Faça o seu comentário

:

:







Comentários

eduardo gti em 30 de junho de 2016 às 16:42:02»
Me lembrou de uma historia que ouvi e li a poucos dias: OVELHAS, LOBOS e CÃES PASTORES.
Eles estavam felizes no Iraque e se tornaram ovelhas pronto para o abate. A vigilância é o preço da liberdade, devemos sempre estar vigilantes e nunca achar que algo assim ou parecido não irá acontecer, os partidos e políticos de direita são criticados pelo mundo por estas atitudes vigilantes e desconfiadas. Quando não damos importância para um grupo fraco ou minoritário, este grupo cresce sem controle, dai amigo quando nos dermos conta ele é muito grande para ser combatido! Talvez estejamos mesmo agora apoiando algum grupo que no futuro irá impor regras para maioria, tantos minorias de esquerda ou de direita, como vamos saber? Tentamos manter o equilíbrio sem dar poder demais a um grupo ou ignorar grupos "sem importância" hoje.
avatar
Roberto 100 em 29 de junho de 2016 às 20:16:50»
O Iraque é um exemplo claro do que os maus governantes podem fazer com um país.

Iraque, quem te viu quem te vê... rolleyes
Teófilo em 29 de junho de 2016 às 20:05:03»
O islamismo é um total atraso enquanto a GloboNews diz que é a religião da paz... que degola cristão e infiéis, joga gays de prédios altos, apedreja mulheres adúlteras e impõe limites às mulheres mediante códigos de vestimentas e liberdade de ir e vir, de falar... Esta é a religião da paz.
Lugon de Souza em 29 de junho de 2016 às 19:09:52»
.
Onde os autoproclamados defensores da liberdade metem o bedelho, dá nisso.
Welllington em 29 de junho de 2016 às 18:34:35»
Pois é...
Isso é assustador! Sabendo o que o Iraque se tornou nos dias de hoje e ver imagens assim, é difícil relaciona-las e compreender que são o mesmo lugar.... apenas datas diferentes..

E mais assustador ainda, imaginar que isso pode acontecer em outros lugares, até aqui...

Mas me pego a pensar, o que estas pessoas (as que viviam lá nos anos 50) pensavam que seria o futuro de seu país e povo... será que alguém conseguiria imaginar o que vemos hoje?

Assustador! Muito assustador...

Será que ainda tem jeito?