Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
Raven em 20 de novembro de 2015 às 19:09:04»
Nem sei o que dizer...
Como odeio até fundo da minha alma esses desgraçados do estado islâmico.
Eu acho que compreendo os impactos para a economia dos países em que esse refugiados veem tentando se "abrigar", mas acho que estas faltando muito de "humanidade" dos governantes e seus povos. sad
avatar
Haiduqque em 20 de novembro de 2015 às 15:59:36»
Triste e revoltante.
Entre todas essas crianças, as sobreviventes que chegarem à idade adulta, quantas terão uma vida normal, sem traumas e sem o coração gelado?
Cads em 20 de novembro de 2015 às 11:48:36»
Só não entendo uma coisa, como 2 adultos em situações completamente fudidas fazem filhos
avatar
nicinha em 20 de novembro de 2015 às 09:37:29»
Ah! To com o coração partido! Tão pequenos e tão sofridos! Fiquei com vontade de trazer todos para minha casa, dar comida, banho, , brinquedos e uma cama quentinha e macia para eles dormirem.