Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Isabela em 10 de novembro de 2013 às 21:15:05»
Eu comeria o churrasco e a feijoada.
rere em 20 de outubro de 2013 às 20:49:57»
Aí vai uma receita de família:

Grão de bico especial:

500 gramas de grão de bico deixado de molho de véspera e cozido só com sal, um pouco de cebola para dar gosto até ficar al dente..

Uma colher de chá de páprica picante

uma de páprica doce.

uma colher de café rasa de pimenta da jamaica.

linguiça calabresa fatiada

Bacon em cubinhos

Uma cebola grande, a maior que encontrar.

Uma colher de sopa bem cheia de massa de alho, sem sal.

uma latinha pequena de extrato de tomate.

Modo de fazer:

frite a linguiça e o bacon até tudo dourar, tire o excesso de gordura e no que sobrar, na mesma panela, frite a cebola até começar a amarelar e depois acrescente o alho, e refogue, quando tudo estiver douradinho, devolva as carnes, coloque o extrato de tomate e um pouco do caldo do cozimento do grão de bico e deixe refogar por 5 minutos, depois acrescente as pápricas a pimenta, e o grão de bico com o resto do caldo, tampe e deixe cozinhar até apurar! Sirva com arros branco e batatas salteadas cobertas com salsa e cebolinha bem miudinhas.

Outra receita de família: Caldo de mariscos.

O quanto baste de mariscos com casca, um limão siciliano, um maço pequeno de salsa e cebolinha, uma cebola média.

Modo de fazer: Lave bem os mariscos e elimine todos os que estiverem abertos, ponha para ferver em uma panela bem grande, para que possa sobrar bastante caldo, junto com a cebola miudinha e o caldo do limão (reserve a casca para fazer raspas e polvilhar por cima depois). Cozinhe depois elimine todas as conchas que não se abriram! Coe e sirva o caldo com bastante salsa e cebolinha picados em cima + as raspas e os mariscos em outra cumbuca!
rere em 20 de outubro de 2013 às 20:37:52»
Tirando as lagartas, acho que experimentaria TODOS e talvez comesse todos até o fim, também!

p.s. minha familia é toda misturada com espanhol, índio, negro e egípcio, comer Bem é hábito adquirido no berço!
avatar
revolt4d4 em 17 de outubro de 2013 às 16:25:31»
Interessante.
Matahari em 12 de outubro de 2013 às 21:09:30»
Uma das minhas avós era portuguesa. Fazia um cozido português que me deixa com água na boca quando lembro.
Meu avô era espanhol e era excelente na cozinha com temperos, tudo muito carregado de alho. A outra avó era "dos matos", qualquer comida caipira ela fazia.
Que pena que eu era muito criança pra aprender algo com eles.
AChein em 12 de outubro de 2013 às 20:21:21»
tenho uma pena imensa de quem não teve uma vovózona!
tudo é bem comível, alguns até MUITO comíveis. o prato malawês pros cabeça de onça deve ser banquete!
Tyr 100 Logar em 12 de outubro de 2013 às 13:39:21»
Véi, quando me meto a cozinhar faço um macarrão que chamam de ignorante (seguindo a tradição, claro) que vai carne moída, azeitona, champiom e umas folhinhas de cheiro-verde.

Só não comem a travessa porque é de vidro.

Sim! O vovô aqui (agora é oficial) é bom no fogão!

(Desculpa a falta de modéstia. mrgreen )
avatar
LukeSchimmel em 12 de outubro de 2013 às 12:37:13»
Se eu tento imaginar o Tyr cozinhando... me vem na cabeça comida do exercito (ainda que eu nunca tenha comido... ou visto). Tyr, seus netos comem quando você cozinha ou tem alguma fuga?
Maria Fernanda Sinsi em 12 de outubro de 2013 às 11:07:17»
não comeria a lagarta por nada....gostei do turco, brasileiro é claaaaroo,deu até água na boca kkkk, iria adorar..o do egito deve ser bom mas aquele da espanha miúdos de filhote de cordeiro...não ía descer.
Tyr 100 Logar em 12 de outubro de 2013 às 05:31:27»
Minha avó materna (baiana da gema) fazia um bijú, uma galinhada, uma leitoa e um feijãozinho que, menino! oxente! Que coisa boa da peste!

Saudades daquela sargentona usando saias.
avatar
LukeSchimmel em 11 de outubro de 2013 às 20:49:55»
Moon, perdão. Eu nunca percebi isto. A verdade é que fiz uma critica aos planos de celulares pré-pagos e não as pessoas que o usam. Eles mascaram um serviço, que apesar do potencial, com outros pequenos serviços que, embora pareçam simples e melhorias, quando postos com as ações abusivas de empresas e péssima infraestrutura levam, no fim, em um serviço que não vale a pena.

E quanto a feijoada light: Eu não conhecia uma mistura de feijão, pimenta, laranja/lima... (e muito menos light)
Luis Goes em 11 de outubro de 2013 às 18:11:13»
Não é na Etiópia que passam fome? oO
avatar
Moonwalker em 11 de outubro de 2013 às 16:15:46»
Luke, vou te explicar. Algumas vezes você tem deixado transparecer o efeito da boa vida em seus conceitos. Você é um cara legal, não deixe que o poder aquisitivo leve essa qualidade, ok?
Mas tambe acho que me expressei no post errado. Tudo começou com aquele post sobre a Anatel, que você criticou os celulares pré-pagos - os mais usados no Brasil justamente porque a população é pobre.
avatar
LukeSchimmel em 11 de outubro de 2013 às 15:59:21»
Moon, por qual motivo, especificamente? Eu apenas comentei que eu fiquei um bem confuso com a imagem do prato brasileiro... porque mesmo eu sendo brasileiro, isto é incomum a mim.
avatar
Confortably Numb em 11 de outubro de 2013 às 13:01:17»
Primeira coisa que eu pensei quando vi foi:"Como as palavras feijoada e light estão juntas assim?" [2]

Minha avó materna fazia uma comida sensacional, mas como ela morava no interior da Bahia eu a visitei apenas umas 5 veses durante minha vida, ou melhor durante a vida dela. Ja minha avó paterna acho melhor não comentar, tadinha... lol

Fiquei com vontade de bastante coisas ai... principalmente aquelas feitas com carnes que não sejam de vaca ou frango... rolleyes
avatar
Moonwalker em 11 de outubro de 2013 às 10:27:20»
Luke, sempre gostei do seu perfil de comentarista, mas seus comentários ultimamente estão me irritando. Desculpe, deve ser a idade. rolleyes
Curiosamente gostei do aspecto de todos os pratos. Até o das lagartas pareceu apetitoso. Eu lembro com um certo pesar que nunca cultivei uma relação tão achegada com os meus avós. Talvez isso doa mais quando restar apenas lamentar por eles.
avatar
Dessabelle em 11 de outubro de 2013 às 10:02:43»
Primeira coisa que eu pensei quando vi foi:"Como as palavras feijoada e light estão juntas assim?"
avatar
Marron em 11 de outubro de 2013 às 07:51:57»
Show!
avatar
Politico Honesto em 11 de outubro de 2013 às 05:34:24»
Conhece alguém "de perto" assim, Luke?
Detalhe: Feijoada Light. Imagine uma mais calórica.
avatar
LukeSchimmel em 10 de outubro de 2013 às 23:10:46»
Politico... é possivel ser avó com 30 anos biggrin
avatar
LukeSchimmel em 10 de outubro de 2013 às 23:10:10»
Que isso? Isso é mesmo Brasileiro? Que coisa esquisita é aquela? Laranja com comida salgada? eek
Acho que tive um choque cultural, com minha própria cultura. confused
Ulisses Sampaio em 10 de outubro de 2013 às 22:48:09»
Bem, eu comeria qualquer coisa da direita. Da esquerda, de jeito nenhum!
avatar
Evandro Eloy em 10 de outubro de 2013 às 20:40:02»
Eu comeria muito o prato Letão...
avatar
Politico Honesto em 10 de outubro de 2013 às 19:41:17»
Algumas nem têm cara de avós.
avatar
cacafilho em 10 de outubro de 2013 às 19:35:32»
Feijoada pra mim.. hahahahaa
ta aí uma coisa q eu nunca tive boa.. cozinha da minha avó..
elas nunca foram eximias cozinheirass! =C
avatar
Angelina em 10 de outubro de 2013 às 18:22:29»
A maioria ai parecem saborosos.
Me deu fome. sad

Cada um faz o que pode...