Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
revolt4d4 em 08 de fevereiro de 2014 às 00:25:29»
Hum
avatar
xandy46 em 07 de fevereiro de 2014 às 22:38:45»
Na boa? Um Jumneto! ma
avatar
PadreTorque em 05 de fevereiro de 2014 às 09:59:30»
Eu adoro esse tipo de crente.
Deixa os cristãos parecerem idiotas completos !
Rsrsrsrrsrsrsrsrs
smile
avatar
Roberto 100 em 05 de fevereiro de 2014 às 00:32:03»
Pra mim o pior não é um imagem chorar sangue ou sei lá o quê, e sim as pessoas acreditarem que o demônio existe. fool
avatar
tchago em 04 de fevereiro de 2014 às 22:02:32»
CRENTELHO,,,,,,,,,,,mais um que se acha e acredita cegamente nas próprias palavras, mas se ele faz isso com seu rebanho no altar da sua igreja, prega a palavra nesse tom de voz, inquisitório, acusatório, com tanta sabedoria e frieza, a culpa não é dele...... e sim das pessoas que ficam ouvindo esse cara falar, resmungar.
Pessoas que não sabem ao certo a distinção das coisas, e acreditam nessas palavras como crianças que estão aprendendo algo novo,,, apenas curiosas, e a curiosidade pode ser em muitos casos muito perigosa...
Célio em 04 de fevereiro de 2014 às 19:05:35»
Muitos não católicos pensam que porque existem imagens na igreja, elas são adoradas.

Esse não é o meu caso e tampouco dos católicos que conheço.

Sinceramente, eu não sei de onde surgiu essa farsa de adoração de imagens impingidas aos católicos.
Elson Antonio Gomes em 04 de fevereiro de 2014 às 17:01:21»
Concordo com a Raven, o William agarius disse tudo!
Raven em 04 de fevereiro de 2014 às 15:27:04»
William agarius: mesmo não sendo evangelica,tenho absoluta certeza que não poderia dizer nada melhor do que vc escrever. Parabéns!!
Cdr em 04 de fevereiro de 2014 às 14:04:01»
Fica difícil distinguir qual é o mais ignorante. Se são os que acreditam que um pedaço de pedra chora sangue ou um que diz que o mesmo pedaço de pedra é um demônio!

Fuzila todo mundo, só vai se perder as balas! -_-
avatar
Confortably Numb em 04 de fevereiro de 2014 às 13:08:53»
kkkkkkk.... Eu adoro quando eles se auto proclamam "sacerdotes", é lindio!
avatar
Haiduqque em 04 de fevereiro de 2014 às 12:51:13»
O cristianismo é a única religião que venera um deus de outra religião. Não podia começar pior.
Desde aí, tem vindo a fragmentar-se em incontáveis seitas. Apesar de muito diferentes, todas e cada uma delas prega a "verdadeira Verdade".
Em todo o mundo o cristianismo dá emprego e enche os bolsos a milhões de funcionários de deus, como é o caso deste pastor Poroca.
Agora é tarde demais - se o cristianismo acabasse agora provocaria um aumento trágico do desemprego.
William agarius em 04 de fevereiro de 2014 às 11:49:07»
Curioso... Sou Cristão, frequento uma igreja evangélica e acredito tanto em Deus quanto no diabo. Creio na Salvação e na Perdição. Só não consigo acreditar como esses "líderes" religiosos conseguem avançar na vida com o nome de Jesus pregado à boca falando tanta besteira.

Cara de atitude arrogante, prepotente e sem humildade alguma. Cristo quando ensinava ou exortava alguém, era sempre com amor e sabedoria, sempre com mansidão ao dizer, para convencer a pessoa do pecado e não deixá-la assustada ou ainda mais desanimada. Mas estes não, preferem "espumar" ódio e intolerância e causar ainda mais repúdio às pessoas que ainda não creem em Deus.

A Bíblia fala sim sobre adoração à imagens e esculturas, mas não se prende só a isso; ela fala de toda e qualquer idolatria. Ora, também acho um erro os católicos adorarem essas estátuas, mas nem por isso os condeno; afinal, se este erro é pecado e pecado o afasta de Deus, qual seria a diferença para os evangélicos que idolatram seus pastores, cantores, artistas gospel e tantas outras coisas? Não estariam eles também pecando e errando, e nas palavras deste cidadão aí: se condenando ao inferno?

Tenho uma leve pena desses que ao invés de usar sua boca para abençoar vidas e levar a alegria e o amor ensinados por Cristo, preferem julgar e condenar tudo e todos como os escribas fizeram nos tempos bíblicos.

Curioso... muito curioso... o povo esquece que quem crucificou Jesus na cruz foram os próprios religiosos que diziam servir a Deus. Hoje, não vejo diferença...

sad
avatar
Politico Honesto em 04 de fevereiro de 2014 às 11:46:52»
"Evidentemente que há alguma explicação plausível para o fato (sempre há) e nunca tem a ver com milagres ou coisa do gênero, mas as pessoas costumam obstaculizar a verdade para acreditar em milagres."

O mesmo tipo de pessoa que prefere colocar a culpa de seus problemas no destino, na "vontade divina" e em outras bobagens a assumir a responsabilidade por eles e tentar entendê-los, a fim de solucioná-los.
avatar
Politico Honesto em 04 de fevereiro de 2014 às 11:34:13»
Lá vamos nós. O que esse cara fumou?