Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Silas em 12 de setembro de 2014 às 13:49:23»
Esqueceram de alguma coisa.

O unico que não concordo é o 10, se não pagar por direitos autorais seria mais facil pegar a ideia do outro e copiar que inventar e os inventores iriam procurar outros serviços, deixando de ter ideias e novos inventos. ai a humanidade so iria regredir.
Augusto566 em 10 de setembro de 2014 às 20:30:40»
(cont,)Atualmente exercemos de forma mais subjetiva estes mesmos valores, facilitados em alguns caso pela evolução do grupo social em civilizações de indivíduos com a mesma afinidade social. Nos dividimos então em grupos sociais numerosos, unidos pelos mesmos costumes e práticas, mesmos objetivos e sobretudo mesma afinidade idiomática. Com o tempo formou-se uma cultura de comunicação além da verbal. O ser humano aprendeu a registrar as palavras e começou a contar a sua história. Assim como todos passamos a visualizar algo superior no conjunta da existência dos seres vivos. Nasciam as religiões. No mais coisas mudaram e civilizações aprenderam a registrar além da história o conhecimento. E é o conhecimento que hoje nossos filhos aprendem na escola, e por isso tendem a evoluir no seu raciocínio em relação a lógica da vida mesmo que não percebam!Então o que se aprende na escola faz sim diferença da nossa vida! Mesmo que não exerçamos alguma prática acadêmica ensinada de modo direito no nosso dia-a-dia nós o fazemos de modo subjetivo!! Assim aqueles que souberam dedicar-se aos estudos desenvolveram o chamado bom senso! E assim erra-se menos nas decisões necessárias da vida! Mas erramos! E erramos muito! Enfim sobrevivendo e defendendo a civilização humana, dividida em várias nações e povos chegou aos dias atuais.
Cada ser humano, tem que estar consciente que mesmo no seio de um grupo social pequeno e ou grande, luta individualmente pela sua defesa e sobrevivência diariamente.
Então precisamos deixar de lado algumas coisas e priorizar a sobrevivência humana. Estar penalizado com o abate de animais para alimentar-nos demonstra que estas pessoas tem caráter e ética. Mas o bom senso mandará que continuemos a fazê-lo! E manda também que o façamos de modo piedoso e decente! Devemos esperar que surja uma solução alternativa plenamente satisfatória para não sacrificar a nossa sobrevivência! Para isso devemos manter nossos filhos na escola, porque com certeza alguma coisa que eles aprenderem por lá mesmo que pareça uma prática inútil pode formar um conhecimento necessário que ajudará a sobrevivência humana!
Quando falarmos de ambição e concorrência não devemos achar estas práticas nocivas. A ambição muitas vezes é confundida com a ganância; Quando não se tem escrúpulos para conseguir algo; e a ganância é que é vicio nocivo! A ambição é positiva porque estimula o individuo a lutar pelo seu melhor! Ajuda-o a sobreviver sem tornar-se dependente de outros ou do seu próprio líder político! Na nossa moderna civilização significa basicamente trabalhar produtivamente e conseguir adquirir bens de capital; Casa,automóvel, eletrônicos, comida, lazer;E isto movimenta a nossa economia. Que é a economia de mercado. E porquê ela é boa? Por ser auto-sustentável! Auto-regula-se pelas tendências de consumo e privilegia a satisfação de quem consome os produtos comercializados. Satisfação que deve refletir modernidade e qualidade! E tudo isto com o menor custo possível! Visto que este mercado também é regulado pela chamada concorrência!! Ou seja um mesmo produto com pequenas diferenças (modernidade, conforto e qualidade) pode ser fabricado e vendido por outros produtores!!! Diferente das economias planejadas praticadas nos chamados países comunistas, aonde privilegia tão somente a quantidade necessária a cada individuo numa projeção de prazo. Os meios de produção fabricam os itens mínimos necessários a população com estas informações básicas: A necessidade da população afetada num determinado hiato de tempo & A cota individual a ser delegada a cada individuo! Não é necessário nenhuma evolução do produto e nem mesmo uma variação de cores. Tudo é produzido com qualidade regular sem atenção a detalhes ou evolução tecnológica. Como é variável a quantidade de coisas minimas que um grupo social precisa,mesmo numa sociedade controlada e reprimida como a comunista (socialistas atualmente!)os meios de produção que sempre pertencem ao governo! Extingue-se a propriedade privada de tudo! Nada pertence a ninguém! Assim facilita o controle estatal sobre tudo!
Mas isto são eles lá! Fica para a próxima aula!!!
Augusto566 em 10 de setembro de 2014 às 20:30:13»
Eu não posso concordar em nada desta lista. Esquecemos por viver numa chamada condição civilizada que também temos que lutar pela sobrevivência em nosso mundo. Nossa sociedade organizou-se sempre preocupando-se com duas coisas: Sobrevivência para o Grupo Social & Defesa deste mesmo Grupo!
Assim evoluímos da caça para a criação doméstica de animais que usamos para alimentação e peças de vestuário, aprendemos a arte da agricultura e a substituir a vegetação natural de um ambiente por plantas que nos forneçam o necessário para alimento.
Mas nunca na história da humanidade existiram grupos que fossem coesos e irmãos de outros grupos em seus objetivos. Tudo era difícil para o ser humano, dos animais era o mais frágil. Praticamente um ser bípede e nú desprovido de pelos suficientes para proteção e conforto em dias mais frios. Não tinha garras nem dentes afiados. Era praticamente a base da cadeia alimentar dos predadores maiores e ferozes que sempre povoaram o planeta na existência humana. O único diferencial é que era o único inteligente. Tinha raciocínio, era capaz de aprender e transformar coisas para compensar a falta de dentes e garras afiadas. A primeira coisa foi viver em grupo. Um grupo de humanos sobrevive mais fácil do que um humano solitário. Assim o ser humano desde os primórdios luta pela sobrevivência e cede descobriu que junto com os animais ferozes o seu maior inimigo era humanos rivais!! Alguns como acontece até hoje, deixam o esforço de lado e tomam o que precisam de quem o conseguiu com muito esforço. Aí o ser humano passou a usar armas também para se defender do próprio ser humano. Este era o inimigo mais perigoso. (cont.)
Rogério em 09 de setembro de 2014 às 15:27:27»
concordo com tudo, mas tem um problema... todos estes fatores geraram a sociedade como é hoje certo...comparando nossa vida com de nossos avós de 50, 70 anos atrás... hoje temos comida em abundância, produtos em abundância e muitas coisas que nossos avós não tinham. Veja bem, estou comparando um cidadão de classe baixa para cima, não de miséria extrema. Estaríamos dispostos a abrir mão de tantas coisas em prol do próximo ou de futuras gerações? Infelizmente acho muito difícil. Ninguém vai querer de deixar de ter as coisas pelo bem do outro. O capitalismo exagerado é como um vicio, que ninguém quer se livrar. É a mesma discussão que tem-se sobre agrotóxicos e transgênicos... faz mal? faz, é ruim? é... mas graças a alta capacidade produtiva que eles geram, temos comida em abundância com preços relativamente baixos... antes de me xingarem, vejam o preço q estão os orgânicos...sem os "vilões" o nível de produção de alimentos cairia muito, os preços disparariam... enfim.. 90% da população não conseguiria mais consumir as mesmas coisas q consome atualmente...temos que mudar as coisas sim, mas primeiro temos q aprender a viver com menos...
Terezinha em 08 de setembro de 2014 às 20:34:36»
Muito verdadeiro.
E fazemos isso, na maioria das vezes, sem perceber.
avatar
sol em 08 de setembro de 2014 às 19:03:31»
Queria discordar mas não encontro argumentos.
E o pior é que temos consciência do quanto são prejudiciais mesmo.
Algumas alternativas poderiam ser usadas em alguns dos itens mas seria preciso um empenho grande e de todos. Já viu né?