Faça o seu comentário

:









Comentários

Patrícia em 29 de março de 2014 às 12:11:09»
Como assim??? A Shaira da Índia não tem nenhum poster do Shahrukh,do Hrithik, nem mesmo do Shaid!!! Oh, my God, só a tranqueira do Biber com tanotos astros indianos maravilhosos!!!!
Claudeane em 21 de março de 2014 às 15:11:55»
É interessante observar que as crianças são o reflexo dos pais, por isso vejo muitos pais reclamando que não conseguem dominar seus filhos, não sabem o que realmente é ter limite, e muitas vezes os próprios pais incentivam fazer tudo seja bem ou mal!
hnbmi em 25 de fevereiro de 2014 às 14:22:32»
gostei muito mas faltou calocar o brasil
29 hhhguuyiuol em 09 de outubro de 2013 às 16:57:23»
oi bem eu gostei
eduarda em 29 de agosto de 2013 às 14:28:41»
que tedio kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
talisffx em 26 de março de 2013 às 04:32:38»
Caramba...
E se vc for o "brinquedo" da criança, oq ela vai mais desejar é vc.
Vi outro dia na tv um teste para uma criança, ela escolhia ficar com um brinquedo ou com o pai, ela escolheu o brinquedo. Então o pai percebeu que ele estava no caminho errado.
talisffx em 26 de março de 2013 às 04:28:28»
Uma coisa que temos que levar em consideração é que os brinquedos das crianças pobres não são exatamente oq elas gostam de verdade.
Já das crianças ricas sim, aquilo sim é o que elas desejaram.
Vc vai ser mais egoísta com coisas que vc mais gosta.
talisffx em 26 de março de 2013 às 04:26:03»
A mente humana faz o brinquedo ser divertido.
Em um breve pensamento me ocorre: Um menino rico deve ser mimado que não gosta de dividir as coisas, um pobre é mais humilde... Mas realmente não é assim, criança é criança imita os adultos.

Quanto mais vc guarda mais vc tem, quanto mais vc tem melhor é apresentado na sociedade. Guardando para ser rico vc fica mais egoísta.

O importante não é o tanto que temos, o importante mostrar para as crianças que estar presente na vida delas é que conta... pq se vc ser presente na vida de uma criança vc facilmente pode ser presente na vida de outras pessoas. Pq com criança temos q ser incondicional, não ficar com expectativas das suas capacidades, cada um é cada um.
avatar
Politico Honesto em 18 de março de 2013 às 21:56:13»
Ucrânia.
AliceIsDead em 17 de março de 2013 às 22:56:20»
Esse gurizinho do Alasca deve fazer sucesso cas gatinha na pré-escola.
avatar
Dominique em 17 de março de 2013 às 08:36:53»
Muito estranho essas crianças com armas. Entendo que cada uma tenha um gosto diferente, mas ter só esse tipo de brinquedo é de estranhar.
Fernanda Brito em 15 de março de 2013 às 21:36:06»
Muito há para refletir! Sobre os diferentes comportamentos (…) destas crianças (pobres e ricas), atitude familiar, e a influência na sua vida futura!
avatar
Politico Honesto em 14 de março de 2013 às 21:54:08»
Em algumas décadas, talvez mude.
avatar
holyghost em 14 de março de 2013 às 20:26:05»
o chinês é todo diversificado.
Tititu em 14 de março de 2013 às 15:22:17»
É interessante ver que não importa o lugar, as meninas são sempre educadas (alguns dizem que a preferência é delas mesmas) para o lar, para cuidados, afetos, essas coisas futuramente maternas. Por isso será que gostam tanto de brincar de comidinha, boneca, mamãe e filhinha, casinha? Já os meninos essas coisas que envolvem lutinha como eles chamam, proteção, movimentos, máquinas, ter o controle, etc etc. será que é natural das crianças? Imitação dos pais? ou educação recebida?

Meus pais era professores e a brincadeira que eu mais gostava de brincar era de escolinha HAHAHAH mas hoje não penso mais em ser professora, até eles abandonaram a carreira.
Rosa maria em 14 de março de 2013 às 15:14:20»
A Maudy da Zâmbia é demais o sorriso dela!! Adorei a coleção de óculos! Fiquei com vontade de doar todos os meus brinquedos pra ver esse sorriso dela!

O menino do Quênia é muito triste a casa dele, parece uma prisão deteriorada. sad Tadinho.
Larissa :D em 14 de março de 2013 às 15:01:53»
O fotógrafo foi muito bom em fazer as crianças parecerem felizes! Gostei das duas irmãzinhas, elas tem pouquinho mas com imaginação dá para construir várias histórias!

O que me deu dó foi do menino que só tem armas e esse tipo de coisa, olha o rostinho e olhar dele, Já tem até um perfil meio militar, deu dó. Jamais faria isso com meu filho se eu tivesse um.

Também deu dó da menina que tem só aquelas coisinhas que damos em sacolinhas surpresas (meninas da Nicarágua), juntando tudo aquilo não dá nem 5 reais. Sem exageros. Acho que não dá pra criar muito com aquilo pois nem um personagem não há.

A menina entre os bois com brinquedos meio de trabalhadores também deu dó. Desde cedo já vai se conformando com a vida que a aguarda será que é essa a ideia? E é na Itália, estranho, deve ser na parte da Itália que é mais rural e menos desenvolvida.

Pelos comentários, podemos perceber o quanto a infância brasileira é feliz. Embora com pouco ou não, cheio de amigos ou não, na rua ou não, temos liberdade! Isso é o principal.

Enfim belo post adimin, coloque mais desse tipo que vamos adorar!
avatar
Angelina em 14 de março de 2013 às 14:58:23»
Rsrsrs, interessante os comentários que rendeu esse post.
AlineSouza em 14 de março de 2013 às 14:46:46»
O legal é ver que as crianças desde aí já vão mostrando suas aptidões especificas. Achei mais legal os brinquedos da China. São muito variados. Misturam esporte, tecnologia, lógica, raciocínio etc... Alguns são bugigangas para passar o tempo, mas muito interessantes!!
willbest em 14 de março de 2013 às 14:43:58»
Puts! Os poster do Edward e do Justin da indiana matou ein D;
negro em 14 de março de 2013 às 14:37:30»
Está explicado porque o Luiz Felipe é assim pelo último comentário abaixo.
avatar
Elbereth em 14 de março de 2013 às 10:56:20»
Acho que tive muitos brinquedos, mas me lembro mesmo é de brincar na rua, de bola, de esconde-esconde, de bet, polícia e ladrão e muito muito mais.

Ao mesmo tempo, sempre usei muito o computador. Acho que o principal problema de computador e video-games é tanto a falta de interação que a criança tem, e a manutenção de uma mesma postura por muito tempo.
Brincando com outros, pessoalmente, a criança aprende a ceder, a ver que o seu jeito não é igual ao dos outros e que os outros vão as vezes fazer algo que você não gosta e tudo bem. Em jogos on-line, se alguém te contraria, você deixa de falar com a pessoa e encontra outra, é fácil. Se é uma criança do bairro, por outro lado, não tem como não brincar com ela de novo no outro dia...
avatar
Confortably Numb em 14 de março de 2013 às 10:44:57»
Também não tive muitos brinquedos... gostava de rua... béte, pipa, pião, bola de gude... essas coisas.

Eu tinha bonécos dos cavaleiros do zodiáco, comandos em ação, mais não brincava, apenas montava e deixava na escrivaninha como decoração.... rolleyes

Ah sim... eu tinha um campo de futebol de botão enorme (Estrelão).... em dias chuvosos a casa da minha mãe virava uma zona... hehehe altos campeonatos! razz
Headbanger em 14 de março de 2013 às 09:27:18»
PS: Eu brincava muito de bonecos: Power Rangers que viravam a cabeça, Cavaleiros do Zodíaco, Samurai Warriors e Dragon Ball Z.

E sempre tinha uns bonecos estranhos, tipo do Máscara, que acabavam sempre sendo os inimigos! Heheheehehehehe!

Fora isso, era bicicleta ou brincar no pátio!

Nunca fui de jogar futebol.

Pegava minhas espadas de plástico e matava muitos monstros e vilões no pátio de casa, principalmente no barranco que tinha nos fundos.
Headbanger em 14 de março de 2013 às 09:24:21»
Pior do que ver que alguns tem tão poucos brinquedos (quando não só um ursinho surrado), é ver as casas onde moram.
Raven em 14 de março de 2013 às 09:05:01»
Tive muitos brinquedo, adorava montar cenários: parque de diversão cidades (era meu tema favorito), grandes mansões etc... até hoje ainda guardo alguns briquedos (mato quem tocar). Quanto as imagens fiquei comovida com a da Chiwa - Mchinji, Malaw e a Tangawizi - Keekorok, Quênia, não pela quase ausência de briquedos, mas pela aparência das crianças.
avatar
LukeSchimmel em 14 de março de 2013 às 00:35:40»
Eu brincava... com meus amigos irmão, e brinquedos.
Havia um pouco de brinquedos semelhantes aos do Ragnar, Enea, Lucas, Niko, Pavel, Noel e outros garotos do post no meu quarto. Eu sempre fui um garoto comum, até certas coisas, mas isso não vem ao caso.
Lembro uma vez que fui preso a um bau (grande, beeeem grande, onde ficava umas coisas pesadas) e Felipe e os outros garotos saíram para tomar suco e me deixaram lá... crianças são cruéis quando querem.... e só sai porque fui quebrando as fibras da corda com os dentes. confused
avatar
Politico Honesto em 13 de março de 2013 às 22:09:12»
Apesar de ouvir falar, nunca joguei Minecraft, e não disse que crescer apegado ao computador é, necessariamente, ruim. São experiências diferentes. De qualquer forma, fedelho (hã?), também nunca fui muito sociável – na maioria das vezes, eu inventava meus próprios brinquedos e me distraía com peças de montagem, como Lego.

"Eu fazia meu trem antigir velocidade maxima e explodia os legos."

Brincar de atropelamento com meu ônibus e meus bonecos também conta.

"Mas eu tabem fazia muitas guerras e lutas com meus brinquedos tradicionais, que eram bonecos e carrinhos, bem como um jipe de guerra e soldadinhos de guerra, e trens tambem."

Uma de minhas brincadeiras favoritas. Como sempre gostei de mutilações e destruições, eu utilizava, muitas vezes, brinquedos "renováveis", que eu mesmo fazia e reparava.
avatar
Luiz Felipe em 13 de março de 2013 às 21:36:42»
Tio, isso de crescer apegado ao computador ser ruim é coisa de velho. porque voce acha que as crianças adoram o minecraft, porque ele permite usar a imaginação.
Eu cresci na decada da transicao, os anos 90, digo que preferia tambem ter tido acesso a computadores e os maravilhosos kits lego de robotica mindstorms, que eram caros.
Os brinquedos "tradicionais" da decada de 80, sao bolas, carrinhos, avioes de papel e brincadeira de "ar", pique, são meio bobos. Sei la, tambem nunca fui muito sociavel, preferia brincar sozinho com meus legos. Legos eram legais porque voce usava sua imaginação, eu fazia naves espaciais.
Tambem tinha meus carrinhos, mas eu mais cuidava como se fossem de verdade do que brincava.
O que gostava mesmo era do trem eletrico, seria legal se eu pudesse ter muitos trilhos, muitos trens e um computador para controlar os trens. Eu fazia meu trem antigir velocidade maxima e explodia os legos. sempre tinha que ter muitas explosoes e fogo imaginario, e radiação.
Mas eu tabem fazia muitas guerras e lutas com meus brinquedos tradicionais, que eram bonecos e carrinhos, bem como um jipe de guerra e soldadinhos de guerra, e trens tambem. Crianças de hoje joguam call of duty, mas brinquedos de guerra sao legais.
Nao importa, o melhor brinquedo para a criança sempre vem nela mesmo, é a imaginação, acho que é por isso que elas são felizes.
avatar
Politico Honesto em 13 de março de 2013 às 20:41:08»
msp1500

Foram brinquedos predominantes nas duas últimas décadas; hoje, são computadores e outros eletrônicos.
Não pretendo entrar naquela "guerra de gerações", pois a maioria das pessoas acha que a sua foi a melhor, mas crescer apegado a um computador não se compara a uma infância preenchida por diversões mais "presenciais", como bola de gude, pique, carrinho, queimada e aviões de papel.
avatar
LukeSchimmel em 13 de março de 2013 às 20:09:54»
Me identifiquei com algumas crianças... as vezes me lembro como era jovem .-.
Ronaldo Prado em 13 de março de 2013 às 19:33:26»
eu tinha uma meia duzia de carrinhos e já tava muito bom. gostava mais de brincar na rua.
avatar
msp1500 em 13 de março de 2013 às 18:56:47»
Interessante. Faltou o Brasil com a famosa bola e boneca, ou carrinho e utensilios de cozinha.
avatar
Angelina em 13 de março de 2013 às 18:15:36»
Muito interessante. Gostei muito. A melhor fase que se pode ter é a infância, onde ainda as crianças são puras e não são influenciadas pela sociedade, e são tão sinceras, que até me impressiono.
avatar
Politico Honesto em 13 de março de 2013 às 18:15:34»
Carrinhos, jogos, máquinas de combate, entre outros.
avatar
revolt4d4 em 13 de março de 2013 às 18:12:41»
Não tive muitos brinquedos, mas gosto de meus bichinhos de pelúcia.
avatar
Politico Honesto em 13 de março de 2013 às 17:57:13»
Seven.
Curta nosso Blog no Facebook