Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Edgar Rocha em 03 de setembro de 2012 às 01:07:18»
Se não fossem conceitos como retórica e sofisma, colega Luke, não haveria como me indicar este possível lapso.
avatar
LukeSchimmel em 02 de setembro de 2012 às 09:12:24»
Só um vi uma verdinha... nota de 100? confused
Edgar Rocha, a Grécia não é o berço da filosofia, é o berço dos filósofos clássicos. A filosofia nasceu com o homem que começou a pensar sobre si mesmo.
avatar
Luiz Felipe em 01 de setembro de 2012 às 00:29:04»
Quem quebra a economia sempre é o sangue-suga do governo. Somente aumentam os impostos até a economia quebrar, tendencia irreversivel.

"Dinheiro é bom para queimar na lareira quando está frio."
Jorge Luis em 31 de agosto de 2012 às 20:05:24»
Me lembrou a Alemanha dos anos 30 pós primeira grande guerra. Afundada em dividas, vendo o povo passar fome, sem recursos no governo para sanar as dividas publicas e a inflação era galopante.
Contam que o dinheiro tinha tão pouco valor que as pessoas roubavam os carrinhos que transportavam o dinheiro (carrinhos de feira, baldes, coisas assim) e deixavam o dinheiro.
Aconteceu uma vez, esta acontecendo de novo.
A Grécia ha de se livrar disso e voltar a ser um lugar tranquilo.
Edgar Rocha em 31 de agosto de 2012 às 15:33:31»
Se o berço da filosofia chegou a este ponto, que diremos dos outros países, europeus ou não, quando o assunto é crise. Talvez o terceiromundismo grego tenha como efeito colateral a mesma mazela que temos aqui: a falta de educação. Se quiserem dar algum exemplo com alguma justificativa ideológica mais coerente, deveriam conhecer Epicuro. Aliás, todo anarquista que se preze deveria conhecê-lo. Entenderiam o verdadeiro sentido da negação de protocolos e de auto-suficiência. Quem sabe assim, ao menos os gregos, fariam jus a sua própria memória.
avatar
Politico Honesto em 31 de agosto de 2012 às 12:07:40»
"Quando a fome aperta, a vergonha afrouxa." (Seu Madruga)
Hugo Henrique em 31 de agosto de 2012 às 11:31:42»
eles nem são anarquistas e nem estão praticando expropriação.

o verdadeiro anarquista, não tira o sustento de uma familia para se sustentar, o verdadeiro anarquista eh autosuficiente, ou ele produz, ou ele planta ou ele troca mercadorias por alimentos.

o verdadeiro anarquista não se sujeita a precisar ou necessitar de alimentos de propriedade alheia para o seu sustento. e muito menos faria questão de utilizar alimentos e produtos fabricados pela industria.
avatar
Marya em 31 de agosto de 2012 às 11:26:40»
Seus caras pálidas !