Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Haduken! em 24 de janeiro de 2016 às 21:28:10»
Cada um podria ter o direito de escolher se quer ou ão ter filhos defeituosos.
Filhos são para dar alegria não incomodo e tristeza.
avatar
sol em 22 de janeiro de 2016 às 19:36:12»
Eu espero que tudo acabe bem.
Eu também a critiquei na época pq não consigo conceber uma mãe que abandona o filho bebê.
Só que eu a julgava por mim, pela mãe que eu sou e, claro, entendo que se algumas mães de primeira viagem acabam por ter tanto medo com um filho sem diferenças ou deficiências (sei lá como me referir à ele sem ferir suscetibilidades), imagine sabendo que enfrentará muitos desafios pra criá-lo.
Se ela realmente se arrependeu e se fortificou, a criança será mais feliz se os pais estiverem unidos.
Jerônimo em 22 de janeiro de 2016 às 17:15:28»
Voltou depois dos 500 mil dólares. Coincidência...