Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Zulufri em 11 de outubro de 2016 às 17:02:07»
Estou contigo: respeito, mas odeio São Paulo e o que representa. É um absurdo o ruído e a movimentação até as 02, 03 da manhã, quando diminui. Para dali a 2 horas começar tudo de novo. Um horror. Quanto mais longe viver de lá, melhor.
Filipe em 28 de agosto de 2015 às 20:17:08»
Que velocidade em sao paulo? Só tem gente lerda aqui.

Eu nao consigo entender como esse povo consegue ser tao lerdo. Me sinto como se estivesse com as pernas amarradas quando tem alguem na minha frente na rua.

Fora a quantidade de pessoas que nao respeita a esquerda livre no metro.
avatar
speed em 03 de junho de 2013 às 12:17:49»
Não sou naturalmente de São Paulo, logo, estou naquele time dos que quando chegaram aqui nada entenderam. Venho de uma cidadezinha do interior, onde todo mundo tem tempo de sobra (que um dia comentarei o quando detesto, já que produz futilidades demais)

Então era estranho as pessoas passarem e não falarem bom dia, não se cumprimentam, etc. Mas isso não é falta de educação. Isso é falta de tempo e total descompromisso com a vida alheia. Quem gosta de vida alheia é esse pessoal do interior que deixei pra trás, que tem tempo demais pra isso.

Aqui o tempo é curto e tudo é longe e as pessoas saem de casa preocupadas com seus afazeres.
Às 8:hs da manhã 99% da população está tentando chegar no horario em seus trabalhos, escolas, etc.

Mas se você pegar alguém que está parado e perguntar como chegar a algum lugar, ele responderá cordialmente. E responderá seu bom dia.

O mesmo acontece com os desconhecidos em comum, como aqueles que pegam o ônibus todo dia junto com você. Conheço vários e vamos conversando todo dia, sabemos um pouco da vida do outro, mas não sabemos onde o outro mora e nunca convidamos um ao outro pra um churrasco ou uma cervejinha.

Assim é um pouco de São Paulo. Espero que não leve a mal as observações.
avatar
Elbereth em 03 de junho de 2013 às 12:06:41»
Eu realmente sinto falta da época em que eu morava próximo da faculdade e do trabalho. Só pegava carro fds, pra fazer compras, pra sair... o resto era tudo a pé, era ótimo.

Hoje, no entanto, eu moro sozinha, tenho todo meu apartamento e uma cadela fofa e mijenta pra cuidar sozinha, além de não contar com a ajuda dos meus pais.

Não tem como a minha vida não estar mais corrida, apesar de ter suas vantagens, também.
Headbanger em 03 de junho de 2013 às 11:25:22»
Duas coisas contribuíram recentemente para eu correr menos e viver mais.

1 - Me mudei para mais próximo do trabalho (10 minutos a pé). Antes perdia 3h por dia andando de ônibus.

2 - Comecei a me deslocar mais de bicicleta. Por incrível que pareça, dá pra ir com mais facilidade em muitos lugares e em alguns casos mais rápido do que o ônibus.

Agora tenho mais tempo pra tomar chimarrão com a esposa enquanto brigo com o meu computador.
avatar
Evandro Eloy em 02 de junho de 2013 às 17:23:31»
Já vivi em modo velocidade 5 por muito tempo, mas um probleminha de saúde me fez repensar o que eu queria da vida. Hoje, trabalho como Assistente social das 07 da matina às 12, depois disso, tento voltar a uma atividade que deixei em segundo plano, a escultura e o entalhe em madeira... serve para relaxar e desacelerar. Próximo plano é voltar a jogar vôley ou (pasmem) surfar... como aqui só temos rio, e eu não tenho mais corpinho pra prancha... (quem sabe um pranchão), estamos em um projeto de fazer prancha de standup de 10 pés com garrafas pet, pra aproveitarmos as belezas e delícias do nosso Araguaia.
avatar
Politico Honesto em 02 de junho de 2013 às 00:56:26»
Algo que eu detesto, sobretudo quando estou com pressa. V
avatar
Luiz Felipe em 02 de junho de 2013 às 00:01:29»
Aqui no interiorrr, as pessoas andam muito devagar, dá raiva, tem que desviar, e ainda ficam parando no meio da calçada para conversar ao inves de "estacionar" no canto e não cortar o fluxo.
As pessoas tambem dirigem muito devagar aqui, e mesmo assim aqui tem o dobro de acidentes, em relação ao numero de habitantes.
Ou será que eu gosto de correr e sou rapido demais para onde moro.
Lücas Lima em 01 de junho de 2013 às 21:31:47»
Saudades de ser criança e ter q correr apenas pra não ser pego no pique-pega.
avatar
Nessa em 01 de junho de 2013 às 20:04:33»
trabalho bem no centro Rio de Janeiro é sempre uma correria , eu sempre estou com pressa, as conduções são "puro estresse" lotadas, e eu tenho que pegar duas conduções todos os dias para ir trabalhar, pego 1° ônibus e depois o trem ( só de pensar q vou "espremida" ) . Tudo isso bem rápido, pq quando eu voltar tb sou dona de casa, esposa...afff ou seja sempre to com presa .
Ronaldo Prado em 01 de junho de 2013 às 14:17:42»
pra mim virou mania andar com pressa. Moro perto do trabalho e não tenho horário para entrar, mas mesmo assim estou sempre correndo rs.
avatar
Moonwalker em 01 de junho de 2013 às 11:43:37»
Não, Luke... Me expressei mal, desculpe. O que quis dizer é que agora sou responsável pela minha família como mantenedor, e não como mantido, quando morava com a minha mãe...
Bom, filhos não estão nos planos. Se vier, tudo bem. wink
AChein em 01 de junho de 2013 às 10:08:07»
nos bons tempos paulistanos, grosso modo, eu desenvolvia a fantástica velocidade de 6 km/h medida no olhometro atravessando o viaduto do chá com o relogio do itaú bem à frente. são paulo era (é) fantástica, mas, como de resto, depende dos olhos de quem vê. vejam a relatividade das coisas: outro dia, em um dos sete semáforos existentes na cidade onde trabalho, um cidadão quase queimou a buzina do seu golzinho quadrado e tunado por conta de uma fila de uns 20 carros para atravessar o dito cujo. a razão de tanta pressa é que o farol abria e passava a fabulosa quantidade de 5 carros por vez. é estressante tres minutos de farol! No caso específico da capital acredito serem as distâncias e a taxa de ocupação o fator da pressa: nos bons tempos quem morava longe residia em santo amaro ou no sapopemba com mais 6,5 milhões, hoje mora neste mesmo local, práticamente no centro, com mais 11,5 milhões, com as mesmas ruas e avenidas e um metrozinho xinfrim para os padrões civilizados. mas é são paulo.

p.s. santa cecília ainda tá no centro. diferentona, mas tá. o ipiranga também.
avatar
Politico Honesto em 01 de junho de 2013 às 02:59:27»
Ganhar tempo – faz tempo que não sei o que é isso.
avatar
LukeSchimmel em 01 de junho de 2013 às 01:42:59»
Moon, tem um/a filho/a? surprised
Eu não sabia...

As pessoas tem mais coisas para fazer hoje que antes, então acho normal acelerar um pouco.
avatar
Cheat em 31 de maio de 2013 às 23:55:00»
Eu não vou nem falar do Rio porque... auehuaeh
Sei que é triste, nível São Paulo ou talvez pior, pois é ridiculamente mais quente e desconfortável.

E quanto a ser mais corrido, diria que pra mim não é, porque, além de meus compromissos se darem em horários onde o fluxo de pessoas é reduzido, não dependo - felizmente - de transporte rodoviário. Sem contar que sempre gostei de chegar com antecedência aos lugares, justamente porque sou lento por natureza e odeio ficar correndo ou apreensivo por causa de horário. Resumindo: me adapto para que minha lombeira reine soberana.
avatar
Moonwalker em 31 de maio de 2013 às 22:35:07»
Olha, os paulistas que me desculpem, mas o que falta em SP é educação, mesmo. E não adianta dizer que não, porque quando estive lá fiquei estarrecido com a falta de cortesia de todo mundo.
Sobre minha vida... Trabalhar, eu trabalho pouco, admito. Mas estudo pra caramba e isso também toma quase todo meu tempo. Depois de casar também ganhei várias responsabilidades de pai de família, principalmente para apagar incêndios (resolver problemas elétricos, hidráulicos, furar paredes, essas coisas).
Agora com a minha mãe longe, acabo tendo que me desdobrar quando quero ir lá. O mesmo com as visitas ao meu irmão.
Quer dizer, tem mais coisas para fazer, então acaba ficando corrido. Por isso votei em "Sim".
avatar
LukeSchimmel em 31 de maio de 2013 às 21:35:27»
Sim... antigamente eu andava tropeçando nas coisas, e antes disso eu engatinhava....
O que é? Eu tenho só 16 anos ma
avatar
Lemuria em 31 de maio de 2013 às 20:39:17»
Moro em SP, acho que a correria se deve a duas coisas, a logística e hje a tecnologia. Qdo tem treinamento na matriz da minha empresa tenho que sair as 7 da manhã para chegar as 9 hras (preciso atravessar a cidade praticamente), aqui em sp tdo é longe... Com a facilidade de comunicação devido a tecnologia, agora vc está em um lugar, de repente recebe uma msg ou ligação e precisa estar em outro local urgente, acho que é isso, é por isso que detesto celular pq me acham onde eu estou kkkkk
avatar
Angelina em 31 de maio de 2013 às 20:18:37»
Esse post leu minha mente.
Justamente hoje eu sai e me estressei com a movimentação, como sempre.
E sempre que é assim, eu fico repensando minha vida toda, dizendo que não quero levar essa vida apressada , como eu vou aguentar... Enfim.

Poxa, admins esteve por São Paulo...Imagine só, eu ver Sir. Luisão por ai!
são paulada em 31 de maio de 2013 às 18:20:58»
Eu não corro quando saio em horários vazios. Correria ainda menos se morasse mais próximo dos lugares que preciso ir.
O que me incomoda mesmo é o tempo que perco no trânsito todo dia (totalizando 3h, em média), mesmo fora do horário de pico é impossível não pegar congestionamento em certos pontos
Aqui, só se anda de madrugada ou domingo de manhã
avatar
revolt4d4 em 31 de maio de 2013 às 18:19:17»
Bem mais que antes, mas é só o começo.
avatar
Politico Honesto em 31 de maio de 2013 às 17:21:09»
À medida que obtemos "facilidades" que nos permitem ganhar algum tempo (descobrir um atalho para chegar mais cedo no trabalho, por exemplo), sentimos a necessidade de aproveitar esse tempo extra obtido em outras atividades (o qual, em teoria, deveria ser utilizado para "respirarmos" um pouco), com as quais nos comprometemos, o que gera uma bola de neve de correria e estresse.