Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
Marya em 24 de fevereiro de 2016 às 15:00:35»
Essa é uma parte da ginástica rítmica muito bonita de se ver. E igualmente interessante em alguns aspectos curiosos sobre as regras para essa modalidade com fita.
Diz-se que a fita não pode encostar no corpo da atleta, não pode encostar na roupa, não pode encostar no cabelo. Não pode dar nó, não pode embaraçar, não pode encostar no chão.
A fita deve medir impreterivelmente seis metros de comprimento, salvo casos em que a atleta tenha braços longos e pernas compridas, nesse caso a fita pode chegar a medir de 14 à 32 metros de comprimento.
A fita pode ser de cetim ou outro material semelhante, desde que não engomado, defumado, amarrotado, alvejado, triturado ou bordado com miçangas.
O estilete, uma vareta que segura a fita, pode ser feito de madeira, bambu, plástico ou fibra de vidro. A forma do estilete pode ser cilíndrica, cônica, achatada, oval, arredondada ou losango.
Ao término da apresentação, a fita deve ser enrolada delicadamente, colocada numa caixa de papelão e papel machê, introduzida na bolsa de ginástica da atleta e frequentemente visitada por esta para que não sinta a sua falta.