Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Liane em 03 de maio de 2016 às 19:37:22»
Minha mãe teve câncer no intestino há 15 anos e teve que ser submetida a uma colostomia, usa bolsa desde então. Vive uma vida normal onde o uso da bolsa não compromete em nada. Muita ignorância desta senhora. Agradeço sempre minha mãe ter tido a chance de ter esta opção, senão já teria nos deixado há tempos.
Vane Soek em 03 de maio de 2016 às 10:32:34»
Fiz uma traqueostomia com dois anos, e por mais dois tive que usar canola para auxiliar na minha respiração. Na época minha mãe dependia de transporte público para me levar ao médico semanalmente e também para ir na casa dos meus avós. Inúmeras vezes as pessoas chegavam se levantar do banco em que estavam ao lado meu e da minha mãe, tinham nojo, olhavam com desprezo. Hj estou bem de saúde, sem canola e sem sequelas.Sinceramente não lembro desses fatos, mas minha mãe sim e cada vez que ela conta eu vejo a tristeza que ela sente
avatar
msp1500 em 02 de maio de 2016 às 12:49:52»
Amor de mãe é incondicional, não tem valor nem mede sacrifícios, é, em suma, numa escala imaginária, o maior de todas as maneiras de se amar.
Tere em 30 de abril de 2016 às 22:11:46»
Seu filho é um fofo! Tenho uma amiga que usa a bolsinha, por outros motivos, a uns 30 anos. Ela é uma das pessoas mais de bem com a vida que conheço. Mas infelizmente, cada um ama com o coração que tem. Há certas pessoas que morrem de velho e não aprendem nada. Passam pela vida sem dar um fruto de amor...
avatar
DEDE DA BIBITA em 30 de abril de 2016 às 12:20:43»
Meu filho é dislexo, o que causa atraso na fala em seu desenvolvimento.
Quando ele tinha quatro anos, fomos a uma lanchonete e ele foi ao balcão porque queria um refrigerante, mas não conseguia pronunciar corretamente a palavra, quando um atendente chama outro atendente com as seguintes palavras:
Veja se voce consegue entender o que esse demônio da tazmania
esta querendo, não sou pago pra ser tradutor.
Foi o suficiente para me dirigir ao balcão, pular para o outro lado e gentilmente soca-lo.
Fomos parar na delegacia, mas acho que agi por instinto.
Abraços Fraternos razz razz razz