Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
Luiz Felipe em 18 de março de 2012 às 00:32:14»
Eu preferiria que a semana tivesse 8 dias e 3 de descanso.
O calendario gregoriano é inutel mesmo. e o que importa para quem vive da agricultura usar o calendario para saber quando vai plantar. conta usando o proprio ciclo, daqui a 52 dias eu replanto, por ex.
Alias, o calendario nosso é inutel para o comercio e para a agricultura, pois é um calendario religioso.
Droga de calendario, apoio reforma de calendario já!
avatar
Nato em 15 de março de 2012 às 13:43:44»
Ao invés de aumentar o período de férias eu acho que seria mais proveitoso reduzir o horário de trabalho. Como o Moon falou aí além do horário de serviço as pessoas gastam muito tempo no deslocamento de casa para o trabalho...
Mariel em 15 de março de 2012 às 12:29:51»
Pitralon, teu comentário disse tudo. Não tomar partido para mim, é para covardes ou aproveitadores.
avatar
Raxyz em 15 de março de 2012 às 10:57:45»
No Brasil. Há. Essa foi boa.
O povo nem sequer trabalha aqui...
avatar
Moonwalker em 15 de março de 2012 às 09:18:21»
É, Evandro... também sou funcionário público, e afirmo que o serviço público está mudando. Só uma pequena parcela de velhos figurões é que faz aquele perfil de vadiagem que o povo tanto fala.
avatar
Leo Sllyver em 15 de março de 2012 às 08:02:00»
Porque esse tipo de coisa não acontece por aqui? cry
avatar
Politico Honesto em 15 de março de 2012 às 05:09:56»
Você ainda pergunta, Admin?
avatar
phil em 15 de março de 2012 às 00:16:27»
Numa guerra não existem lados corretos. Quem se nega a guerra, e como bem disse o caro amigo Pitralon, se mantem "neutro", nada mais faz do que escolher o lado certo.
avatar
Pitralon em 14 de março de 2012 às 21:36:17»
A razão deste resultado parece-me óbvia e nada surpreendente tendo em conta o país que é.
As férias são apetecíveis para os trabalhadores mas não para os patrões. Muitos suiços são patrões ou empresários em nome individual. 22% da população do país são imigrantes que, obviamente, não votaram nesta consulta. Estão lá para trabalhar. Se eles pudessem votar optariam por mais regalias e o resultado desta consulta seria bem diferente.
Sem qualquer preconceito em relação ao povo, acho a Suiça um país sinistro. Um país que é absolutamente neutro num mundo com tantos contrastes parece uma idéia bonita. Mas como pode alguém ou um Estado ficar neutro perante tantas atrocidades e tamanhas injustiças que se vão cometendo um pouco por todo o lado? Como pode a Suiça ficar equidistante das duas partes de um conflito em que uma dessas partes é, sem qualquer dúvida, agressora e destruidora?
Se a Suiça se limitasse a contemplar as guerras e os conflitos entre povos e Estados sem interferir nem tomar partido, já seria grave. Que seja depósito do dinheiro sujo de tiranos e do dinheiro roubado aos povos agredidos nesses conflitos, usufruindo de lucros por conta da desgraça alheia é, para mim, a razão porque acho que o país é infame.
As suas belezas naturais não deveriam fazer esquecer isso.
Afinal, se ser neutro fosse uma coisa boa, muitos mais países o seriam.
avatar
LukeSchimmel em 14 de março de 2012 às 20:41:07»
Eles ganham bem mais que brasileiros... no Brasil o povo fica cansado de ganhar pouco.
avatar
gothana em 14 de março de 2012 às 20:02:27»
Também concordo com Moon. Aqui ninguem oferece isso só os políticos tem essa regalia. ma
avatar
Dominique em 14 de março de 2012 às 18:55:50»
Eu já não costumo tirar 30 dias de férias pois acho cansativo rs.
avatar
Evandro Eloy em 14 de março de 2012 às 18:23:46»
Também faço minhas as palavras do Moon, sou servidor público, e ao contrário do que muitos pensam, (pelo menos na secretaria que estou), festividades para o usuário são feitas em dias de feriado ou finais de semana, sendo que os funcionários públicos municipais trabalham além de seu tempo regular.
avatar
Moonwalker em 14 de março de 2012 às 18:03:35»
Eu votaria a favor de férias maiores, sim.
Trabalhamos oito horas por dia (em média), mas a maioria de nós também leva entre uma e duas horas para chegar ao trabalho e voltar pra casa, fora uma hora de almoço que geralmente não dá para passar com a família.
Ou seja, vivemos em prol do trabalho no mínimo doze horas por dia. É muito tempo para ganhar o que ganhamos de salário no Brasil*.

*Votem em mim
avatar
Paulo Pereiros em 14 de março de 2012 às 17:27:07»
Em Portugal 100%!