Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
guizul em 04 de julho de 2014 às 13:55:59»
Vacinas valem a pena? - Um vídeo do "Canal do Pirula" rebatendo toda essa baboseira conspiratória sobre as vacinas - https://www.youtube.com/watch?v=hUvHKz3ugOg

"Então não adianta, na maioria das vezes, ser racional com esta gente." - Infelizmente é a mais pura verdade Admin, não tem como argumentar com quem não está disposto a escutar porque simplesmente esse tipo de pessoa se acha infalível ou simplesmente tem medo de admitir que errou.

Nossa, faz tempo que eu não comentava aqui, tinha at´esquecido a senha :v biggrin
avatar
Redação em 04 de julho de 2014 às 13:39:27»
Rafael, eu não ataco a fé de ninguém, só escrevo que fundamentalistas são obtusos e que alguns pastores são cretinos. De forma que a unica mediocridade aqui é a sua quando decidiu distorcer o que escrevi só por causa da sua suscetibilidade religiosa.

Concordo em termos Evelyn. Isto porque estas pessoas não aceitam argumentos, acham que são o sumo do razoamento e, evidentemente, que não os são. Eles se fecham, se retraem e obstam qualquer coisa que vá contra o que acreditam por razões pouco inteligentes. Então não adianta, na maioria das vezes, ser racional com esta gente.

Abraços fraternos!
avatar
Elbereth em 04 de julho de 2014 às 12:41:38»
Luisão, adorei o texto. Li esses tempos que a corte de NY proibiu crianças não vacinadas de frequentar a escola durante surto de uma doença, justamente para evitar a transmissão. Lá, o ensino em casa é permitido e é possível fazer essa proibição. E aqui?

No entanto, por mais que o conteúdo geral do texto esteja excelente, a diminuição e o ataque a pessoas que possuem dúvidas acerca dos benefícios das vacinas é desnecessário e, na minha opinião, contraproducente. Isso porque, ao ver argumentos "frios", sem o julgamento pejorativo de quem acredita em contrário, uma dessas pessoas poderia considerar os fatos apresentados e, talvez, mudar de ideia.
No entanto, quando você ataca a inteligência e, de modo geral, a pessoa que acredita num troço desses, a reação imediata (e é assim pra todo mundo quando é atacado) é se fechar e se retrair. Aí, nem o melhor argumento serve...

OK pode ignorar é só uma dica mesmo =D
Davi em 04 de julho de 2014 às 08:18:00»
Vai que é a evolução fazendo o controle da natalidade? Pois daqui alguns séculos o mundo vai ficar sobrecarregado de pessoas.
avatar
Politico Honesto em 04 de julho de 2014 às 00:57:05»
"Não há vacina contra a estupidez."

A cura é a morte, mas os idiotas se multiplicam como uma verdadeira praga.
Rafael Araujo em 03 de julho de 2014 às 23:44:58»
Ótimo post, a única coisa totalmente desnecessária foi o seu medíocre ataque quanto a opção religiosa de uma grande parte da população, se vc não compartilha da mesma fé não o peço que faça, somente respeite o posicionamento de cada um.
avatar
Haiduqque em 03 de julho de 2014 às 23:22:54»
Não há vacina contra a estupidez.
avatar
Politico Honesto em 03 de julho de 2014 às 22:18:20»
A tecnologia, a ciência e a medicina avançam, crescem e progridem; solucionam problemas, melhoram a vida das pessoas, mas uma única "força" ainda consegue se manter firme ante a tudo isso: a ignorância. Esta aparenta ser algo simples, mas seu poder de destruição é gigantesco, quase imensurável, e se mostra praticamente invencível contra agentes externos.
Edgar Rocha em 03 de julho de 2014 às 18:55:34»
Excelente post! Ques as vacinações sejam absolutamente necessárias e que sua recusa seja um ato de irresponsabilidade total, não há dúvida. Porém, quanto às razões deste retrocesso, Admin, é melhor ponderarmos um pouco mais. A começar pelo descrédito causado por ações como as dos EUA, que se utilizaram do artifício de 'assistência humanitária' no Afeganistão, para implantar uma falsa campanha de vacinação, cujo objetivo verdadeiro era adentrar os vilarejos remotos em busca de talibãs e simpatizantes. Isto sim, foi uma loucura! A desconfiança gerada, sobretudo na população mais carente e pouco instruída desta região, acaba por fomentar uma refração perigosa a ações sérias. Discurso eugenistas e maltusianos ressuscitando nesta década também dão espaço às teorias e a um terror que não se pode chamar de injustificável. As declarações, por exemplo, de um membro da ultradireita francesa, que afirmou que a solução para a crise em países africanos estaria num higiênico surto de ebola, são de arrepiar os cabelos de qualquer um. O difícil é saber o que seria mais maltusiano: um genocídio feito com armas biológicas, ou o discurso anti-vacinação que está sendo disseminado. Infelizmente, o ressurgimento do discurso fascista e, sobretudo, de conquistas políticas deste setor em inúmeras nações (Ucrânia, França, Espanha e, provavelmente, pra nossa desgraça, o Brasil), sempre com as bênçãos imperiais dos EUA, tem deixado todo mundo com o pé atrás, a ponto de nos obrigarmos a ficar atentos a certos movimentos e considerarmos a real possibilidade de uma ação de extermínio velado de parte da população mundial. Como você bem disse, não seria alarmismo alimentar esta preocupação. Sobretudo se considerarmos a atual conjuntura política. Mas, é bom não definirmos vilões logo de cara. Se há ignorância na recusa das vacinas, há também gente se beneficiando desta ignorância e, provavelmente, propagando o medo de forma intencional e ardilosa. Mas, há também o outro lado. O do medo justificado de que a vacina também possa ser pretexto ou até mesmo vetor de políticas de 'controle populacional'. Tem maluco pra tudo hoje em dia. Por isto mesmo, é prudente cultivar uma certa desconfiança.
avatar
PadreTorque em 03 de julho de 2014 às 18:30:58»
Sempre vai ter um retardado...
:-/
Euzim em 03 de julho de 2014 às 18:03:33»
Desde que aplique vacina de qualidade...
A campanha de vacinação anti-rábica custou a vida de 4 gatos da minha tia e quase meu cachorro, entre vários outros animais aqui da cidade. Por algum motivo ela diminuiu a imunidade dos animais e qualquer pequena doença sem importância fez um estrago absurdo.
A vacina de gripe do governo quase deixa o pessoal com gripe forte!
Por isso vale a pena pagar e comprar uma boa vacina que não tem esses efeitos desastrosos e protegem bem.