Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Shirley em 18 de julho de 2017 às 13:44:54»
Nem tudo que me é de direito me convém. Ele tinha o direito de fazer isso? Tinha. Ele deveria ter feito? Na minha opinião, não. Logo que vi, sabia que iria sobrar pro funcionário - o que também é uma grande falta de consideração da empresa.
avatar
holyghost em 15 de julho de 2017 às 18:23:52»
muito desonesto.
Decio Cupramim em 14 de julho de 2017 às 14:42:50»
Tremendo babaca.
1 - ele nunca vai conseguir usar todos eles antes do fim do prazo de validade;
2 - Se exigiu que a lei fosse seguida à risca, então também tem que segui-la, e não poderá vender o excesso, já que provavelmente não tem uma empresa no ramo de atividades onde se encaixe a venda de produtos de higiene pessoal;

Comprou pra pagar de fod@, e acabou virando o cuz@o da cidade!