Faça o seu comentário

:

:







Comentários

zé rosquinha em 24 de janeiro de 2015 às 08:13:31»
Taz tempo tinha visto o jornal e nos lugares onde a C.H. tinha zuado suas religiões, tinhamum muro escrito"Je suis Mohamed".
avatar
Rex em 24 de janeiro de 2015 às 02:21:24»
Essa não é a pior coisa, a pior é ver como os hipócritas de plantão reagiram perante tal situação. Eu vi no meu face esses dias uma pessoa postando a mensagem "Je suis Hebdo" sem saber toda a situação, só sabiam o que passava exaustivamente na tv e internet, dois dias depois dessa tragédia, onde a mesma pessoa viu uma charge ridicularizando o cristianismo, escreveu isso "Assim não sou mais Charlie Hebdo". Ou seja, quando a crença das outras pessoas era ridicularizada estava emocionado com os ocorridos, mas quando mexeu com sua religião ficou "ofendido" (além do fato que apareceu outras pessoas comentando bem feito pelos cartunistas terem morrido por ridicularizarem o cristianismo). É como dizem, pimenta no cu dos outros é refresco.
Leandro em 22 de janeiro de 2015 às 17:00:22»
Lembando que nenhum direito, nem mesmo os fundamentais, é absoluto.
Ademais, todo direito traz junto consigo uma obrigação.
avatar
PadreTorque em 22 de janeiro de 2015 às 12:26:37»
Aahhh, vá a merda....
Tem que se fud** !!!
:-/
avatar
cacafilho em 22 de janeiro de 2015 às 03:01:03»
vixe... esse treco vai longe ainda!
Edgar Rocha em 21 de janeiro de 2015 às 22:57:12»
Eu não infantilizo o humor do C.H. A ideia não é troçar, simplesmente. Ninguém pode reduzir as investidas contra a religião islâmica como fruto da liberdade de expressão. Dizer que eles não têm responsabilidade sobre sobre o que lhes ocorreu é o mesmo que tratá-los como crianças e, ao mesmo tempo corroborar a postura anti-islâmica que assumiram deliberadamente. Tento imaginar se, ao invés de terem assassinado os próprios cartunistas, os extremistas decidissem explodir um local repleto de inocentes. Os cartunistas dariam de ombros? Diriam que não têm nada a ver com o fato, que só estão fazendo o que lhes cabe fazer? É como numa cena execrável que vi há algum tempo: um menino empinava pipa com cortante na linha bem no canteiro de uma rodovia interestadual. Um dia antes, um motociclista havia sido degolado devido a mesma prática. "Só quero empinar meu pipa. Não fui eu que matei", respondeu o garoto quando questionado. Então, é assim?
avatar
sol em 21 de janeiro de 2015 às 22:15:21»
E o que podemos dizer especificamente do caso do atentado a esse jornal:
Que as charges dos humoristas são questionáveis, mas o terrorismo é inadmissível ou, que o terrorismo é inadmissível, mas as charges dos humoristas são questionáveis?.
O que dizemos depois do "mas" não tem nenhum "porém".

A realidade é que fundamentalistas de qualquer coisa, de qualquer ideologia, não respeitam a liberdade de quem pensa diferente deles.
Não consideram um outro ponto de vista, para eles só há um ponto de vista. Cego. O deles.
Na Arábia Saudita dizem que (não houve confirmação por parte da embaixada) decretaram pena de morte para quem carregar bíblias para dentro do país.
Não duvido que seja de fato visto que fora do país também querem impor esse fundamentalismo.
Tÿr em 21 de janeiro de 2015 às 20:34:04»
Já fazia muito, mas muito tempo que esse pasquim estava procurando sarna pra se coçar. Achou. O livre direito de expressão visa (ou deveria) emitir opinião e não sair ofendendo a todos (menos os judeus) por atacado.
Queriam dizer que a Europa foi tomada pelo povo islâmico? Que os imigrantes estão tomando de assalto Paris e boa parte da França? Fizessem isso com inteligencia. No momento em que passaram a atacar diretamente as crenças deveriam também ter comprado coletes a prova de balas.

E como esta escrito nos portões do inferno; "As vezes dá merda!"

Deu!
zé rosquinha em 21 de janeiro de 2015 às 20:10:27»
Quando chegou o post, minha opinião foi quase a do Papa Francisco, eu faleique se devia saber o risco, por exemplo vc é de um time que venceu de 5 a0 do corintians, e zoa, vc sabe que vai ter confusão e pode sair dela sangrando.Bem se vc zoa a mãe de alguém vc consegue um soco, pode ser injusto pq era melhor rebater xingando,isso é o caso da revista, na minha opinião nenhum é inocente.
caiopa em 21 de janeiro de 2015 às 19:18:04»
O ser humano é hipócrita mesmo. Liberdade de expressão na religião dos outros é refresco.Sou ateu e respeito a escolha religiosa das pessoas, mas os crentes , em sua maioria, não respeitam o minha falta de fé.
Mudando um pouco de música mas na mesma nota eu já vi, tem algum tempo, pessoas usando uma camisa com a frase 100% NEGRO. E se eu usasse uma camisa com a frase 100% BRANCO?