casamento é uma consequência da união e não o contrário.
avatar
Lucy em 02 de outubro de 2011 às 22:03:48»
contrato de dois anos, é claro que isso não vai dar certo a pessoa ja vai casar pensando no tal contrato palhaçada isso, fico pensado o que vem depois? fool
Jr Junior em 02 de outubro de 2011 às 15:39:36»
Quanto comentário gigante, a galera ta mandando bem.
Eu acho o maior barato !! Acho q assim muitos q tem medo do casamento e enrolam as moças por anos vao optar por esta solução, acho q vai ajudar bastante.
Sobre as crianças concordo com os que ja disseram q se elas forem sofrer vao de qualquer forma independente da maneira como houve a separação, se com dois anos ou 15.
avatar
DanielWaos em 02 de outubro de 2011 às 12:22:34»
Eu vejo a coisa de duas maneiras distintas, em primeiro lugar concordo em gênero número e grau, com a Lee e com o Marido dela, eu também moro junto, e acho isso tão bom quanto qualquer casamento, na verdade até melhor, gosto de pensar que estou junto apenas porque gosto e porque é bom para os dois, não preciso nenhum contrato para isso, para mim casamento é apenas uma festa como um carnaval, ou festas semelhantes, o que é certo ou errado, quem decide sou eu e minha mulher, se todas as pessoas fossem concientes, não precisava de nenhum anel, pastor, igreja para abençoar nada, simplesmente o gostar e respeitar o outro é básico nescessário. Agora como nem todas as pessoas tem um amadurecimento para isso, e acham que casando se tornam "donos" de outra pessoa, é bom sim para estes ultimos esse casamento de dois anos e as condições referentes aos filhos. Na verdade bom não é, seria menos ruim, que um casamento para vida toda, até porque para vida toda é bem difícil de qualquer forma. Na verdade eu não curto casamentos, aniversários, ou comemorações "EM DATA MARCADA" de qualquer tipo, acho que dia de estar contente e festejar é todo dia, ou se faz isso quando bem quer, ou não se faz, agora estar festejando (porque é uma obrigação do dia) não acho nada interessante, e na verdade se for para comemorar com minha mulher a data em que nos conhecemos ou que começamos a morar junto, então eu comemoro todos os dias, porque ela é tão especial para mim que todo dia ao lado dela é um grande dia, assim como todo dia que vivo eu "tento" fazer um bom dia, um grande dia e não apenas quando é natal...quando é aniversário, aliás aniversário é só uma data qualquer como qualquer outro dia, Todos os dias é um dia a mais de existência, no fundo todos os momentos são... só finalizando e antes dos críticos de plantão começarem a disparar, isso é minha opinião pessoal, e tenho direito de ter, cada um tem a sua. razz sha
avatar
clovis em 01 de outubro de 2011 às 11:59:05»
Por causa da desonestidade existe "contratos" ,que garante que ambas as partes cumpram suas obrigações , o contrato de casamento cria a ilusão que tudo ta garantido : Ele não vai embora(ta casado),ela não vai me trair (ta casada comigo!), contrato de casamento e´um documento igual a todos , como carteira de motorista ( renovável ) independente do casal ter contrato (renovavel ou não) nada cria mais laços que a honestidade, companheirismo, respeito e carinho mutuo!
Contrato nenhum (temporário ou fixo) garante isso.
Ramon em 01 de outubro de 2011 às 10:25:39»
Bela idéia pelo menos assim evita aquela hipocrisia de juramento durante a cerimônia de casamento, quanto aos filhos cabe aos pais prepará-los piscologicamente no caso de uma eventual separação, assim sendo, projeto nota 10!
avatar
Nato em 01 de outubro de 2011 às 10:00:16»
Acho palhaçada essa coisa de contrato renovável. Esse período de experiência já existe a séculos e se chama namoro e noivado. O problema é que o povo anda pulando etapas ultimamente. E se não querem casar ainda é só morar junto.

Essa história de cada vez mais querer assemelhar relacionamentos com contratos é que está destruindo o sentimento das pessoas que não buscam mais amor em uma união mas sim visam onde conseguir melhores vantagens.
avatar
Lee em 01 de outubro de 2011 às 09:34:51»
obs : Nem vem me xingar e nem vem dizer que estou errada, é minha apenas minha opinião, se não gostou, pelo menos respeite, não tenho que provar nada ha ninguém, errado é o cara casar e trair a mulher, ou vice versa, desrespeitar, maltratar, humilhar .... existindo respeito e amor entre os dois nada mais importa, não é um papelzinho que vai mudar a vida da pessoa ...
avatar
Lee em 01 de outubro de 2011 às 09:24:57»
hummm se isso ai é um contrato renovável, depois de dois anos um dos dois resolver não assinar, pode entrar com uma liminar p obrigar o outro a ficar mais um pouquinhu ? biggrin

ai que bosta, por isso eu não casei, e não sinto vergonha, sou mto feliz e isso é o que realmente importa wink
avatar
Lee em 01 de outubro de 2011 às 09:19:32»
Um amigo nosso, tem 24 anos, tem um filho de 4, virou evangélico, o pastor o aconselhou a se casar, disse que " pega mal " morar junto sem a "benção", ontem mesmo, ele chegou em meu marido p dizer que vai se casar e falou assim : eu quero fazer tudo certo !!!
Meu marido ja ficou bravo, ele sabe que só moramos juntos e respondeu : Quer dizer que eu faço tudo errado ? Então se um cara faz tudo nos conformes, pede a benção p pastor, assina um papel no cartório, e depois bate na mulher ele não está errado, pois se casou, agora, se um casal que se ama e se respeita decide morar junto, o cara num vale nada pois desrespeitou sua mulher segundo a lei da sua igreja .
Quando voltamos p casa meu marido ainda tava chiando, " se ele quer fazer tudo certo, vou mandar ele enfiar o filho dele na buce** da muie de novo e só retira-lo depois de casado"
avatar
Lee em 01 de outubro de 2011 às 09:09:17»
Apesar de ter sido criada como católica, sou contra o casamento, pra que se casar ? Pra mostrar pras pessoas que vc tem " honra " ?
Casamento p mim é comunhão, viver junto um de bem com o outro, se respeitando, se amando, se ajudando. Ha dois anos, moro junto com o meu marido, um homem sem igual, companheiro, meu melhor amigo, nos damos super bem e não precisei assinar contrato nenhum p isso acontecer
avatar
Politico Honesto em 30 de setembro de 2011 às 22:22:01»
Casamento é só um contrato. Quem quer, vive junto. Quem não quer, se separa.
avatar
Tyr em 30 de setembro de 2011 às 21:42:37»
Só um adendo. A frase citada pelo lord Pitralon merece ressalva.
No mundo "Até que a morte os separe"
Na América do Norte: "Até que encontre algum advogado"
Na América Central na colonização: "Até que trombe com o primeiro índio"
E por ai vai...
Sucessivamente...
avatar
Pitralon em 30 de setembro de 2011 às 20:58:57»
Concordo plenamente.
A tradição que originou o "até que a morte os separe" iniciou-se num tempo em que a esperança de vida era metade da que hoje temos.
Morrer aos 40 anos há uns séculos atrás era normal. Hoje a esperança de vida nos países desenvolvidos é de mais de 70 anos. Que sentido faz ficar preso numa relação durante tantas décadas só para cumprir uma tradição anacrónica?
avatar
Luiz Felipe em 30 de setembro de 2011 às 19:32:24»
O mundo é dinamico, nada é estatico, porque algo tem que durar "para sempre".
Assim é mais eficiente, vai economizar muito tempo com divorcio, só não renovar. Muito melhor para a economia.
Quanto as crianças, para elas, é mais faceis de aceitar, pois não se importam muito com "tradições", o que voce falar tá bom.
Prende menos esse negocio da criança ser "propriedade" dos pais. Ficaria mais ou menos como nas sociedades indigenas. A criança é da sociedade, e todos cuidam dela.
avatar
Luna em 30 de setembro de 2011 às 18:08:54»
Se o casal esta com dificuldades, eles devem tentar ajeitar as coisas, quantas vezes for preciso, antes da separação. Mas, quem quiser casar da forma tradicional, que case. Isso não garante absolutamente nada. Nem que vai durar, nem que vc será feliz, nem que não vai haver traição, nem que os filhos serão felizes.

A questão é psicológica, pra uns. Tem gente que tem mente arcaica, detesta mudanças. E tem tbm o bedelho da igreja, e dos falsos moralistas.

Acho que o casal faz o que achar melhor. Dane-se a sociedade. São eles que se comem. Que sentem o bafo um do outro pela manhã. Que dividem banheiro, contas, problemas. Suportam manias e hábitos um do outros, suportam aquela parentada dos infernos, que vc ganha de brinde quando casa.

Agora os padrecos terão que mudar o velho discurso furado do até que a morte os separe, até que vcs estejam murchos, até que ele não dê mais no coro, até que um meteoro caia, pro toda eternidade, que seja eterno enquanto duro, pelo resto da vida e blá, blá...

A unica coisa importante, é manter a proteção, a integridade e o respeito com a criança no meio da relação. Os pais tem suas obrigações com os filhos, mas ninguém tem que manter-se casado por causa de filhos não. Os filhos crescem, e quando tiverem com uma certa idade, vão achar os pais um pé no saco, e vão arrumar seus rabos de saia, e pouco vão se lixar pra opinião ou consentimento dos pais.
avatar
Tyr em 30 de setembro de 2011 às 17:02:29»
Quanto á angustia das crianças.
Vai acontecer de qualquer jeito.
avatar
Tyr em 30 de setembro de 2011 às 17:00:07»
E eu acho que é o mais razoável mesmo.
Quando a gente entra numa dessas, torce para tudo dar certo, mas nem sempre sai como a gente quer. E se tem essa possibilidade, senta, conversa e decide o que é melhor para ambos. Sem traumas ou ressentimentos.
Uma boa medida.
Fernando Figueiredo em 30 de setembro de 2011 às 16:55:25»
Quero ir viver para o México...
avatar
Confortably Numb em 30 de setembro de 2011 às 16:29:36»
Adorei... agora eu caso!!! razz
avatar
LukeSchimmel em 30 de setembro de 2011 às 16:25:25»
fool
avatar
Confortably Numb em 30 de setembro de 2011 às 16:23:58»
sha
Fecha a conta e passa régua!!!

Curta o MDig no Facebook