Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
speed em 20 de fevereiro de 2014 às 08:29:14»
Eu trabalho aqui do lado onde a velha escurraçou o deficiente. Fica na Esquina da Av. Paulista com a Brig. Luiz Antonio. Esse deficiente aí é famoso ali. Fica sempre em frente a uma banca de jornais pra se proteger do sol e é muito conhecido de todo mundo por ali, que passam, dão uma ajuda e muitos param pra conversar um pouquinho com ele.
O lance é que esse entorno da Av. Paulista é um lugar surreal. O índice de idosos que moram nesse pedaço é imenso. São moradores muito, mas muito antigos e que tem aquela mentalidade burguesa do tempo dos barões do café.
Deve ser por isso que o que mais tem nesse pedaço é hospital, laboratório e farmácias...
rex em 19 de fevereiro de 2014 às 20:22:28»
é incrível como a vaca da que foi detida no segundo vídeo tinha razão,apesar de ser detida e o crime de racismo ser inafiançável ela pode responder o processo em liberdade PUTA QUE ME PARIU....não sei nem o que dizer pra uma patifaria dessas só indignação e um ódio mortal por dentro,e viva o brasil o pais de "todos" (que tem dinheiro é claro por que o resto que se foda)
avatar
PadreTorque em 19 de fevereiro de 2014 às 18:00:21»
Surreal...
Ainda se briga por diferença de cor...
:-/
Spectro em 19 de fevereiro de 2014 às 15:41:51»
Hahaha, esperaram até um carro da polícia naquele primeiro vídeo, engraçado que quando foi o primeiro rapaz, mostraram pouco o rosto das pessoas, e as que eles mostraram, claramente olharam desconfiadas. Já com o segundo, mostram dois caras que PROVAVELMENTE estavam dentro de uma loja (e só mostram aquelas pessoas), e saíram para ver o que estava acontecendo. E podem ter colocado o primeiro cara chegando no carro e ele ter ''esquecido'' as chaves dentro. Existem várias maneiras de manipularem esse tipo de vídeo. Não acredito nesses videozinhos.

Agora os dois últimos vídeos são absurdos. Mas no ''país de todos'', não deve acontecer nada para nenhuma das duas.
avatar
xandy46 em 19 de fevereiro de 2014 às 13:46:14»
Se fosse uma negra ou parda que tivesse cometido um crime hediondo contra as mulheres dos dois últimos vídeos, conseguiria um habeas corpus ou estaria mofando na cadeia? rolleyes
avatar
LukeSchimmel em 19 de fevereiro de 2014 às 12:13:09»
Se racismo fosse apenas Branco -> Negro, seria muito mais fácil resolver.
avatar
Politico Honesto em 19 de fevereiro de 2014 às 10:26:32»
Ao contrário do que muitos acreditam, racismo, ou melhor, o preconceito pela cor da pele (racismo, de fato, é querer dividir a raça humana em outras raças, já que as diferenças genéticas entre as atuais etnias não são quantitativamente suficientes para a classificação em mais subespécies) não é "natural" ao ser humano, mas adquirido. Prova disso é que crianças de uma etnia não sentem qualquer tipo de rejeição por aquelas de outra etnia, apesar de notarem as diferenças físicas. Tudo começa com a "educação" que os pais lhes dão ou por influência de outras crianças, já "experientes".
avatar
Politico Honesto em 19 de fevereiro de 2014 às 10:04:48»
"O que eu custo a entender é, sendo o crime de racismo inafiançável, como ela conseguiu um habeas corpus para responder ao processo em liberdade?"

O mesmo que me perguntei, quando soube do caso. No fim, acho que "entendi".