Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Carlos Evandro em 28 de maio de 2016 às 15:38:42»
Cara!! Ainda não tinha visto este vídeo, vi todos os outros, mas este, especialmente, lida com um particular da evolução humana, quando nos tornamos agricultores e deixamos de ser nômades no planeta. Em sobrevivência, isto pode ser praticado até na cidade. Minha casa alugada em um grande centro no sul do país está se tornando sustentável em alimentos, fiquei velho e desempregado, mas não desisti, estou produzindo alimentos variados (legumes, frutas e verduras) em meu quintal em quantidade suficiente para duas pessoas. O excedente poderei vender ou trocar por outros alimentos. Muito engraçado isso, estamos no século 21, a gente fica velho e temos que nos virar para poder comer. Este vídeo é uma prova incontestável de que só vai morrer de fome quem não não entender e souber trabalhar a terra. No vídeo o cara usa até paus e pedras como ferramentas para ara e cercar a "lavoura de subsistência". Sugiro aos que não assistiram os vídeo anterior que assistam. A construção da casa e dos utensílios é surpreendente .
avatar
msp1500 em 27 de maio de 2016 às 17:46:49»
Mostrou como os antigos faziam e que funciona.
Paula Dentro em 24 de maio de 2016 às 18:47:08»
Sou fã desse cara, mas dessa vez só vi a parte da construção da cerca. Moro em um sítio e, cara, "plantar" batata doce é forçar a barra. Batata doce seria considerada praga se não fosse comestível. Se vc cavar a terra (com o seu pé mesmo) e enterrar um pedaço da batata (desde que tenha casca)ou até uns 25cm da rama, e deixar pra lá ela toma conta do terreno em poucos meses. Aqui em casa ela se espalhou até numa área de barro puro (sem irrigação nem adubo).
Acho que talvez ele tenha ficado sem novidades pra mostrar e resolveu inventar que é um cultivo complicado.
Boneca em 24 de maio de 2016 às 17:36:04»
INTERESSANTE, ADOREI! ISSO QUE É VIDA DE VERDADE!
Pedro Ezequiel em 24 de maio de 2016 às 16:04:52»
Esse cara vai longe.