Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Mario Coelho em 08 de agosto de 2015 às 16:56:14»
uau, esse artigo esta espetacular. Parabéns!

Acredito que as pessoas pensam demais em quando vão morrer, e o que precisam fazer antes disso ao invés de realmente viver, aproveitar a vida e curtir pra caramba, essas pessoas desse artigo devem ter compreendido isso! Eu vou ir até os 200 anos ou mais, mas se for antes que seja, vamos aproveitar a vida...
zé rosquinha em 27 de dezembro de 2014 às 21:04:22»
Só comento pq só cadastrado comentou...Brincadeira, bem isso mostra uma boa coisa, o post está certo...
avatar
Marya em 11 de dezembro de 2014 às 19:46:20»
É verdade Sol, mas eu digo esperar pela morte para aqueles que não lhes restou mais nada nesta vida, nem saúde, nem família, nem compreensão... nada !
Eu digo isso porque já cuidei de parentes bem idosos e doentes, com parentes ainda mas, todos tiravam o corpo fora para cuidar, porque da trabalho sabe? Realmente é muito trabalhoso e requer uma paciência infinita, mas no fim é gratificante, uma sensação de dever cumprido que só quem passa por isso pode compreender.

Ah, bem lembrado dos mimos. Folgados e encrenqueiros lol
avatar
sol em 11 de dezembro de 2014 às 19:12:12»
Maria , concordo em partes.
Só não podemos tratá-los com mimos demais. Alguns ficam folgados e encrenqueiros. mrgreen
Mas esperar pela morte? Chô!! Ela pode acontecer a qualquer momento para qualquer um de nós.
avatar
Marya em 11 de dezembro de 2014 às 14:26:52»
Sol, esqueceu do remédio para o coração, remédio para funcionar os intestinos, cremes para pele delicada e sensível, fraldas geriátricas, cadeira de rodas, cadeira de banho, vitamina para abrir o apetite, e tantas outras coisas como; aparelho auditivo, óculos, dentadura, e tantas outras coisas...

Eu acho que o motivo que leva uma pessoa ( além do tempo, é claro ) a envelhecer não é tão importante assim, mas, importante mesmo é compreendermos que o idoso pode não ouvir mais tão bem como antes, pode não enxergar mais, não falar mais, não andar mais, não produzir mais, não lembrar mais... mas ainda lhes resta algo que possuem em grande quantidade: - Os sentimentos!!!
E por isso mesmo devemos tratá-los com todo carinho, respeito e consideração e muita, muita paciência!, pois já foram jovens como nós, produtivos como nós, e hoje recordam e esperam pela morte que venha lhes buscar.
Uns esperam felizes e contentes, quando bem tratados por seus familiares; e outros esperam tristes e sozinhos, quando abandonados e desprezados pelos mesmos.
avatar
Haiduqque em 11 de dezembro de 2014 às 14:07:10»
A velhice é uma situação que demora décadas a construir.
Há aqueles que fecham a juventude quando chegam aos 40; outros, porque a vida nem sempre é simpática, são obrigados a ficar velhos bem cedo, desgastados e desmotivados; e há aqueles que em cada dia sentem que o melhor da vida está ainda por vir - os eternamente jovens.
Dizia o também eternamente jovem Charles Chaplin que "o homem não morre quando deixa de viver, mas sim quando deixa de amar".
De amar os outros e de amar a sua própria vida.
avatar
sol em 10 de dezembro de 2014 às 22:03:25»
Conheci muitos idosos. Eu acho lindos aqueles cabelos brancos, ainda que não os queira em mim por enquanto e retoque as raízes volta e meia. mrgreen

Nos preocupamos com as crianças, adolescente e adultos em idade de trabalho e deixamos os idosos de lado.
E a velhice poderia ser mais bonita e tranquila para tantos..
Os idosos são, na maior parte dos lares, um fardo quando deixam de ser atuantes e produtivos e o dinheiro da aposentadoria é o maior interesse das famílias.

A falta de planejamento adequado para a saúde dos idosos também me deixa assustada.
O passar dos anos costuma trazer doenças como hipertensão, diabetes, etc. Juntando o corpo fragilizado e o isolamento da família, acabam por ficar deprimidos.

Aí o médico receita um remédio pra hipertensão, outro pro diabetes, outro pra circulação, mais um para osteoporose...
O estômago não aguenta tanta química e o pobre vai ter de tomar mais um remédio pra gastrite e outro pra azia...junte a isso um remedinho pra reduzir a ansiedade e tratar a depressão, outro pra induzir ao sono, mais uma vitamina...

E tem mais, os idosos também fazem sexo (mesmo que um comentarista uma vez tenha dito que isso é horrível), mas com tanta medicação, a potência sexual que já é menor pela idade chega a zero e aí entra mais um medicamento pra dar uma ajudinha.

Os exemplos do post mostram que é possível sim, para a maioria das pessoas, envelhecer de modo saudável.

Precisamos falar sobre a velhice também.