Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
xandy46 em 18 de julho de 2013 às 14:28:35»
Dá uma olhada neste link Admin, o cara copia o texto do MDIG na cara dura e cita uma fonte nada a ver: http://www.vermelho.org.br/noticia.php?id_secao=2&id_noticia=214954
twisted twisted twisted
José Rodrigo em 02 de junho de 2013 às 18:37:12»
QUANDO A ULTIMA ARVORE TIVER CAIDO
QUANDO O ULTIMO RIO TIVER SECO
QUANDO O ULTIMO PEIXE FOR PESCADO
AI VC VAI ENTENDER QUE DINHEIRO NÃO SE COME
Marcos Gonçalves em 27 de maio de 2013 às 17:25:35»
A indústria da obsolescência sempre querendo cortar caras que tentam ajudar o planeta.
dattoli em 26 de maio de 2013 às 20:19:05»
http://super.abril.com.br/tecnologia/carro-movido-agua-446658.shtml
arroz_007 em 26 de maio de 2013 às 19:14:34»
Legal. Onde vende? Quero ser distribuidor. Fuck the police.
CLAUDIO em 25 de março de 2013 às 14:21:18»
o problema da eletricadade mundial se resolveria em um mes se assim os politicos e emprsarios quizessem um exemplo:.
um motor de fusca.1.3 na decada de 80 durava em media 100.000 km e hoje qualquer carro popular 1.0 chega a durar em media 200.000 km
mais isso naoq uer dizer que a absolecencia nao exita ou que ela exista . nuca pesquisei mais e so fazer uma conta simples calcule quanta energia se gasta para produzir um maquina des do processo de estraçao do metal plastico e borracha somea energia gasta pelso funcionarios que o produziram e voce vera que para fazer qualquer coisa com 1kg provavelmente se gaste umas 100.000 vezes seu peso em energia e agua fora a maod e obra resumindo o mundo ta se afundando para que uns poucos milhares de pessoas posso acumular mais riquesas em beneficio proprio em detrimento ao resto da humanidade . quando iremos acordar deste pesadelo? bilhoes de pesoas trabalhando numa maquina gigantesca deproduzir lixo . por que uma maquina que poderia durar 20 anos e so dura 5 e lixo desnecessario . MUNDO FAÇA UM MOVIMENTO MUNDIAL ACORDE POR QUE ESTAMSO EM UMA ESPECIE DE AMTRIX ACORDADOS E NAO PERCEBEMOS DISTO
elias em 26 de janeiro de 2013 às 10:27:34»
Bom dia, não há duvidas que muitas pessoas são capaz de matar para defender a injustiça nos seus miseros dias a serem vividos neste planeta sem futuro.
Mesmo assim entendo os ameasados, se você quiser, podemos dificultar a maldade deles vamos produzir no Brasil, assim eles teram que viajar bastante e matar mais gente enquanto colocamos o produto no mercado e eles vão pertendo força.
Rodolfo em 14 de outubro de 2012 às 23:38:47»
Parece hoax.
Rafaeldfghdfgh em 11 de outubro de 2012 às 16:47:55»
Mesma história do filme o homem do terno branco, ele desenvolve um fio de nylon que não desgasta e não suja. Aí os poderosos do meio textil tentam evitar que ele comercialize o produto.
lemuria em 09 de outubro de 2012 às 13:17:03»
Acho que é real sim, qual interesse que a industria captalista teria em uma lampada com essa durabilidade??Nenhum, pois perderiam muuuita grana, assim como ñ é interessante aperfeiçoar os carros, sempre me pergunto, com a tecnologia avançada pq carros ainda se movem somente a gasolina e tem tantas peças e mecanismos??
Clauton em 09 de outubro de 2012 às 06:13:39»
Está me parecendo épico, embalado por um golpe de marketing.
rs
Joaquim em 09 de outubro de 2012 às 01:18:53»
Complementando meu comentário anterior...

Vejam a conjunção de fatores que foi necessária para estabelecer no Brasil o pró-álcool. Exigiu da cadeia produtiva, da cadeia de distribuição, do fabricante de carros. É um passo à frente que ninguém daria sozinho, não fosse orquestrado pelo governo forte da época (sem elogios à ditadura aqui). Uma política de governo dessas no atual Estado brasileiro seria muito mais complicada. São muitos interesses dispersos e muita gente querendo ganhar algo em troca. Se não tivéssemos passado pelo período da ditadura, será que hoje teríamos tantos carros flex e um modelo baseado em bioenergia pronto para ser usado???

Vejam como é importante a regulação de um governo ágil com políticas públicas saudáveis para direcionar o desenvolvimento da sociedade.
Joaquim em 09 de outubro de 2012 às 01:12:44»
Existe um conceito de mercado em que você não paga pelo objeto, e sim pelo serviço. Você paga periodicamente pela lavagem de roupas, ou pelo transporte em automóvel, ou pelo aquecimento do microondas, e a empresa responsável fornece esse serviço, é como se o aparelho fosse alugado e você só paga pelo uso. Vantagens:

-Menos uso de recursos materiais em toda a cadeia produtiva.
-Menos custo com transporte e espaço para destinação de lixo.
-Melhor qualidade dos aparelhos, pois eles seriam feitos para durar, e a empresa não quer ter custos arcando manutenções frequentes.
-As inovações são realmente funcionais, com impacto em custo e eficiência, não meramente estéticas e comerciais. E esse sistema fomenta sim a inovação, pois é interesse de todos que os custos globais caiam.

Mas como sempre, a humanidade foi pelo lado mais simples (o que é algo inteligente, vamos reconhecer) e caímos nesse paradigma consumista. Falta em nós essa consciência global e governança global, capaz de tomar atitudes de quebra de paradigma em situações em que há uma grande barreira cultural ou econômica a ser superada, que exija grande esforço e investimento de todos para que as vantagens sejam compartilhadas por todos. É um dos pontos fracos da democracia: um governo autoritário nesse aspecto tem mais assertividade nas decisões e poder de mudança, para o bem ou para o mal. Pra quem lembra de química, é a tal de energia de ativação que nunca conseguimos superar. É a zona de conforto. É assim com o carro elétrico...
avatar
Politico Honesto em 08 de outubro de 2012 às 23:54:22»
Não somente eletrodomésticos e outros aparelhos, isso também acontece na indústria alimentícia: produtos como iogurtes, frios, condimentos e pães possuem um prazo de validade cada vez menor.
Edson_tsu em 08 de outubro de 2012 às 22:12:48»
Lembrei de um episódio do Todo Mundo Odeia o Chris, onde o Greg tinha inventado essa lâmpada ae kkkk
avatar
brancajedi em 08 de outubro de 2012 às 21:58:48»
A minha ma´quina de lavar é uma Enxuta que nem existe mais. Já tem 13 anos, e funciona que é uma beleza. O meu fogão tambem ja tem 10 anos, e tirando uma boca que eu quebrei, quando eu limpo, ele fica novinho. Funciona que é uma beleza. Já tenho uma parenta, que putz., nada dura. O fogão de 2 anos jogou fora que nem mendigo queria. Tem também o fator cuidado, claro que não se aplica as lâmpadas, mas limpeza e cuidado é fundamental.
avatar
revolt4d4 em 08 de outubro de 2012 às 21:17:56»
Exemplos de obsolescência programada, nossos asfaltos, celulares e eletrônicos.
avatar
Luiz Felipe em 08 de outubro de 2012 às 20:13:22»
O problema é a ganancia, se voce vender 1 lampada para 30% dos humanos, só nisso já dá 7011542158*0.3*30 já dá 63.103.879.422. 63 bilhoes de lucro, considerando 50% de lucro.
Ninguem precisa mais de obsolecencia programada para ficar bilhonario. Mais do que isso é ganancia pura.
avatar
Marya em 08 de outubro de 2012 às 19:16:42»
Lembrei daquela época em que queimavam pessoas 'diferentes' na fogueira...
Hoje em dia ameaçam de morte pessoas 'diferentes' ... rolleyes
avatar
Lucy em 08 de outubro de 2012 às 17:13:58»
eu estava lendo, lendo e mi deparei com a frase: apesar do medo não se amedrontou biggrin que frase engraxada lol
avatar
speed em 08 de outubro de 2012 às 15:59:02»
A filosofia mais conforme com nossos tempos é justamente a da obsolência programada e cada vez mais curta.
Todos os bens de consumo são nitidamente de pior qualidade, de forma que, se não pifam, eles enferrujam, emprerram, descascam ou simplesmente quebram. Olhem como são, por exemplo, os atuais fogões. Uma lata pintada com spray. Nada de esmalte a fogo, como eram os antigos.
Isso é um benefício da moderna engenharia, que consegue calcular com bastante precisão quanto um componente vai durar.
Viva a F-1, que não traz quase nada de útil para os carros de rua, exceto a capacidade de prever a durabilidade dos componentes e fabricá-los pra pifar com X anos.
Hugo Heggedorn em 08 de outubro de 2012 às 15:45:25»
Na verdade ele não inventou ele deu uma de latino e plagiou...quer dizer, fez uma homenagem á tal lâmpada do corpo de bombeiros.

Ah, e antes que perguntem, a lâmpada autorizou a homenagem, ela não queria ficar queimada...
avatar
Confortably Numb em 08 de outubro de 2012 às 15:42:49»
Eu tenho uma geladeira Frigidaire em casa... \o/

Pra gelar cerveja num tem igual!!! lol
avatar
Moonwalker em 08 de outubro de 2012 às 15:15:13»
(Deve ser parente do Tyr para estar pegando no meu pé... lol )
avatar
Moonwalker em 08 de outubro de 2012 às 15:02:37»
Quem não é visto não é lembrado... lol
Jorge Luis em 08 de outubro de 2012 às 15:00:14»
É, mas podia economizar no 'équio' dos comentários.
Tá com medo de ninguém ler o primeiro mas ver o segundo? lol
avatar
Moonwalker em 08 de outubro de 2012 às 14:56:12»
Veja bem... Se eu fosse dono de uma empresa de lâmpadas, eu ia comprar essa tecnologia. Se apenas eu tivesse lâmpadas de longa duração em comparação com a concorrência para vender, todo mundo ia querer comprar minhas lâmpadas, e como elas custam mais do que uma lâmpada comum, meu lucro continuaria alto.
Então me parece marketing. Sei lá, pelo menos para mim...
avatar
Moonwalker em 08 de outubro de 2012 às 14:55:58»
Veja bem... Se eu fosse dono de uma empresa de lâmpadas, eu ia comprar essa tecnologia. Se apenas eu tivesse lâmpadas de longa duração em comparação com a concorrência para vender, todo mundo ia querer comprar apenas as minhas lâmpadas, e como elas custam mais do que uma lâmpada comum, meu lucro continuaria alto.
Então me parece marketing. Sei lá, pelo menos para mim...
Jorge Luis em 08 de outubro de 2012 às 14:47:55»
Acho que tanto a durabilidade quanto a ameaça á integridade física desse desmiolado são verdadeiras.
Eu mesmo conheço(cia) um rapaz que inventou um moto-perpétuo em 1996. Um dia ele deu com a língua nos dentes e contou isso pra todo mundo.

Suicidou-se! Uma tragédia! Deu 10 facadas nas próprias costas!
avatar
Politico Honesto em 08 de outubro de 2012 às 14:29:02»
Vamos ver quem dura mais: ele ou a lâmpada.