Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Elaine em 27 de setembro de 2012 às 10:47:13»
Que mentira!!! Só quem goza mesmo sabe que é meio impossível sem estimulação clitoriana...Vc pode ficar muito excitada, mas gozar não..Ou então elas pensam q o que elas estão sentido é orgasmo..
avatar
Marron em 20 de setembro de 2012 às 13:40:12»
excitante...
avatar
Sentinela em 20 de setembro de 2012 às 13:32:25»
A sugestão das mulheres de 60 anos foi para mim, Maria? Tipo, para EU ir atrás de fazer esses vídeos? eek
lol Brincadeirinha, eu entendi seu comentário.

"Garota inteligente" massageia meu ego. wink
Hugo Heggedorn em 20 de setembro de 2012 às 11:26:25»
Também estou fugindo aqui. Côdilôco!
avatar
PREDADOR em 19 de setembro de 2012 às 22:56:26»
Roooaaarrrr....
Que maravilha ver o orgasmo feminino... A primeira, muito gatinha, foi fantástica.. as outras duas foram maravilhosas... Delícia de experimento...
Adoro ver os olhinhos se revirando... pra mim é o máximo...
avatar
Politico Honesto em 19 de setembro de 2012 às 22:42:07»
Interessante.
avatar
Marya em 19 de setembro de 2012 às 20:58:17»
Ta bom Edgar, ta tudo certo
Edgar Rocha em 19 de setembro de 2012 às 20:21:53»
Claro que não, Maria! Só quis dizer que não gosto muito de observar senhoras, tendeu? Foi piada, brincadeira, a nível de risada ou de sem-gracisse, mesmo. Podem gozar a vontade os senhores e principalmente as senhoras. (o "a nível de " é uma delícia de falar, né? Nada a ver...)
avatar
Marya em 19 de setembro de 2012 às 19:41:22»
Edgar Rocha, quer dizer que vc acha que as mulheres acima de 60 não devem ser felizes? Acha que elas já morreram e esqueceram de enterrar?
E o que me diz do viagra então? Não foi feito para os homens acima dos 60? Para que sejam felizes?
Edgar Rocha em 19 de setembro de 2012 às 18:35:01»
Maria,
Não vamos nos desviar da objetividade do trabalho científico! Faze-se premente para a análise empírica do resultado que as indivíduas do sexo feminino sejam jovens a nível de idade. O objetivo deste experimento é graduar o quanto urge o desejo pelo intercurso sexual (conhecido como coito fodístico) e a relação deste com as imagens produzidas no sistema nervoso autônomo, concomitante com o estímulo das áreas nervosas do aparelho reprodutivo destinadas ao prazer (vulgo grelinho). Tal experimento nada envolve o mensuramento das taxas de testosterona do expectador, já que é sabido que diante da imagem gerada por um orgasmo sexagenário e muchibento, este baixa aos níveis da castração, causando subsequentemente, o encolhimento do apêndice reprodutivo masculino aos padrões asiáticos mais tradicionais.
avatar
Confortably Numb em 19 de setembro de 2012 às 16:31:35»
tsc tsc tsc ... Sentinela, sem oxigênio no organismo por algum tempo nossos pulmões se inflam involuntariamente, mas isso pra manter nossas funções vitais..... acho que o contexto da pesquisa é um pouco diferente... hehe rolleyes

Mas a idéia da Maria é boa!!! lol
avatar
Marya em 19 de setembro de 2012 às 16:03:17»
Sentinela, ( garota inteligente)

Gostei dos seus palpites, muito interessantes.
Aproveitando, gostaria de sugerir o seguinte... errr... queria ver fazer esses vídeos com mulheres de seus 60 anos, gordas e grisalhas.

twisted
avatar
Sentinela em 19 de setembro de 2012 às 15:34:12»
Tudo isso que eu falei (escrevi) foi um palpite. Não assisti os vídeos, apenas li o post.
avatar
Sentinela em 19 de setembro de 2012 às 15:31:23»
Estranho. Mas não acho que seja exclusivamente no ramo sexual que isso aconteça. Apenas é mais rápido e fácil de se medir.
Imaginem que deixassem as voluntárias passando fome e lendo livros de receitas. De um momento para o seguinte elas iriam acabar desistindo da leitura, ou se esquecendo de algumas linhas. Mas até a fome "apertar" tanto, dias podem se passar.
Enquanto o estímulo sexual dá resultados muito mais instantâneos e fáceis de se perceber.
Claro que o interesse da mídia é maior quando há algum tipo de sexualidade envolvida. Não estou tirando o mérito deste trabalho, pelo contrário. Também achei curioso, e acho que mais e mais pessoas podem fazer pesquisas sérias nesse ramo (mesmo que não usem exatamente este método). Por exemplo, imagino que seria tão efetivo (ou quase tão efetivo) como essa experiência se colocassem as voluntárias para prender a respiração. Uma hora a pessoa solta o ar.

Com a vantagem adicional, no estudo acima, que não há perigo de morte por inanição ou sufocamento. fool
avatar
revolt4d4 em 19 de setembro de 2012 às 15:18:48»
Já mandei o primeiro vídeo para os links da semana.
avatar
Confortably Numb em 19 de setembro de 2012 às 14:55:24»
hummm... pensando no comentário do edgar rocha.... rolleyes

Admin... você não tem nenhum material "profissional" desta tal de Stoya pra disponibilizar pra gente??? só pra efeito de comparação, é claro lol
Edgar Rocha em 19 de setembro de 2012 às 13:48:44»
Que fera! As expressões verdadeiras de prazer são bem diferentes do senso comum, não? O descontrole é lindo e, ao mesmo tempo, assustador (pra quem o sofre, claro). A primeira moça é uma gata. Será que, sendo atriz pornô, sente sempre um orgasmo desses durante as cenas? É só comparar. Não a vi num filme, mas seria interessante. (rsrsrs) Creio que vai ficar bem clara a distância do clichê pornográfico, com o desarranjo lindo de sua expressão neste video.
roberto almirante em 19 de setembro de 2012 às 13:27:28»
assisti ao 1º pulando em várias partes, parece que ela está segurando um pum e uma risada. hahaha
avatar
O briam em 19 de setembro de 2012 às 13:20:31»
C acha?!? ¬¬

Homem bate um monte e nem por isso deixa a mulher de lado!
avatar
Confortably Numb em 19 de setembro de 2012 às 13:17:19»
Interessante....

Se a moda pegar... nós homens estamos com os dias contados... rolleyes
avatar
O briam em 19 de setembro de 2012 às 13:05:49»
fool

Vai um pinto ai?