Faça o seu comentário

:

:







Comentários devem ser aprovados antes de serem publicados. Obrigado!

Comentários

zé rosquinha em 17 de fevereiro de 2017 às 17:05:46»
Belo post,acho que faltou a do Turcomenistâo e de outros lugares,mas msm assim ficou legal
Fernando (Dragon44) em 10 de fevereiro de 2017 às 17:40:16»
Bem legal o post. Se me permite vou enriquecer algumas informações das bandeiras mostradas:

* Bandeira de Moçambique; O significado das cores, segundo a constituição da República de Moçambique, é o seguinte:
Vermelha – a luta de resistência ao colonialismo, a Luta Armada de Libertação Nacional e a defesa da soberania;
Preta – o continente africano;
Verde – a riqueza do solo;
Amarela-dourada – a riqueza do subsolo; e
Branca – a paz.
A estrela representa a solidariedade entre os povos, a arma AK-47 simboliza de novo a luta armada e a defesa do país, o livro faz lembrar a educação por um país melhor e a enxada, a agricultura.

* Bandeira nazista: A bandeira havia sido projetada pelo próprio Hitler, tal como descrito em seu livro Mein Kampf, na qual descreve o processo de escolha de uma nova bandeira, depois de ter apresentado várias propostas: "Eu mesmo, entretanto, após inúmeras tentativas, encontrei um desenho final, uma bandeira com um fundo vermelho, um círculo branco e uma suástica preto no meio. Depois de várias tentativas, pude definir a relação entre o tamanho da bandeira e o tamanho círculo branco, assim como a forma e a espessura da suástica. "

A propaganda nazista esclareceu o simbolismo da bandeira: a cor vermelha representa o social, o branco o pensamento nacional do movimento e a suástica a vitória dos povos arianos sobre o judaísmo.

(LEMBRANDO QUE A SUASTICA NÃO É INVENÇÃO DE HITLER) é um simbolo utilizado desde o período neolitico (10 mil anos a.c).

* Marianas Setentrionais; Em comum com outros estados do Pacífico, tais como as Ilhas Marshall, Nauru e Estados Federados da Micronésia, a bandeira das Marianas Setentrionais (MS) é de um fundo azul com uma estrela branca de cinco pontas. No caso desta nação, a inspiração veio da bandeira das Nações Unidas, tendo sido as MS um protectorado da ONU. O símbolo por detrás da estrela é uma pedra latte, um símbolo do povo Chamorro.

A grinalda, chamada mwarmwar foi adicionada em 1981, simboliza o elo entre as ilhas e a sua história e tradições sagradas. Para as muitas ilhas há apenas uma bandeira - aparentemente as ilhas menores não têm bandeira.

* Bandeira do Quirguistão; O sol possui 40 raios, que representam cada uma das 40 tribos e dos 40 heróis quirguizes. No centro do sol, aparece um anel vermelho cortado por duas séries de três linhas representando o tradicional yourte, a casa do povo nômade. A cor vermelha é em homenagem a Manas, o Nobre, herói nacional do Quirguistão.

* Bandeira da Suazilândia; O vermelho simboliza as batalhas do seu passado históricos, o amarelo as riquezas naturais do território, enquanto que o azul exprime a ideia de paz. No centro há o brasão troféu de armas que figurava na insígnia do batalhão dos pioneiros suazi.

* Bandeira Nepal; Sob o ponto de vista astronômico, os desenhos retratam uma imagem do cosmo, conforme seria visto do espaço sideral por uma pessoa. Trata-se de uma triangulação astral desenhada nos dois triângulos, no pano inferior vê-se o sol iluminando, logo acima o limbo da terra ao mesmo tempo que um terceiro astro no lado da sombra interage na paisagem no momento dos crepúsculos entre o observador terreno e o hipotético observador sideral.

Os dois símbolos reais são hoje reinterpretados como a representação da esperança de que o Nepal dure tanto tempo quanto o Sol, a Terra e as estrelas.