Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Isabela em 20 de dezembro de 2012 às 23:08:11»
É um alívio apenas temporário para a carência afetiva.
avatar
Bele Natal em 19 de dezembro de 2012 às 21:32:01»
Quero um abraço eek alguém? alguém? cry
avatar
Brunoschefa em 19 de dezembro de 2012 às 18:23:33»
Edgar Rocha...
Calmate, vamos por partes...
Não falei pra ser uma pedra de gelo...
Creio que o ser humano necessita de carinho dos mais próximos, mas aqueles que morrem por isso são estúpidos!
Precisamos de carinho, mas podemos viver sem ele, ainda mais de pessoas estranhas que você nunca viu na vida...
avatar
Moonwalker em 19 de dezembro de 2012 às 10:29:41»
Vou apenas colar aqui um comentário que já fiz em outro post:

"O mundo está com sérios problemas. Já dizia o grande Renato Russo: "o mal do século é a solidão; cada um de nós imerso em sua própria arrogância, esperando por um pouco de atenção".
Eu só não sei - ou talvez não consiga acreditar - que seja tão difícil assim encontrar uma pessoa bacana e ter um relacionamento de verdade. Colocar uma roupa legal, ir à praia, ou num barzinho, conversar um pouco... Seria talvez o isolamento, capaz de minar a sabedoria prática? Seria arrogância, egoísmo, ou só babaquice, mesmo?
É, Luisão... acho que tem bastante emediguiano azedo hoje aqui... "
avatar
Nato em 19 de dezembro de 2012 às 10:21:16»
Abraço só é bom quando verdadeiro, quando é de alguém que você considera, abraço comprado é ridículo, não há carinho algum apenas um gesto sem sentido.
Edgar Rocha em 18 de dezembro de 2012 às 21:06:23»
Bruno,
Ser independente é uma coisa. Ser uma pedra de gelo é outra. A sociedade tem imposto justamente esta postura 'independente', fazendo com que todos negligenciem um princípio básico: somos seres sociais. O estranho não é a necessidade de ter este contato físico. Acho estranho que tenham chegado a este ponto: pagar pra ter um abraço. No próprio texto, fica intrínseco que os participantes acham o toque algo antinatural. E, mesmo sentindo falta, ainda estranham quando duas pessoas se abraçam em público. Não percebem que o artificialismo está justamente no distanciamento excessivo. Tem gente que não sente conforto com o toque de outra pessoa nem fazendo sexo. Dá no que dá: um sujeito com a orelha arrancada por um homofóbico porque abraçava o filho. E isto no Brasil!
avatar
Politico Honesto em 18 de dezembro de 2012 às 20:11:33»
Aff!
avatar
LukeSchimmel em 18 de dezembro de 2012 às 20:09:41»
Ingleses são carentes, acredite em mim.
Mas, essa coisa de abraço é em frente das cameras, quando fecham as portas e cortinas... HAHA, acontece coisas que nem Hórus nem Khonsu sequer imaginam.
Angelina em 18 de dezembro de 2012 às 19:12:54»
Gosto de abraços, mas isso é estranho.
avatar
Brunoschefa em 18 de dezembro de 2012 às 18:55:33»
Ingleses fazendo Inglesísses...

O ser humano tem que aprender a ser mais independentes...
Afinal, não dizem por aí que os mais inteligentes são os mais solitários?
avatar
revolt4d4 em 18 de dezembro de 2012 às 18:49:20»
Ai, ai
Tudo aí é estranho.