Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Bruno Silva em 18 de janeiro de 2014 às 02:17:52»
Meu amigo, não precisamos ir para o espaço para termos uma vida confortável, sem miséria, escassez, fome, violência e etc. Nosso problema é coletivo, enquanto continuarmos pensando que a solução dos problemas do mundo é que a quantidade de dinheiro não é suficiente para todos, com certeza nada vai melhorar. Temos recursos aqui mesmo, na Terra, para criar um Jardim do Éden para todos, temos tecnologia e recursos para ir a lugares que o homem nunca foi antes, mas tudo é freado pelo poder econômico.

Imaginem um mundo onde todos tem acesso a educação, onde qualquer um pudesse estudar astronomia, engenharia, medicina, física quântica. Não teríamos apenas uma dúzia de homens que foram a lua, teríamos centenas, já teríamos descoberto a cura para várias doenças que hoje são incuráveis, porque além do poder econômico tirar o acesso a qualquer pessoa de ter uma boa educação, também limita o trabalho de diversas áreas, a medicina é um ótimo exemplo, porque curar uma doença como a AIDS? Que gera "rios" de dinheiro com o tratamento vitalício dos pacientes.

Em todas as áreas o poder econômico estabeleceu uma indústria, onde o lucro pessoal esta acima do bem estar das pessoas, mas ao invés da maioria pobre se rebelar e não aceitar mais essa realidade, faz justamente o que não deveria, que é querer fazer parte dessa sociedade "suja", enriquecer para poder demonstrar poder e comprar coisas que não precisa.

O dinheiro, o governo e as religiões são instituições falsas, mentirosas, que foram criadas apenas para manter as classes baixas sob controle, tudo o que precisamos é de uma fonte de energia natural, e isso temos aos montes: energia solar, energia gerada com o movimento das marés, energia gerada pelo calor de vulcões, do vento e etc, não precisamos de petróleo, porque além de destruir o meio ambiente de forma brutal todos os anos, é uma fonte de energia finita, uma hora vai acabar.

Com energia gratuita e limpa, teríamos energia para abastecer fábricas e cidades. A Terra não possui recursos infinitos, pelo menos não da forma como o poder econômico lida com eles. Estamos vivendo em uma sociedade onde cada um pensa em si, se isolam em suas casas, não aprendem mais nada e aceitam a vida miserável que se planejou pra eles.
Julha em 31 de janeiro de 2013 às 11:18:36»
Maravilhosa é você, Maria! Linda.
avatar
Luiz Felipe em 31 de janeiro de 2013 às 09:32:36»
1 trilhão de estrelas com 1 trilhão de asteroides com 1 trilhão de dolares em minerios.
Porque mesmo existe guerra na Terra, se existem recursos "infinitos"?
Basta que o ser humano se desenvolva intelectulmente em uma civilisação de nivel 2 e se dedique a pesquisa cientifica para gerar o motor de dobra espacial, e termos todos recursos que quisermos de graça. Podemos voltar a ser nomades.
Porque essa "Pedrinha" já deu o que tinha que dar.
Mas claro, as civilisações (não a especie, que já tem isso) provavelmente duram 100.000 anos. Eu vou morrer e esperar pela proxima, porque essa civilisação talvez não tenha dado certo, quem sabe, nossa civilisação nem tem 10.000 anos ainda.
Acho que nossa civilisação não vai estar viva nesse momento em que as galaxias se fundirem. Quem sabe as proximas 10.000 civilisações que virão sejam melhores.

ps: Queria que os governos admitissem o contato com alienigenas. Na mesma hora eu tentaria um contato com os alienigenas para um intercambio interespacial. Estou cansado dos humanos, vou me mudar para outro planeta em que não tenha humanos.
prisca em 31 de janeiro de 2013 às 00:02:17»
essa é uma imagem idealizada, se fosse assim, seria linda , mas ninguém sabe se é....
avatar
revolt4d4 em 30 de janeiro de 2013 às 22:00:42»
É bom olhar pro céu em uma noite de black out.
avatar
Angelina em 30 de janeiro de 2013 às 21:03:53»
Como eu disse, eu não entendo das coisas no final de tudo.
avatar
Politico Honesto em 30 de janeiro de 2013 às 20:58:57»
Meu lado contemplador é diferente.
avatar
Angelina em 30 de janeiro de 2013 às 20:49:02»
Todos tem seu lado de contemplador, até você, pelo o que pude perceber.
avatar
Politico Honesto em 30 de janeiro de 2013 às 20:13:06»
"E acho que tem diferença em 'contemplar' e 'analisar'.
Sendo assim, sou do tipo de pessoa que não entende das coisas, só contempla, sendo assim, eu só posso dizer que as fotos são boas."

Sou o contrário.

"10 graus a menos que o zero absoluto teórico seriam sim -283ºC
Tal como -20ºC é inferior a -10ºC"

Exato. A medição da temperatura média de uma estrela é feita através do comprimento de onda da luz que ela emite.
Barbara em 30 de janeiro de 2013 às 18:53:51»
10 graus a menos que o zero absoluto teórico seriam sim -283ºC
Tal como -20ºC é inferior a -10ºC
avatar
LukeSchimmel em 30 de janeiro de 2013 às 18:46:57»
Dez graus a menos que o zero absoluto são -263ºC...
avatar
Angelina em 30 de janeiro de 2013 às 18:16:11»
E acho que tem diferença em 'contemplar' e 'analisar'.
Sendo assim, sou do tipo de pessoa que não entende das coisas, só contempla, sendo assim, eu só posso dizer que as fotos são boas.
Sergio Klein em 30 de janeiro de 2013 às 17:19:08»
não entendi esta de 10 graus a menos do que o zero absoluto..... não seriam 10 graus a mais, ou 10 graus Kelvin ( -263 ºC )????
recém saiu a notícia da possibilidade de existir temperatura absoluta negativa, mas não existe nenhum equipamento disponível que conseguiu registrar isso na natureza...
avatar
msp1500 em 30 de janeiro de 2013 às 16:44:07»
Imagens impressionantes.
Osaminha em 30 de janeiro de 2013 às 16:28:15»
Deve ser uma visao linda a galaxia aparecendo no ceu, pena q nao estaremos mais aqui...
Lembro de algo curioso que li e acho que falava sobre o encontro de galaxias, em que apesar de ser um choque entre galaxias no qual a maior absorverá a menor, parece que a chance de colisoes entre estrelas e planetas sera minima.
Apesar de ser o caos esse encontro, não teremos colisões...
Acho que era isso que tinha lido, mas nao tenho certeza.
avatar
Politico Honesto em 30 de janeiro de 2013 às 16:07:13»
Alguns astrônomos dizem que as brancas são as mais quentes. 2V
Já tinha visto o vídeo (NDig), gosto.
JM em 30 de janeiro de 2013 às 15:59:31»
Assim, neste retrato de Andrômeda é possível distinguir, em vermelho, suas regiões mais frias nas quais o pó cósmico está misturado com gás, onde as temperaturas são de 10 graus a menos do que o zero absoluto, isto é, aproximadamente −283 °C.

??????
Alguém explica?
avatar
Moonwalker em 30 de janeiro de 2013 às 15:35:30»
Difícil de imaginar o céu diferente do que é, mas admitamos que ele obviamente não é como era a bilhões de anos atrás.
Curioso também é ver que no universo é o contrário do que no ar condicionado do carro: quente é azul, e vermelho é frio.
Mas enfim, quase não vi o vídeo, geralmente não abro. Ainda bem que abri, achei interessante.
avatar
Moonwalker em 30 de janeiro de 2013 às 15:32:21»
cool cool cool cool