Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Marcos Daltro em 16 de fevereiro de 2013 às 21:31:38»
Depois não reclame que tem pelo de macaco na comida...
Kelly2787 em 13 de fevereiro de 2013 às 21:52:00»
Com as máscaras perde toda a graça de ser atendido por um macaquinho.
Edgar Rocha em 13 de fevereiro de 2013 às 00:27:47»
Luiz Felipe, aí seria na China, né?
avatar
Luiz Felipe em 12 de fevereiro de 2013 às 22:56:44»
Inusitado é macaco na cozinha trabalhando ao inves de estar na panela.
Cristina em 12 de fevereiro de 2013 às 20:45:48»
Eu resido na cidade de Utsunomiya, mas nao tinha conhecimento de tal estabelecimento...nao iria de forma alguma ao local...nao acho correto utilizar os animaizinhos desta forma =/
avatar
Angelina em 12 de fevereiro de 2013 às 20:41:31»
Os macacos assim com essas máscaras, vão mais é afugentar os clientes novos.
avatar
revolt4d4 em 12 de fevereiro de 2013 às 20:04:59»
Macacos me mordam! fool
Marília em 12 de fevereiro de 2013 às 19:56:22»
É cada coisa ...
avatar
Politico Honesto em 12 de fevereiro de 2013 às 15:00:08»
As máquinas seriam os "sucessores" dos humanos, mas resolveram regredir (criacionistas, onde estão?).
Alternativa para ter menos despesas com trabalhadores "interessante".
avatar
Layla em 12 de fevereiro de 2013 às 13:50:44»
Derrubou o oshibori e nem notou. Rsrsrs
Será que derruba cerveja também?
Edgar Rocha em 12 de fevereiro de 2013 às 12:58:58»
Deprimente e com a máscara fica macabro. Deve ser pra não sofrerem assédio. O povo lá não anda muito a fim de mulher (e se tiver esta cara então, o bicho morre virgem).

Depois o cara lava a mão neste lavatório onde o macaco tá sentado pra preparar o sushi.
avatar
holyghost em 12 de fevereiro de 2013 às 11:22:44»
como eu já li em outro lugar... "meu dono é um retardado"
avatar
msp1500 em 12 de fevereiro de 2013 às 11:12:05»
É exótico, mas eu nã frequentaria um lugar desses não. Sou contra a domesticalização de animais silvestres.
Além disso aida tem o problema de não sabermos ao certo as consequencias desse convívio, nem para nós, nem para os animais.