Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Plínio em 20 de março de 2016 às 08:42:36»
Faltou a explicação para este "medo de água". O vírus afeta o sistema nervoso. Quando a pessoa vai beber um líquido, ao aproximar o copo da boca a musculatura da faringe contrai antecipadamente e de forma forte (espasmo).
avatar
Marya em 08 de março de 2016 às 22:11:31»
Também tive que tomar injeções na barriga quando criança, quer dizer, eu não mas toda turminha da minha rua fomos de ambulância para o instituto Butantan sermos examinados por um médico devido um fato curioso que aconteceu... Eu conto;
A meninada da rua adotou um cachorrinho filhote de cachorro policial, que estava abandonado. Passávamos o dia todo brincando com o cachorro até que um dia ( sempre tem um dia ) o pobre cãozinho foi atropelado e morreu ( disseram as más línguas que o cãozinho foi atropelado de propósito). Foi a maior choradeira, um dos meninos que mais se apegara ao cachorro chorou que nem bezerro desmamado, fizeram o enterro do cachorro, uma sepultura cercada de pedras e uma placa com o nome do cachorro e uma frase com algumas palavras de adeus.
A sepultura foi em um terreno de uma fabrica abandonada que fora demolida.
Depois desse dia correu pela vizinhança a notícia que o cãozinho estava com raiva, então toda a meninada da rua teve que ir para o Butantan de ambulância.
Uns tiveram que tomar injeção ( os que eram mais agarrados com o cachorro, outros não ).
Minha mãe tinha dado dinheiro para meu irmão mais velho levar, para uma emergência, mas meu irmão comprou um monte de sorvete para eu e meus irmãos, minha mãe não teria descoberto se uma vizinha fofoqueira que foi junto não tivesse contado. Me lembro que aventura foi aquela, toda a criançada dentro da ambulância, tinhas umas 15 crianças, algumas foram no banco da frente com o motorista. Nossa que tempo bom aquele! Hoje em dia não se faz mais tempo bom como aqueles de outrora... neutral
avatar
sol em 08 de março de 2016 às 17:26:09»
Que triste.
Não esqueço das injeções em volta do umbigo que tive de tomar quando criança depois da mordida de um cachorro.
Naquela época ficávamos sabendo de vários casos de raiva canina. Durante alguns anos os agentes de saúde vinham bater nas casas pra vacinar (de graça) os cães, até que nunca mais ouvi falar de cães infectados.
Esta semana vi a notícia de um cachorro infectado em Curitiba.
avatar
xandy46 em 08 de março de 2016 às 15:30:33»
Cara que coisa mais tensa é essa? eek
avatar
msp1500 em 08 de março de 2016 às 13:58:12»
Coisa estranha. Só agora eu entendo porque se denomina a doença da raiva pelo termo hidrofobia, que a meu ver não fazia sentido.
Até aqui faz sentido, mas uma coisa que eu NÃO CONCORDO é com relação ao termo HOMOFOBIA, pois jamais eu tive medo de homossexuais.
avatar
Brazuka em 08 de março de 2016 às 13:33:27»
Sou soldado e maior protetor da ninha vida! twisted
avatar
Brazuka em 08 de março de 2016 às 13:29:03»
Idiotas e nada podem dizer nada além

Sou estudante de Theatros.

ESTE É UM SITE DE IDIOTAS E, SÓ NOS ACESSE, SE FOR UM POUCO OU TUDO DE IDIOTA TAMBÉM!