Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
Moonwalker em 14 de janeiro de 2016 às 14:51:10»
Haha ok, Haiduqque... Você venceu. É que nesse dia eu estava meio bravo mesmo. cool
avatar
Haiduqque em 20 de dezembro de 2015 às 00:49:54»
Sol, reli o que você escreveu e confesso que não encontrei a frase onde estava a ironia.
Reli o que eu escrevi e também não encontrei a parte onde dei aulas de História a você.
De qualquer forma este é um assunto que, como não tem solução, vai entreter os brasileiros por muitas mais décadas ou séculos, deixando os problemas por resolver... desde 1822.
sol" em 19 de dezembro de 2015 às 17:54:26»
Gente...falei pra não se ofender oras... biggrin

Estava aqui escrevendo textão pra responder o seu comentário e percebi que nem vale a pena. Se você não captou a ironia ou não tem bom humor, o problema não é meu.

Tampouco precisa me dar aulas de história. Aprendi numa época em que os professores eram isentos de ideologia e nunca me contentei em ler somente os livros da escola e faculdade.
E, afinal, por realmente conhecer a história, me dou o direito de continuar fazendo piadas, entenda-as quem puder.

“Contudo, o melhor fruto que dela se pode tirar parece-me que será salvar esta gente.” wink
(em virtude de, pelo menos nessa época, não terem sido satisfeitos os interesses mercantilistas deles)
avatar
Haiduqque em 19 de dezembro de 2015 às 16:47:32»
Sol, os portugueses atuais não estão reclamando de ter colonizado o Brasil e não o Canadá, país bem menos problemático e bem mais rico. É indiferente, pois já ninguém conhece os nomes dessa gente que colonizou.
A relação atual de Portugal é com seus vizinhos da Europa e é desses vizinhos que valoriza a opinião. O Brasil tem a Bolívia, o Paraguai, a Venezuela... para confrontar. E até parece que esses aí não reclamam de seus colonizadores para justificar seus problemas, mas apenas de si próprios.
E pergunto eu: quantos séculos mais os brasileiros vão reclamar por terem sido colonizados por Portugal? Mais 500 anos? Será que no ano 2516 ainda haverá brasileiros a blá, blá, blá... os portugueses e nós blá, blá, blá...
O brasileiro não é diferente do português ou de outro povo do mundo num aspeto: sabem muitíssimo pouco da sua História. Só conhecem fatos isolados e pouco precisos, alguns nomes, clichés, não conseguindo contextualizar acontecimentos. De resto, todos os povos são completamente ignorantes em relação à sua História, mas gostam de a utilizar para botar opinião e fundamentar preconceitos e insultos.
Portugal foi invadido, saqueado, destruído e ocupado por Espanha e França e não há qualquer ressentimento nem uso desses casos pra justificar seus problemas ou dificuldades atuais. Só a maturidade e lucidez histórica conseguem superar isso. Claro que há portugueses tão primários e ignorantes e na mesma proporção quanto brasileiros. Dar atenção às suas opiniões vazias e desinteressantes é tempo perdido.

Olhe, sol, seria bom e positivo que quem quiser começar a formar uma opinião sobre este tema comece por ler a "certidão de nascimento do Brasil" - a Carta de Pêro Vaz de Caminha ao rei de Portugal. Aposto que a maioria a desconhece. Quais dois povos se podem orgulhar de ter começado seu relacionamento de forma tão sublime?
Quem conseguir ler e entender vai ficar com os olhos e a mente mais abertos.
avatar
Haiduqque em 19 de dezembro de 2015 às 16:21:17»
Moonwalker, que sensibilidade!
Primeiro: o artigo foi escrito por brasileiro. Só um brasileiro teria conhecimento de todos os fatos ali descritos.
Segundo, o décimo terceiro "defeito insuportável" dos brasileiros poderia ser botar culpa em Portugal e nos portugueses sempre que algo corre mal.
Terceiro, "o post fala da maioria dos brasileiros e não está generalizando. Maioria = Número excedente a metade do todo; Grupo preponderante"

Link original - http://ahduvido.com.br/os-1...

Penso ter esclarecido e acalmado você um pouco.
sol" em 19 de dezembro de 2015 às 16:21:14»
biggrin
O primeiro link tem lá suas verdades sim. Quem de nós nunca deu de cara ou, quem sabe até, protagonizou alguma ou todas as situações relatadas?

Dia desses estávamos, num grupo, conversando sobre alguns desses defeitos e o consenso foi de que tivemos a infelicidade de sermos colonizados por ....Portugal! mrgreen

Fôssemos herdeiros da cultura da Inglaterra ou da Holanda ou, até quem sabe, dos Franceses, e páahh!! Tudo poderia ser diferente.

Os amigos portugueses não se ofendam. É só uma conjectura.
Moonwalker sem logar em 19 de dezembro de 2015 às 11:54:42»
Desculpe, mas o cara que escreveu o primeiro artigo dos LdI dessa semana merecia tomar uma boa surra.
Tem duas coisas que fervem meu sangue na internet: a primeira é falar mal do "brasileiro". Eu sou brasileiro e não me encaixo em nenhum dos itens citados, assim como a esmagadora maioria das pessoas que conheço pessoalmente tambem não se encaixa. Posso dizer que o artigo é 100% mentiroso? Não. Mas vindo de um português, é o roto falando do esfarrapado. Queria ter vivido a duzentos atrás para ver os portugueses inertes vendo a família real fugir do país levando tudo de valor que Portugal tinha.
A segunda coisa é esse negócio de pastafarianismo. Quando a gente acha que as pessoas não sabem mais o que fazer para se expôr ao ridículo, aparece alguem para nos surpreender. O fundador do movimento não queria de fato criticar um sistema educacional, e sim a crença alheia. Na minha opinião é um cara que precisa de tratamento, e eu me recuso a chama-lo de educador.