Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Página 1 de 2 (57 comentários)
« Ant. | Primeira | 1 | 2 | | Última | Prox. »

avatar
revolt4d4 em 23 de maio de 2014 às 21:58:09»
A chamada mostrando o estilo de vida dele lembra bastante o rei do camarote, mas ele fala de uma maneira bem diferente, logo se nota.
Flávia em 23 de maio de 2014 às 19:49:02»
Mulher mal educada, o tempo todo interrompendo o rapaz e ainda a consideram entrevistadora capacitada para a televisão. Tentou de todas as formas fazer com que o rapaz parecesse má pessoa.
avatar
Haiduqque em 07 de setembro de 2013 às 17:14:30»
Admin, agradeço os esclarecimentos. Não esperaria qualquer intenção xenófoba de você nem do Mdig. Muito pelo contrário!
O que acontece é que o título do post é infeliz. Se um dos intervenientes fosse judeu, quem compusesse o título do post pensaria duas vezes se essa caraterística importava referir. De fato, neste caso de nada interessa a nacionalidade. Quanto ao youtube, nem vale a pena ler os comentários sobre polêmicas. O nível é tão baixo que fere a inteligência de quem a tem.
Acresce referir que o jovem tatuado vive em Portugal por opção e não por necessidade. Aliás, ele é 25% de origem portuguesa, da parte do avô, e tem vivido em Itália desde os 9 anos até ao ano passado. Toda a sua família vive na Europa e saiu do Brasil há mais de 10 anos.
Admin, na verdade o rapaz de brasileiro tem apenas o sotaque e de português, apenas a língua materna. Ele não é brasileiro, nem português nem de parte nenhuma. Quem tem rios de dinheiro, como ele tem, é um verdadeiro cidadão do mundo e pode viver onde quiser.
Só pobre precisa de um país.

Abraços fraternos e transatlânticos smile
avatar
Redação em 07 de setembro de 2013 às 13:24:03»
Amigo Haiduqque, sinto em contradizê-lo, não existe nenhum apelo ao preconceito no título do post. Ele simplesmente localiza o leitor a respeito da nacionalidade dos protagonistas, como é muito comum nesses casos.

Porque o vídeo foi publicado? Você inferiu errado de novo. Porque é polêmico, porque é o post mais visto da semana, porque mostra duas caricaturas: uma Senhora culta e um playboy burro e ao final da entrevista temos um playboy educado e uma Senhora humilhada. Independente de nacionalidades.

Te convido a ler os comentários na fonte ou no Youtube para ver como quase se matam, o que outra vez não aconteceu aqui -apesar de um ou outro excesso-. O que é muito bom.

Abraços fraternos!
zé rosquinha em 07 de setembro de 2013 às 12:35:55»
desculpas,me intrometer,caiopa seu amigo nao se pode exibir porque exibiçao somente nos cinemas.looooooooooooooooooooooooooooool cool smile biggrin sad razz .desculpinha pela piada.
Ö logica+piada+opiniao-zé rosquinha se despede com um eclipse de abraços e avoadoras.Ö
Caiopa em 07 de setembro de 2013 às 12:15:39»
Eu tenho um amigo que é muito rico e ele sempre me diz: SE EU SOU RICO PQ EU NÃO POSSO EXIBIR MINHA LUXURIA?
avatar
Haiduqque em 07 de setembro de 2013 às 11:06:30»
xandy46,
o apelo ao preconceito está no título do post
"Jovem milionário ________ é duramente criticado por âncora de jornal ______"
(Ah, sim, esqueci de transcrever a caraterística suplementar de um e do outro, mas basta colocar lá que o jovem é tatuado e que a âncora de jornal é loura e logo o rumo do preconceito toma a direção pretendida)

O problema é que enquanto você notou a minha falácia do apelo ao ridículo, a maioria não se dá conta de ser manipulada pela falácia de apelo ao preconceito.
...e a ignorância alimenta-se dele.
Nunca li ou ouvi ninguém inteligente, culto ou intectualmente superior a apelar, mesmo sutilmente, ao ódio ou à raiva contra uma etnia ou nação. Quem o faz são generais e políticos ao serviço de interesses obscuros, porque sabem que a turba adora odiar qualquer coisa e isso é útil para eles.
avatar
Tyr em 07 de setembro de 2013 às 02:19:01»
Bem, tá ai a velha máxima "Antes tarde do que nunca" e voilá, havemos um ranca-toco no melhor estilo luso-brasileiro.

Tenham todos uma boa noite.
avatar
xandy46 em 06 de setembro de 2013 às 22:59:07»
É apenas uma forma de expressão Haiduqque, uma generalização, deixa de ser melindroso homem. mrgreen Da mesma forma que digo que "todos os portugueses não têm boa impressão", digo que "todos são bem recebidos". A velha mania de apelar ao ridículo e depois afirmar uma consequência. fool

Parabéns para você também! mrgreen
tut em 06 de setembro de 2013 às 21:53:20»
INVEJA MATA PRECISA DE VIDA.
zé rosquinha em 06 de setembro de 2013 às 21:51:49»
ae,ANDREAAG E Ulises Sampaio.os pontos de exclamaçao,a gramatica foram embora.tem tanto comentario aqui que daqui a pouco vai ter 2 ou mais ou menos de paginas. cool



Ö logica+piada+opiniao-zé rosquinha se despede com
um eclipse de abraços e avoadoras.ö
avatar
Haiduqque em 06 de setembro de 2013 às 21:38:01»
xandy46
"é fato notório que os brasileiros não são bem quistos em Portugal"
"todos os portugueses não têm boa impressão do Brasileiro"

Como não foi suficiente uma frase absurda, reforçou com outra ainda mais absurda.
xandy46, "TODOS OS PORTUGUESES"? Você conhece todos os portugueses?
E que ideia é essa de achar que os brasileiros não são benquistos em Portugal? Você acha que os brasileiros são TODOS iguais? Só pode!
É óbvio que, quem não tem atitudes e comportamentos adequados ao meio onde vive, não é benquisto. Seja em Portugal, no Brasil ou na China. O problema com alguns brasileiros que vivem em Portugal é eles não serem desejados em Portugal nem na sua terra de origem, nem o serão em lugar algum do mundo porque têm comportamento que inclusive incomoda e envergonha os outros brasileiros. Outros, por incapacidade de não falar outra língua, não se adaptam e odeiam Portugal com raiva de não poder emigrar para outro país europeu. Outros são tão estimados quanto outra pessoa qualquer porque são civilizados, amistosos e competentes e serão assim em qualquer lugar do mundo. Isto aplica-se a brasileiros, portugueses ou chineses.
É patética a figura que alguns brasileiros e portugueses fazem em guerras de merd@ uns contra os outros. São gente intelectualmente deficiente, que se sente diminuída por qualquer tipo de complexo cultural. Quem fomenta este tipo de querela passa um vergonhoso atestado de imbecilidade a si próprio. Parabéns!
E li algures aqui e tem razão quem o escreveu: este video NÃO É sobre uma portuguesa contra um brasileiro. Quem assim o interpretou mostrou-se tacanho. Aliás, o que está em causa nem sequer é o fato do jovem esbanjar dinheiro de forma excêntrica pois há quem o faça ainda com mais ostentação. O que suscitou polêmica é o jovem, por imaturidade, querer aparecer e querer ser famoso por ser gastador e dar festas milionárias num tempo de crise econômica. Ele bem pode gastar o dinheiro dele, como qualquer um faz, que nunca seria notícia. Ele quis ser famoso por gastar dinheiro de forma insana, e conseguiu.
Portanto, o jovem ser brasileiro NÃO É a causa da polêmica, daí não perceber bem qual o verdadeiro motivo deste video aparecer no MDIG. Não faz sentido. Só se foi por equívoco relacionado com algum tipo de nacionalismo.
E TODOS deviam saber onde os nacionalismos começam e, principalmente, onde acabam.
Garnizé em 06 de setembro de 2013 às 21:16:40»
Este é o link correto:

http://youtu.be/b4wbv1VMdYU
Garnizé em 06 de setembro de 2013 às 21:14:24»
Vejam as reacções à entrevista:

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=Cg4PE5KxV5Q
avatar
Dominique em 06 de setembro de 2013 às 16:18:12»
Que mulher idiota, nem serve para ser jornalista. Cadê a imparcialidade? Não entendo essa visão que as pessoas têm de achar que é errado ser rico.
avatar
headbanger em 06 de setembro de 2013 às 14:12:42»
Existem pessoas de bom e de mau caráter, em qualquer lugar do mundo.

Então, não dá pra generalizar.

A senhora da reportagem julgou o livro pela capa, e acabou passando vergonha. O rapaz venceu ela pela paciência e humildade.

Não estou dizendo que ele seja uma boa pessoa, e nem uma má. Não o conheço pessoalmente. Mas demonstrou, no mínimo, educação e respeito.
avatar
Admin em 06 de setembro de 2013 às 13:43:12»
Quim, você não entendeu. O problema começou quando houve um período prolongado para sermos atendidos, depois, quando minha esposa perguntou se tinha keep cooler (ou coisa assim) o garçom disse, de uma forma um tanto quanto ríspida, que as únicas bebidas da casa constavam no menu. Foi ai que pedi o vinho, provei, falei que estava estragado, levantei-me e fui embora.

Não creio que os motivos sejam do conhecimento de todos os brasileiros sunsett, senão de alguns portugueses, que nesse caso, julgam o livro pelo rodapé da última página.
QUIM em 06 de setembro de 2013 às 13:00:31»
LuisãoCS,

Não sei qual era o vinho, nem se você já o conhecia, mas podia já ser assim, de um gosto mais amargo, no entanto, você podia ter pedido outro vinho igual mas que estivesse em perfeitas condições, caso não lhe fosse fornecido o dito cujo, em excelentes condições, então podia, e devia ter feito uma reclamação por escrito no livro de reclamações, tem lá as instruções para completar os formulários como deve ser, e só o facto de pedir o livro de reclamações ( que é obrigatório fornecerem, e um fiscal dentro de 1 mês, no máximo, vai averiguar a situação) poderá fazê-los oferecer outro vinho de igual valor...

Eu por acaso num café em Guimarães, cidade espectacular onde vivo, pedi um fino (cerveja tirada á pressão) quando ele trouxe eu provei e não gostei mesmo do fino, sabia mal (éramos 3 pessoas a dizer o mesmo) dissemos ao funcionário que o fino não era bom, e ele ofereceu-nos 3 garrafas de Super Bock, e só pagamos o valor dos finos, que era bem mais inferior ao das cervejas.

Ele pediu desculpas, e não quis levar nem gorjeta, dizendo que não era necessário e que o fez de bom grado.

E pode ir por mim, pessoas simpáticas é em Guimarães/Braga, obviamente que pode encontrar um mau encarado como em qualquer outro sitio, mas no Porto as pessoas são um pouco mais frias, típico das grandes cidades
sunsett em 06 de setembro de 2013 às 12:42:26»
Eu lido com brasileiros no trabalho...uns são excelentes, outros nem por isso... ou seja, são como os portugueses, espanhóis... Relativamente á fama, sim, é verdade..não tem boa fama. Por causa de uns, pagam todos... e os motivos são do conhecimento de todos os brasileiros...
Ulisses Sampaio em 06 de setembro de 2013 às 12:05:57»
Pipocas? Amendoin? Pãezinhos de Santa Clara? Bolinho de bacalhau?
0,50 Euros! Só hoje! Só hoje!
avatar
Admin em 06 de setembro de 2013 às 12:05:08»
Quando vou a Portugal, fico na casa de um grande amigo em Entroncamento, cidadezinha adorável onde sempre sou muito bem tratado. Somente uma vez fui mal atendido em um restaurante no Porto, no entanto tenho certeza de que nem foi pela nacionalidade e sim pela falta no atendimento. Pedi um vinho caro, falei que estava azedo e fui para outro estabelecimento. Aí sim ele deve ter pensando: Brazuka fdp! mrgreen

O turismo, como o Moon falou, é uma questão simples e pura de comércio. Somente nós brasileiros temos esta mania de sair abraçando todo mundo como se fôssemos amigos de longa data. Parabéns e felicidade para nós!
avatar
xandy46 em 06 de setembro de 2013 às 11:54:15»
Estou dizendo que conquanto todos os portugueses não têm boa impressão do Brasileiro, aqui todos esses são bem recebidos.
QUIM em 06 de setembro de 2013 às 11:46:52»
xandy46,

Tás a dizer que todos os brasileiros não têm boa impressão do Português e depois dizes que quando este povo vai para o Brasil é bem recebido?

Eu não disse que o Brasil em criminalidade esteja no top mundial, apenas em comparação com Portugal, sim, está bem mais acima.
Obviamente que se deve ao tamanho do país, e a mais mil e um factores sociais, económicos e culturais, mas não deixa de ser um facto verídico.

Também é bem sabido que, de modo geral, o povo do Norte é mais hospitaleiro que o do Centro, e que o povo da zona rural é mais hospitaleiro que o da zona urbana...

Tudo isso aliado ao mau entendimento, ou a uma brincadeira levada muito a sério, pode originar mau trato para com toda a gente, seja brasileiro, chinês, marroquino, Espanhol, Italiano, Francês ou até mesmo Português...
avatar
Moonwalker em 06 de setembro de 2013 às 11:45:07»
(uma treta has been planted)
avatar
Moonwalker em 06 de setembro de 2013 às 11:39:58»
Na boa, todos os países tratam bem os turistas enquanto compradores, mas detestam como pessoas. Pode ser aí o problema: não vai comprar, deixar dinheiro aqui, então por quê veio?
avatar
xandy46 em 06 de setembro de 2013 às 11:24:26»
Não depende de nada. Todos sabem que português é melindroso que dói, porém não dá para entender todo o melindre com a afirmação do Luke: é fato notório que os brasileiros não são bem quistos em Portugal, enquanto o contrário não tem correspondência. Muitos europeus falidos estão vindo para o sul do Brasil e são recebidos de braços abertos.

A violência descarada também não é um acontecimento normal e nem faz parte do cotidiano, a violência continua a estarrecer todo mundo. É bem mais provável que assaltos a mão armada aconteçam mais nos Estados Unidos do que aqui. fool
sunsett em 06 de setembro de 2013 às 11:24:18»
Aqui, em Portugal, esta Sra. Jornalista foi duramente criticada nas redes sociais, etc.. Todos somos da opinião que cada um faz o que quer com o dinheiro e ninguém é hipócrita ao ponto de dizer que não faria o mesmo.. Esta Sra. só fez um grande favor a este rapaz: tirou-o do anonimato...
QUIM em 06 de setembro de 2013 às 10:27:14»
->LukeSchimmel,

Depende de que zona do País você visitou, depende da situação em causa, depende do tom usado por si e pelos demais...
Se puder explicar melhor esses factores, expondo a situação de forma neutra, seria mais fácil arranjar uma explicação para o sucedido.

De lembrar também que em Agosto de 2008 (salvo erro), 2 cidadãos brasileiros invadiram um banco, com armas de fogo e fizeram reféns 2 pessoas, ás quais apontaram a arma á cabeça, após várias horas de negociação por parte da policia portuguesa, foram disparados 2 tiros para matar os assaltantes, e acabar com o martírio dos reféns.

No Brasil, segundo o que é passado cá para fora, isto é um acontecimento, quase normal, muito comum, acontecem várias vezes, desde há muito tempo, e faz quase parte da vida de toda a gente...(atenção apenas me baseio no que ouço e vejo dos jornais)

Em Portugal um acontecimento desses é como uma bomba, isso é tão raro acontecer que eu em mais de 20 anos nunca tinha ouvido/visto nada do género, e quando acontecia, muito raras foram as vezes em que envolviam cidadãos portugueses, era quase sempre de origem africana, romena, cigana... (atenção não sou racista, nem estou a incentivar ao ódio das demais etnias raciais, é apenas um facto que estou a relatar)

Portanto, apesar de estúpida esta reação, o povo português no geral, passou de certa forma, a assumir que todas as pessoas dessas etnias raciais, (incluindo brasileiros, após o acontecimento em 200 cool , eram de má fé, e portanto sempre que tinham de socializar com estes, faziam-no sempre de pé atrás.

Não estou a tentar desculpar ninguém estou só a expor uma realidade.
Ulisses Sampaio em 06 de setembro de 2013 às 08:55:07»
Primeira vez que vejo um comentário narrando um quebra.
rs rs
Deveria ser narrador de jogo de futebol: "Ciclano chuta Beltrano que parte para a ofensiva dando no saco do atacante loucuraaaaa esse sem deixar barato cospe no olho do adversario e insulta a mãe do mesmo dizendo que ela não é homem ofendido com esse desaforo o segundo chama o moderador que faz vista grossa e diz pra continuar a peleja chega o admin toma a bola olha o relogio e apita o fim do post!"

Virgulas, pontos e exclamações saíram de férias! lol
Genioso em 06 de setembro de 2013 às 03:50:43»
Entrevista tendenciosa; apelativa e constrangedora! Cada país tem a "Sônia Abraão" que merece! wink

Não sou rico; pelo contrário; mas penso que ninguém tem que se retratar por ser playboy e viver como um; seja em Portugal ou aqui no Brasil!

Ele gasta o $$$ que tem como quiser; com quem quiser e a hora que quiser! Ninguém tem nada com isso!
ANDREAAG em 06 de setembro de 2013 às 00:11:29»
Zé rosquinha, gramática e pontuaçáo prá que né....afffff
zé rosquinha em 05 de setembro de 2013 às 23:35:07»
se equivocou,xandy46.no post os tuneis de chiba.politico honesto brigou com o de um comentario a mais.a1,olá e mais gente foi pedindo para eles pararem de brigar só que politico honesto ficou nervoso com o comentario do olá [que era o melhor] e o insultou e cafa viu que eles
nao paravam de brigar e xingou todo mundo falando``tudo corno´´
de um comentario a mais foi falar com ele o que ele tinha escrito e acho que ele nem respondeu.depois o mdig cansado da briga apagou uns comentarios,e eles continuarao a brigar mas quem terminou foi de um comentario a mais se rendendo e insultando politico honesto,e começou de novo a briga e politico honesto falou ``pobre infeliz.´´ ae eu acho que o de um comentario a mais achou que ele nao estava insultando naquele comentario e nao falou mais nada,ae chega o tut falando se podia fazer uma piada por essa briga e nem responderam.respondi seu comentario sem perguntas,desculpase me intrometi e se xinguei alguem.
avatar
Politico Honesto em 05 de setembro de 2013 às 22:55:34»
Assisti à "entrevista". Interessante.
gioconda em 05 de setembro de 2013 às 20:45:50»
LukeSchimmel,
Olha Portugal tem todo o ano 12 milhões de turistas de todo o mundo.
Portugal tem cerca de 400 000 imigrantes vivendo lá.
A grande maioria de imigrantes e turistas acha os portugueses mais hospitaleiros e simpáticos para com estrangeiros do que a maioria dos outros povos. O número de turistas todos os anos cresce e é maior que a população residente...
Assim, LukeSchimmel, se você lá foi tratado mal, então talvez tenha sido justificado, o erro foi seu. Há comportamentos que não são tolerados em certos locais do mundo e aí talvez voce tenha falado ou feito algo de pouco civilizado. Só pode.

Ah e esquecem uma coisa importante. A questão do video não é o rapaz ser brasileiro e a ancora ser portuguesa. Essas questões não tem qualquer importãncia no caso. É ele ser podre de rico e esbanjar fortunas em coisas bobas, só isso.
Jonhy em 05 de setembro de 2013 às 20:09:33»
A apresentadora fica o tempo inteiro falando em ser fútil. Então por que o jornal e ela - que devem ser tão cultos - perderam tempo fazendo a entrevista? Cada um gasta o dinheiro que tem como quiser...
avatar
cacafilho em 05 de setembro de 2013 às 19:32:15»
invejosa.. na boa!
HAHAUHAEA
as pessoas querem culpar o cara por ter dinheiro!
avatar
Moe em 05 de setembro de 2013 às 19:05:04»
O rapaz falou muito bem, não é errado ter dinheiro.
Br em 05 de setembro de 2013 às 17:50:51»
Engraçado,ninguem falou de como os PORTUGUESES exploraram o Brasil e os brasileiros no passado,tiraram daqui muitas das nossas riquezas deixando o NOSSO povo na miseria,comendo migalhas e o pior,com essa herança cultural escrota.Daí chega um brasileiro,podre de rico por lá e eles ficam doídos....fala sério né??
avatar
xandy46 em 05 de setembro de 2013 às 17:44:25»
O Mdig é o único site que eu conheço onde Brasileiros e Portugueses não se matam nos comentários. Tá certo! mrgreen
avatar
fidalgo em 05 de setembro de 2013 às 17:26:15»
Há aqui um pequeno erro, 300.000€ corresponde a cerca de 800.000 reais.

Em todo o caso, o miúdo gasta o dinheiro dele onde quiser. Não é a primeira vez que isso acontece aqui em Portugal, e é igual em qualquer parte do mundo. Quem tem dinheiro paga para ser famoso, ter aquilo que os outros não têm, comer aquilo que os outros não comem, viajar por onde os outros não podem.

Há poucos dias, num estabelecimento comercial "topo de gama" encontrei diversas garrafas de vinho a 5.000€, cerca de 6.500 reais, e caviar a 80.000€ o kilo, cerca de 100.000 reais, e quem lá foi no dia seguinte estes artigos já não estavam nas prateleiras...alguém os comprou...

Quanto aos Portugueses tratarem mal os Brasileiros poderá ter a ver com a quantidade e sobretudo qualidade de muitos que para cá emigraram sobretudo nos anos de 1990 até 2000, 2005.

O sotaque Brasileiro que era muito acarinhado pela generalidade dos Portugueses passou a ser sinónimo de pessoas, felizmente nem todas, de baixo nível social, para não descrever os adjectivos pelos quais passaram a ser conhecidos no meu país, Portugal.

Convirá não esquecer aquele Português que atraiu 5 compatriotas a Fortaleza e ali os assassinou para usar os seus cartões de crédito e o dinheiro que eles levavam...

Felizmente as coisas já se inverteram e hoje, a generalidade dos Brasileiros que nos visitam são pessoas de alto nível, cultural, intelectual, educacional, etc.

Em ambos os casos falo com conhecimento de causa, conheci alguns maus, (péssimos) e agora conheço os bons.

Também já visitei o Brasil e conheci bons e menos bons.

Quanto à jornalista, à semelhança de políticos, e quejandos, é mais uma parasita das muitas e muitos que temos que sustentar com o dinheiro dos nossos impostos.

1 abraço para todos os Brasileiros, os bons e os que, por razões diversas, são menos bons.
avatar
LukeSchimmel em 05 de setembro de 2013 às 14:30:33»
Eu não posso ver o vídeo agora mas admito que já viajei um pouquinho e de todos os países que já visitei o único lugar que cheguei a ser tratado mal foi em Portugal. Eu não irei julgar um povo por algumas dezenas, até porque já conheci alguns portugueses legais aqui mesmo no MDig) mas foi decepcionante. (Eu tenho certeza que já falei isso por aqui meia centena de vezes aqui)
avatar
Haiduqque em 05 de setembro de 2013 às 13:23:29»
"Não tenho invejo de quem tem
carros, parelhas e montes.
Só tenho inveja de quem bebe
a água em todas as fontes"

Ele parou de estudar para se dedicar à vida mundana.
É famoso por ser rico e não por ter algum talento especial.
Ele sempre terá dificuldade em distinguir quem o ama de verdade de quem, na verdade, ama seu dinheiro.

Então, ter inveja de quê?
Só se for da grande sabedoria filosófica que tinha Confúcio:
"mais vale ser rico, jovem e saudável do que ser pobre, velho e doente"
Ana Syrio em 05 de setembro de 2013 às 12:49:23»
Recalcadíssima...kkkkkkkkk
avatar
Roberto 100 em 05 de setembro de 2013 às 12:19:00»
Não achei a que entrevistadora fez criticas duras, ela apenas foi incisiva nas perguntas já que estava a falar da forma de vida excêntrica do jovem.
Salva ressaltar que cada um faz o que quer da vida e como ele mesmo disse: ele não tem obrigação de ajudar ninguém o dinheiro é dele ele gasta como quiser.
avatar
revolt4d4 em 05 de setembro de 2013 às 12:01:32»
Um brasileiro educado? Vejo o vídeo mais tarde.
avatar
Moonwalker em 05 de setembro de 2013 às 11:38:37»
Não, Haiduqque... De forma alguma! Eu acho errado e moralmente jamais toparia ficar rico de forma ilícita. É contra meus princípios.
Mas o fato é que a sociedade está cheia de pessoas assim, é uma realidade que não adianta fingir que não existe e que eu particularmente acho que não cabe a eu sozinho tentar mudar. O que eu quis dizer com o "tanto faz" é que eu me preocupando com isso ou não, o cara vai continuar esbanjando do jeito que achar melhor. Então eu vou viver a minha vida de pobre da melhor maneira que for possível, e ele que viva a dele. Quem sabe um dia esse tipo de injustiça seja desfeita.
Yano em 05 de setembro de 2013 às 11:13:51»
portguês é burro mesmo em!? já pararam pra pensar que esse rapaz está ajudano a distribuir renda? já pensou se todos parassem de comprar, o caos seria bem maior.
avatar
Haiduqque em 05 de setembro de 2013 às 11:09:47»
Moonwalker, um dos males deste mundo será os que se tornaram milionários de "forma ilícita" através da usura, roubo, falsificação, exploração do trabalho alheio, venda de armas ou droga, etc...
ou achar moralmente aceitável, normal e justo enriquecer dessa "forma ilícita"?
avatar
Elbereth em 05 de setembro de 2013 às 11:01:48»
É realmente uma ideia idiota... é feio ter dinheiro.

Minha mãe costumava falar pra eu tentar me relacionar com pessoas da mesma classe social que eu. Eu achava preconceito, mas hoje entendo um pouco melhor. Não é porque as pessoas com menos dinheiro são menos do que eu... é simplesmente que eu não posso virar pra todo amigo meu e falar "comprei um ipad novo" sem receber um olhar de inveja, um comentário do tipo "nossa, tá rica, ehn!".

É mais fácil e até mais proveitoso, dá mais incentivo e determinação conviver com pessoas que, como eu, conseguem guardar um dinheiro todo fim de mês pra final do ano comprar uma coisa um pouco mais cara de auto-presente de natal, ou fazer uma viagem bacana.

P.S. nada do acima comentado quer dizer que eu sou rica. Não sou, ainda mais agora que vivo só do que eu ganho, sem ajuda dos meus pais. Só que não posso falar que sou pobre.
avatar
Haiduqque em 05 de setembro de 2013 às 10:59:55»
Esta apresentadora é uma das rainhas da hipocrisia televisiva em Portugal; o milionário, um narciso perdulário brega que vive num mundo artificial. Recentemente a apresentadora perdeu um marido e o milionário ganhou milhares de amigos.
Nem um nem outro são exemplos realistas a seguir. O busílis do video é que os basbaques ficam fascinados pelo "príncipe", invejam a sua fortuna, "beleza" e aventuras e ficam a odiar a "bruxa má".
Em pleno século XXI as pessoas continuam a criar e a consumir avidamente estórias de encantar com bruxas e príncipes. O atraso civilizacional continuará.
Página 1 de 2 (57 comentários)
« Ant. | Primeira | 1 | 2 | | Última | Prox. »