Faça o seu comentário

:

:







Comentários

barberjr em 20 de junho de 2013 às 21:44:58»
E Joinville eu achei uma barbearia antiga muito boa. barbeiro é um cara com a cabeça raspada .Fica ao lado da catedral. Salão verde. Aproveita.
avatar
Redação em 11 de outubro de 2012 às 12:07:05»
Álcool desinfecta, elimina os germes e é também indicado para anti-sepsia e o fogo faz a esterilização. É extremamente limitado o número de bactérias resistentes ao ácido e álcool e fogo. As orientações sanitárias para salões de cabeleireiros e institutos de beleza foram estipuladas por algum engenheiro: evidentemente são exageradas e visam matar uma pulga com tiro de canhão.

Abraços fraternos.
avatar
speed em 11 de outubro de 2012 às 11:08:38»
Então, Admin. Eu cresci numa cidadezinha no interior de São Paulo e lá tinha pelo menos umas 5 barbearias e eram todas assim.
Bons salões de manicure tem inclusive autoclave (o indicado para perfeita esterilização)

São tempos modernos. Não sei se vão pegar no pé das barbearias, mas em São Paulo existe uma pressão sobre os salões de manicure e afins para uso somente de material descartável, a exemplo dos estúdios de tatuagem.

Alcool e fogo só previnem irritação ou no máximo uma infecção da pele.
Hugo Heggedorn em 11 de outubro de 2012 às 10:28:59»
Essa da linha com cerol nas sobrancelhas foi legal
avatar
Politico Honesto em 11 de outubro de 2012 às 10:05:20»
Pois é, só faltou o barbeiro do vídeo cantarolar Figaro.
avatar
Moonwalker em 11 de outubro de 2012 às 09:54:45»
Lembrei do Pica Pau naquele episódio "O barbeiro de Sevilha"...
avatar
Politico Honesto em 11 de outubro de 2012 às 09:04:40»
Está explicado. V
avatar
revolt4d4 em 11 de outubro de 2012 às 08:19:46»
A técnica já é bastante popular no Brasil, para mulheres. V
avatar
Politico Honesto em 11 de outubro de 2012 às 06:04:30»
Nunca vi tal "técnica" para as sobrancelhas.
avatar
Redação em 10 de outubro de 2012 às 23:59:38»
Oi speed, não sei se você conhece uma barbearia, onde o profissional preza por sua navalha como se fosse parte de seu corpo.

Fazer a barba em uma barbearia tradicional supõe todo um ritual: toalha quente, espuma densa, barbear, espuma, escanhoar, espuma, arremate, massagem e velva. E antigamente alguém engraxava o sapato durante a etiqueta.

Lembro que demorei a entender o porquê o barbeiro mergulhava a lâmina no álcool e botava fogo com um zippo. Pensava que era para pegar melhor fio ou algo esotérico, quando na verdade servia para esterilizar.

Abraços fraternos.
avatar
Mary em 10 de outubro de 2012 às 17:41:51»
rolleyes
avatar
speed em 10 de outubro de 2012 às 16:12:46»
Usam barbeador descartável pelo mesmo motivo que nas manicures e afins virou padrão as clientes levarem seu próprio kit de tesoura, alicate, etc.

Mãe de uma amiga minha ganhou uma hepatite assim.
avatar
DanielWaos em 10 de outubro de 2012 às 12:42:44»
Nunca fui em uma =/ mas também não me agrado muito com a idéia, barba eu sempre faço em casa, só cabelo que corto em cabelereiro, aqui na cidade onde moro também não tem nem nunca teve barbearia (pelo menos na minha época)...
avatar
Confortably Numb em 10 de outubro de 2012 às 12:11:12»
hehehe...
A correria de hoje em dia fez o homem deixar de ir a esses lugares... e aqui em São Paulo ainda não achei uma descente também rolleyes

Quando vou pra casa da minha mãe em MG faço questão de ir a uma que tem lá... barba feita na navalha é outra coisa!!
E o cara ainda tem uma coleção de discos de vinil de rock and roll maravilhosa.... um ótimo reduto!!!
avatar
Moonwalker em 10 de outubro de 2012 às 11:51:08»
fool fool fool