Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
Politico Honesto em 08 de maio de 2013 às 23:31:32»
Yare, yare.
avatar
Moonwalker em 08 de maio de 2013 às 10:05:12»
Bem, reservo o direito de não acreditar na evolução, apesar de acreditar em adaptação. Isso porque é fato que os seres vivos podem se adaptar a um meio, mas se tornarem seres vivos completamente diferentes é apenas teoria.
Nesse caso, andar ereto e em pé pode ser algo bastante cultural, mesmo. Mas comer usando as mãos e não os pés, também é cultural.
E usar roupas, não atacar fisicamente pessoas que nos irritam... Isso tudo é cultural. É aprendido. O único "porém" é que alguns desses aprendizados são aprendidos de forma inconsciente. Talvez seja geneticamente transmitido ou algo assim.
Raven em 08 de maio de 2013 às 09:55:00»
Nossa!! Pensei igualmente a Bruna!!
avatar
Luiz Felipe em 07 de maio de 2013 às 23:47:06»
Paulo está correto, não analisei num sentido mais amplo.
A evolução melhora sempre a capacidade de sobrevivencia, então indiretamente, a melhoria é sempre progressiva.
Eu disse que a evolução não tem a obrigação de melhor algo, pode ser que um peixe isolado no fundo do oceano perca a visão, alguns dizem que isso não é uma melhoria, mas no sentido mais amplo é.
As vezes algo que aparentar não ser uma melhoria, está aumentando a probabilidade de sobrevivencia. Pois a melhoria é da sobrevivencia e não de qualquer coisa subjetiva que alguem acha que é uma melhoria.
avatar
Redação em 07 de maio de 2013 às 23:20:56»
Adryanss eu não tenho fé em Darwin. Fé é outra coisa! Nunca acreditei cegamente no que ele disse e "pronto, isso passou a ser toda a verdade que jamais poderá ser contestada". Eu tenho muitíssima admiração pelo trabalho dele, é diferente. Seus estudos e análise do que via e catalogava trouxeram contribuições inovadoras para a idéia de racionalidade como objeto de pesquisa científica e até na forma de razoar o que nos cerca. Por isso mesmo achei, com todo respeito que você merece, tonta a sua proposta de ser politicamente correto para não despertar susceptibilidades, por dois motivos:

Primeiro: basta ler um pouquinho só de Evolução Adaptativa (ou simplesmente Adaptação em Biologia) para descobrir que neste momento pequenos coletivos do mundo se adaptam para viver em um determinado habitat ou meio. Por exemplo, os beduínos tem menos poros como forma de reter o líquido do corpo. Mais simples ainda: se você vai uma vez por ano para a praia tomar sol, a pele descasca, mas se for todo dia, a pele se adapta e vai se tornar um caiçara. O bipedismo foi a mesma coisa, houve um momento em que o homem teve que se erguer para se adaptar ao novo meio que ele mesmo proporcionou, muito provavelmente pelo uso de ferramentas e/ou armas.

Segundo: não há nenhuma intenção em ofender. Se alguém se ofende com o assunto é porque é um desses melindrosos chatos que acha que tem o direito de desfiar toda uma verborreia, inclusive praguejando e com imprecação de males, porque isso vai contra aquilo que ele acredita. Só para ilustrar a falta de extensão dessa sua proposta, imagine que alguém peça a um religioso que ore considerando-se um teórico do criacionismo: "Possível Pai Nosso que (acho) está nos céus..." mrgreen Entendeu? Eu respeito as orações, eu respeito opiniões, e peço não que aceitem senão que respeitem a minha também.

Abraços fraternos.
avatar
Adryanss em 07 de maio de 2013 às 20:57:12»
Luiz Felipe, Paulo Pereiros:

"Falar "acredita-se" é desnecessário quando a teoria já foi colocada a teste varias vezes e passou, pode ter erros, claro e com certesa tem, pode existir teoria melhor, certamente, mas é o melhor que temos, muito melhor que aqueles contos de fadas."

A ofensa é o "contos de fadas", por exemplo.

Seguinte, onde alguém conseguiu provar o darwinismo? Quem aqui viveu milhões de anos? Onde estãos os elos quem ninguém acha?
Temos criaturas primitivas, temos um boom de complexidade, e dizem: "Ali no meio devem ter havido trocentas mutações pra se chegar nessa complexidade!"

Como ninguém pode comprovar isso fazendo o experimento, da mesma forma que não posso te provar "Deus existe, veja o experimento!"

Por isso, ambas são teorias com 50% de chance de ser verdade cada uma. Logo, ninguém pode dizer "é fato!", e logo, é adequado o uso do termo "acredita-se" ou qualquer parecido.

Não vou mais responder sobre o assunto, porque não quero polemizar aqui, porém é algo que se pensar. E depois são os criacionistas os arrogantes e preconceituosos, que zombam da teoria alheia!
Juliane em 07 de maio de 2013 às 19:55:45»
Deve dar uma dor nas costas...
avatar
Angelina em 07 de maio de 2013 às 16:49:20»
Voltando as origens...
avatar
Paulo Pereiros em 07 de maio de 2013 às 14:06:58»
"Na verdade a evolução não tem a obrigação nenhuma de ter um sentido progressivo de melhoria."
Luiz Filipe, discordo. Todas as mutações ou adaptações dos seres vivos são sempre no sentido progressivo de melhoria. Daí a extinção dos menos adaptados. Se não melhoram, pioram ou estagnam e aí enfrentam a extinção. Desaparecem. Os seres que habitam hoje a Terra, todos eles são o resultado de milhares de anos de adaptações e mutações de sentido progressivo de melhoria. Por vezes as espécies dão um passo atrás, para dar dois em frente, é verdade. Mas no cômputo geral, a evolução é sempre no sentido de melhorar a capacidade de sobrevivência da espécie.

"Ninguem fala "acredita-se" que a corrente eletrica gera um campo eletromagnetico, ela gera um campo magnetico, é fato." x2
ai em 07 de maio de 2013 às 13:12:59»
Se eu um desses viessem na minha direção eu chutava. Tá loco, parece assombração olhando pra frente de cabeça biaxa e torto assim
cafa em 07 de maio de 2013 às 12:16:49»
sao so animais...o que...vc nao e um animal?
avatar
cacafilho em 07 de maio de 2013 às 09:12:24»
jah tinha os visto na discovery!
avatar
Luiz Felipe em 06 de maio de 2013 às 22:28:06»
Na verdade a evolução não tem a obrigação nenhuma de ter um sentido progressivo de melhoria. Alias, evolução foi um péssimo nome, melhor seria adaptação.
Se o ambiente (incluindo o social) por qualquer motivo for permissivo a essa modificação, ela poderia prevalecer e teriamos humanos quadrupedes.
A bruna disse que eles devem ter dor nas costas, provavelmente não, porque o esqueleto deve ser diferente, bem como o cerebelo, são varios fatores.

ps:
"não deixaria margem para ofensas"
Não vi ofensa nenhuma, algumas pessoas se ofedem só com o fato de alguem pensar diferente. religiões, sempre retrogradas.
Falar "acredita-se" é desnecessário quando a teoria já foi colocada a teste varias vezes e passou, pode ter erros, claro e com certesa tem, pode existir teoria melhor, certamente, mas é o melhor que temos, muito melhor que aqueles contos de fadas.
Ninguem fala "acredita-se" que a corrente eletrica gera um campo eletromagnetico, ela gera um campo magnetico, é fato.
avatar
Paulo Pereiros em 06 de maio de 2013 às 22:19:59»
Parece-me óbvio que uma postura que possibilita a locomoção enquanto liberta os membros superiores para poder usar ferramentas/utensílios ou simplesmente carregar objectos tem de ser considerada uma evolução importante.
Por isso, voltar às "quatro patas" parece-me regressivo e por certo a natureza evolutiva não permitirá que tal aconteça. Seria totalmente contra o darwinismo!
avatar
LukeSchimmel em 06 de maio de 2013 às 20:27:29»
Isso é estranho o.o
avatar
Adryanss em 06 de maio de 2013 às 20:16:34»
Post interessante, mas 2 coisas me incomodaram:

1ª - Haja flexibilidade para tal hein! Fiquei com "inveja"! sha

2ª - Admin, sei da sua fé em Darwin, mas, a maneira que escreves é como se "FOI ASSIM", sendo que, alguns acreditam que foi assim, outro acreditam que não foi assim, e ninguém pode provar nada.

Parabenizo o teu ponto de vista por não ser polêmico, mas, seilá, poderia ser usada uma expressão que não deixaria margem para ofensas. Veja:

"A evolução nos tornou bípedes, no entanto..." - Sua frase

"Acredita-se que foi a evolução que nos tornou bípedes, no entanto..." - Acho que, dessa forma, não colocaríamos fé no meio da coisa, pois se dá margem pra qualquer ponto de vista. razz

Espero que não tenha ficado chateado... wink
avatar
Politico Honesto em 06 de maio de 2013 às 20:07:24»
Um professor uma vez disse que os humanos ainda não estão "prontos" para a postura bípede, que esta só poderia vir daqui a milhares de anos, com a evolução. Como consequências dessa "precocidade", vemos as varizes e outros problemas ligados ao retorno venoso.
avatar
revolt4d4 em 06 de maio de 2013 às 19:42:26»
Os quadris parecem estranhos.
Bruna em 06 de maio de 2013 às 18:44:15»
Puxa, mas será que eles não sentem dor nas costas?
Minha pergunta pode parecer besta, mas foi a primeira coisa que eu pensei. Para andar assim, é necessário estar com o pescoço erguido para poder ver o que está na frente, e fazer isto durante muito tempo me parece muito incômodo. Só de olhar as fotos já senti dores nas costas.
avatar
Cheat em 06 de maio de 2013 às 18:18:34»
Me lembrou aquela tirinha que mostra a evolução humana. Começa no australopithecus, passando pelo habilis, pelo erectus, pelo neanderthal, chegando ao sapiens (que está voltando, dizendo que deu merda) e terminando com o Justin Bieber.

Me parece que estes sábios seres do post já começaram esse louvável processo.