Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
Dobermann em 12 de dezembro de 2015 às 09:58:41»
Não me entenda mal, o objetivo da critica é tão somente ser construtiva, esses números são absolutamente irrelevantes sem os demais dados pertinentes que o assunto requer, e do jeito que estão só servem a desinformação e objetivos obscuros de quem os produziram.
Os Estados Unidos em 1º lugar até o meu cachorro sabe que seria. O Brasil em 28º pelo amor de Deus né !. Países mundialmente conhecidos como de 1º mundo, desenvolvidos em todos os quesitos socioeconômicos como Suíça 3º, Finlândia 4º, Canadá 9º, Áustria 10º, e outros.
Concluindo, a republicação de post assim literalmente só leva o leitor a desinformação, engano e só serve a ideologia no mínimo obscura de quem produz os referidos números sem demais dados como: mortes legais (juridicamente justificadas)/ilegais tanto com as armas legais quanto com as ilegais, finalidade de uso do armamento em cada país, restrições, etc...

No mais, salvo algumas exceções como esta, Mig é sempre bom de se ver.
avatar
Haiduqque em 12 de dezembro de 2015 às 00:14:08»
Suspeito que a tendência é para cima e não para baixo. No futuro haverá ainda mais pessoas com armas, pois quem não tem vai se sentir vulnerável.
Eu tenho várias facas de cozinha e boa pontaria.
edugti em 11 de dezembro de 2015 às 21:44:36»
Interessante se ficarmos apenas nos 20 primeiros, são países que gostaríamos de morar pela segurança ou são países que não queremos nem passar pelo espaço aéreo deles pela violência como Iemem e Iraque.
Parece que ter armas não faz uma população homicida, derrubando alguns argumentos de desarmamentistas.