Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
sol em 14 de março de 2017 às 17:03:44»
É isso que eu penso Juarez, e você disse tão bem.
Ele não ganhou nada. Era um bom momento para que ele batalhasse para mostrar e mudar os procedimentos aéreos, a verdadeira causa dos acidentes
Lembra o nosso momento político: brigas, argumentos indefensáveis de todos os lados e nenhum direcionamento correto pra eliminar as causas dos problemas.
Juarez Manzini em 14 de março de 2017 às 13:59:25»
Ok, a gente entende a dor dele, mas o que ele ganhou matando um homem que era tão escravo do sistema quanto ele? Se ele tivesse que praticar algum tipo de retaliação que fosse contra a empresa que deixou o sujeito trabalhando sozinho.
avatar
sol em 14 de março de 2017 às 12:57:12»
Eu não sei bem o que vc quis dizer Celio. Vou comentar o que eu penso da atitude dele.
A vingança não devolveu a família morta mas trouxe paz pro coração dele. Talvez ele não queira razoar e se um dia isso acontecer, daí sim vai sofrer.
É estranho que as pessoas troquem um sentimento ruim por outro bom quando se vingam.
Celio em 14 de março de 2017 às 12:18:42»
sol,
"infligiu um castigo imenso pra esposa e os filhos do controlador".
- E para ele também.
avatar
sol em 14 de março de 2017 às 11:47:44»
Eu até entendo o sofrimento dele mas que vingança besta. Pra confortar o coração dele (e dos parentes das outras vítimas do acidente) infligiu um castigo imenso pra esposa e os filhos do controlador.
Fernando (Dragon44) em 13 de março de 2017 às 22:40:17»
O controlador foi o que teve menos culpa nesse acidente, estava sobrecarregado. Foi uma fatalidade. Manuais contraditórios e um cara sozinho para administrar as telas de radar dão nisso. Esse russo fez foi tirar a vida de um pai de família, criando dor semelhante que ele tem em outras pessoas.