Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
msp1500 em 30 de março de 2013 às 20:05:42»
Até que enfim.
Faz pelo menos décadas que isso já deveria ter sido decidido.
avatar
Luiz Felipe em 02 de novembro de 2011 às 11:04:49»
Ok, isso é so o reconhecimento pela Unesco. Os EUA e Israel vão fazer beicinho, mas não muda nada porque duvido que eles vão reconhecer. Pois os estados são soberados. Um estado independente pode escolher não reconhecer, mesmo que outra organização reconheça.
Exemplo: O meu estado não reconhece ainda, mas ninguem reconhece o meu estado como valido mesmo, e o meu estado não reconhece o vaticano como valido. Então não muda nada, exceto o fato do meu estado não ter ogivas e tanques de guerra, logo a voz dele não vale nada.
Quanto a Onu, ela não tem poder politico algum, fazer parte dela não muda em nada.
Os governos não são os donos do mundo, nem o EUA, nem Israel.
Quer saber quem são os verdadeiros dos do mundo. procure por "The network of global corporate control". As multinacionais são dona do mundo, e os governos são seus servos, e a população é o que sempre foi, escrava.
De qualquer forma a paz só sera alcançada com o fim do conflito, ou seja, quando Israel ganhar de vez. Acho até melhor, porque pelo menos temos fabricas de processadores, ao inves de ter um povo pobre morando em ruinas em uma religião antiga.
avatar
Pitralon em 01 de novembro de 2011 às 23:13:49»
Decisão positiva, mas tardia.
Foram derrotadas a arrogância e a prepotência e ganharam a Cultura, a Educação e a Ciência que são, afinal, as únicas que justificam a existência da Unesco.
cdr em 01 de novembro de 2011 às 17:10:30»
Um salve aos palestinos e um HÚÚÚÚÚÚÚHHH à Isarael e EUA!
avatar
Naht em 01 de novembro de 2011 às 15:06:34»
Finalmente, antes tarde do que nunca. O reconhecimento da Palestina como Estado é apenas o primeiro passo, mas há muita coisa ainda a ser conquistada. ....
Ah, e quanto aos EUA ... que dó, que dó, que dó!!! twisted
Jr Junior em 01 de novembro de 2011 às 14:36:30»
Complicado ! Nao vou dar minha opinião pra nao gerar discursões.
avatar
Tyr em 01 de novembro de 2011 às 14:16:01»
Moon, odeio quando vc faz essa citação... (¬L¬) MAAAAAS, essa é minha opinião! lol
avatar
Moonwalker em 01 de novembro de 2011 às 14:12:13»
Enquanto os países hipócritas ficam brincando de alunos de pré-escola birrentos nessas infindáveis reuniões sem resultado da ONU, acabam esquecendo que o real objetivo dessa organização é garantir o direito de todos.
É complicado agradar todos os lados, mas acho que esse pessoal precisa aprender de uma vez que não é dono do mundo. Ou, ainda que seja, precisa respeitar o direito dos inquilinos também.
Mas enfim, não apoio ninguém. É só uma opinião, e vocês sabem que opinião é igual braço, não é mesmo?
[b] em 01 de novembro de 2011 às 14:06:23»
PARABÉNS PALESTINA!
avatar
Tyr em 01 de novembro de 2011 às 14:05:23»
Sim Felagra, disse com acerto na ultima parte. Só que não havia absolutamente nada que ajudasse positivamente o povo palestino nesse processo. Essa medida da UNESCO já é um primeiro passo, não foi com o pé que Israel queria, mas já serve.
Felagra em 01 de novembro de 2011 às 13:57:41»
A Palestina não é um Estado, mas sim várias tribos com características em comum no mesmo território. Os tribunais regionais imperam sobre qualquer decisão governamental.
Gostando ou não Israel continua sendo símbolo de organização social no Oriente Médio. Seus ataques "terrotistas" são em favor de seu próprio povo, ameçado constantemente por mulçumanos radicais/ignorantes (incluindo muitos civis).
A Palestina só terá sua emancipação quando reconhecer o Estado de Israel de forma igual.
avatar
Tyr em 01 de novembro de 2011 às 13:53:32»
"momento histórico que devolve verdadeiros direitos ao povo palestino".

E vai criar dificuldades para Israel no quesito "farra do boi" que promoviam em Gaza.
Não agradou a americanos nem a israelenses? Ótimo. Fica o recado: "Não somos tão manipuláveis assim"

Já me dou por satisfeito.
avatar
Politico Honesto em 01 de novembro de 2011 às 13:50:36»
Já estava na hora.