Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
PessoaToa em 04 de fevereiro de 2010 às 20:28:04»
e c/ Luiz Felipe tb.
somos 2, mano.
avatar
PessoaToa em 04 de fevereiro de 2010 às 20:26:45»
parei d ler no começo.
ps:
concordo c/ Kaoru.\/
avatar
Kaoru em 21 de dezembro de 2009 às 13:39:45»
Ninguém merece.
Luiz Felipe em 26 de abril de 2009 às 11:17:21»
Quando que a religião se tornou dona da moral?
Eu nao tenho religião nem por isso saio matanto qualquer um. esse problema é da educação e do sistema que permite que pessoas não tenham amor pelo próximo. não precisa de religião para ter isso.
Luciano Blues em 02 de dezembro de 2008 às 16:12:37»
Fechei em número e grau com a LoiraInteligente.
avatar
rodrigorpb em 02 de dezembro de 2008 às 11:33:58»
Mas hoje em dia as religiões pensam também no lado espiritual das pessoas (ao contrario de antigamente) mas infelizmente os dogmas ainda existirão. Bom minha opinião a respeito do texto acima é que o padre quis dizer que as vezes ficamos tanto tempo em cima de um computador ou sei lá que tecnologia que esquecemos das pessoas ao redor de nós e o pior de nós mesmos, por isso que ele disse que isso atrapalha, mas não que ele está querendo proibir o uso, sabemos que todo o vício é maléfico (só procurar a palavra vicio no dicionário), o vaticano usa sim a tecnologia e sempre usará, pois se não tivermos fé o que vai virar nosso mundo, já que com o pouco de fé que as pessoas vem se matam umas as outras iguais animais e roubando uns aos outros sem pensar nem um pouco no que poderá causar os próximo. Sou programador e sempre estou por dentro de novas tecnologias e isso me prende muito, as vezes eu também esqueço um pouco da oração mas mesmo assim sei me controlar.
avatar
rodrigorpb em 02 de dezembro de 2008 às 11:33:18»
Bom pessoal, sou jovem mais tenho conhecimentos religiosos e tenho minha própria fé independente de religião assim como muitos aqui (apesar de eu ser católico). Em primeiro lugar gostaria de esclarecer a respeito da Igreja Católica. Pelo que sei Roma estava preocupado com a vinda de Jesus, tanto que Roma mandou matar milhares de pessoas a fim de conter o nascimento de Jesus pois sabia que era um messias e que mudaria o pensamento de muitos da época e também do futuro (mas resumindo pois isto é texto para muitas folhas), como Roma não conseguiu o que queria e viu que Jesus realmente estava tocando o coração das pessoas que o ouviam, resolveram culpá-Lo por heresia, após Sua ressurreição Roma percebeu que mesmo matando-O a palavra Dele ainda estava mudando a vida das pessoas, Roma então resolveu unir ao Cristianismo (como diz o ditado: "Se não pode com ele junte se a ele" wink , foi então que Roma tomou a frente do Cristianismo a fim de novamente dominar as pessoas, e assim começa a matança em nome de Jesus para aqueles de desobedecerem os bispos (que muitos eram homem já fortes ou mesmo reis que se tornaram bispos), mas que na verdade não estavam nem ai para o lado espiritual e sim somente para o domínio. Então confundimos o verdadeiro Cristão com as religiões (que ainda muitas não mudaram as leis que Roma impôs (os dogmas)), mas hoje em dia muitos dos padres, pastores conhecem a verdade, mas não falam para não contradizer a religião. Só para concluir, para você Luiz Felipe, o livro de merda a que se referia foi escrito a maioria das partes que nele se encontra por apóstolos de Jesus, que se você tiver inteligência suficiente de ler verá que não tem nada escrito nele que impeça o homem de criar novas tecnologias ao contrario disso, lá diz e Deus deu o dom para cada um de nós para podermos ajudar uns aos outros e viver como irmãos. Para esclarecer quem foi contra Galileu não foi a Bíblia e sim Roma por desobediência de Galileu, pois suas pesquisas era financiada pela igreja.
avatar
Marya em 02 de dezembro de 2008 às 10:32:42»
Lombradinho,

Dá licença de meter a colher, você diz que não gosta desse Papa, mas, não adianta, mesmo se o próprio Cristo viesse à terra falar para as pessoas pensarem mais em Deus, você acha que as pessoas iam ouvir?

Não fica brabo comigo, te admiro bastante.
avatar
Skiner em 02 de dezembro de 2008 às 09:50:06»
Que ridiculo, desde quando falar no celular vai te distanciar da igreja ou atrapalhar sua "vida religiosa" ?!
' "...os seres humanos correm o risco de perder suas almas".'

affff tá valendo tudo pra conseguir o dizimo
avatar
Lombradinho em 02 de dezembro de 2008 às 09:00:44»
Deus está dentro do nosso coração aonde existe o Seu Verdadeiro Templo que devemos cuidar pois nosso corpo é Templo do Espírito Santo.Embora eu não professe nenhuma religião, da mesma forma como só Voto Nulo, que cada um tenha a Religião que quiser mas que não tentem me impor uma.O Bento 16 é o que podemos chamar o Papa da Morte, pois foi Nazista na juventude e mais tarde, Prefeito na Congregação para a Doutrina da Fé, que na Idade Média era chamada a Sacra Congregação da Inquisição Universal, responsável pela morte de milhares de pessoas e por ele, muita gente iria prá fogueira.Que se dane Bento 16! ma
avatar
Mih em 02 de dezembro de 2008 às 00:30:01»
Bom,é um assunto delicado,né?!! cool
Mas,talvez a Maria tenha razão,sei la?!!
Esse vaticano tem seus vais e vens que vai
santo entender?!! neutral
Luiz Felipe em 02 de dezembro de 2008 às 00:29:43»
Eh preciso um movimento anti-estupidez religiosa, para uma sociedade livre dessas ideias de controle de massas, aprenda a pensar sobre o que te dizem ou sobre os livros que voce le. chega de manipulacao. compartilho a revolta com quem pensa igual. mas nao sou um cara sem feh, um dia o pensamento triunfara sobre a estupidez dessas mentiras.
Luiz Felipe em 02 de dezembro de 2008 às 00:24:45»
Realmente as pessoas deveriam parar de perder tempo com futilidades da era moderna e deveriam pensar em como um dinossauro velho desses que eh essa religiao catolica eh cheio de mentiras e historias idiotas.

Sera que alguem acredita nos contos de fadas da Disney, e pensa que eh verdade. Acho que nao, mas nessas estorias deslavadas, que sao dificeis de engolir as pessoas acreditam, e o pior sem contestar pois eh "a verdade absoluta".

Meu pensamento eh muito logico ou sistemico para aceitar isso.

Essa religiao deveria parar na mitologia junto com a religiao dos gregos. Sim, a mitologia grega era uma religiao, e todas estao fadadas a se tornar mitologias.

Mas eles persistem em contestar todo material intelectual acumulado pela ciencia (para quem nao sabe sao essas materias: Fisica, Matematica, Biologia, Quimica, Psicologia e Astronomia (a verdadeira, astrologia eh um monte de merda sem sentido e nem eh ciencia, so para nao confundir eu coloqui aqui). A ciencia engloba todo conhecimento adquirido pelo ser humano ate agora (o conhecimento comprovado, real, garantido, e nao o mitificado, e charlatao, enganador, mentiroso). mas eles insistem em dizer que um livro de merda tem todo o conhecimento do universo mesmo estando 2000 anos desatualizado e ter sido escrito por mongoloides. pior mesmo foi aquele imperador romano maldito ter usado essas ideias toscas para criar uma religiao, a culpa foi dele.
avatar
Marya em 01 de dezembro de 2008 às 18:40:19»
Gente, comi demais, alguém sabe uma dieta legal para perder pêso ?
avatar
Cassio em 01 de dezembro de 2008 às 18:29:02»
Eu havia jurado nunca mais comentar em assuntos religiosos, mas...

O que este padre quer dizer é o seguinte: Entre no youtube ou em qualquer site pornô, fale no celular mais caro que seu dinheiro puder comprar, seja um geek extremado, mas em hipótese alguma deixe de acreditar nas besteiras e idiotices que levamos séculos para colocar na sua cabeça e na dos seus pais. Pois se você fizer isso será expulso do reino dos céus. Entenderam?

A verdade é que estes padres estão ficando cada vez mais desesperados e já não resta-lhes outra alternativa a não ser caras-de-pau mentirosos e manipuladores como pastores e pais de santo. E os poucos que acreditam crer em alguma coisa já não andam dizendo coisa com coisa, estão parecendo este tal Brasileiro que comenta aqui no MDig
João Pedro em 01 de dezembro de 2008 às 17:53:25»
seu Zé, "faz tudo" aqui do bairro e que ganha "malemá" -como ele próprio diz- um salário mínimo por mês, separou roupas, alimentos e enfrentou fila de banco para doar 5 reais.
Cada um dá aquilo que pode e tem de coração.
Só o prepotente Ratzinger, sentado em trono de ouro de sangue, acredita que sua *grande* oração irá ajudar a algum necessitado, tipo bem nojentinho.
Cd em 01 de dezembro de 2008 às 17:51:25»
Quando a gente pensa que a ignorancia gerada pela obcessão religiosa ja chegou no seu ponto maximo, as pessoas se superam novamente e vem com outra babaquice dessas... como se ja não bastace o atrazo tecnologico de 1200 anos gerado na idade média... e pensar que hoje meu monitor deveria ter 0,1mm de epessura e eu estaria escrevendo esse comentario diretemente com o cerebro e não com as mãos... mas isso so não é possivel por culpa da ignorancia, que tbem atend epelo nome de religião...
avatar
100Nossao em 01 de dezembro de 2008 às 17:33:02»
Poxa gente, tem a matéria ali em anexo e pelo jeito poucos se deram ao trabalho de ler: o padreco sem noção está praticamente excomungando quem usa internet e celular. Pare de usar celular senão sua alma vai pro saco.
Faça isso faça aquilo senão você não ganha o reino dos céus. Ah... para né?
Me desculpe, eu não quero ofender ninguém, mas quem concorda com este padre está sendo no mínimo hipócrita. Como explicar então que esta figura estranha condena algo que o vaticano usa em excesso. Como é que ele condena o celular, mas o vaticano "vende" oração para colocar no iPhone? De certo a explicação dele virá em forma de dogma. rolleyes
Eu não quero convencer ninguém, mas peço que respeitem a minha burrice.
E quem a igreja catolica pensa que é pra sair por ai condenado a tudo e a todos que não lêem no seu livro?
Quero é que este tipos vão excomungar a mãe!!!
Caligari em 01 de dezembro de 2008 às 17:30:47»
Não vejo, nesse sentido, nenhuma incoerência por parte da igreja católica. Tenho certeza que qualquer outra igreja, cristã ou não, pensaria o mesmo. As coisas do espírito exigem reflexão, que é, no mínimo, dificultada pelo bombardeio de informações, característica destes nossos tempos: falta-nos tempo pra processar tudo, e, principalmente, pra refletir.
Por outro lado, as igrejas devem mesmo usar as tecnologias disponíveis pra ampliar seu campo de atuação. É uma questão de lógica, ora. Lógica de sobrevivência.
Dr. Smith em 01 de dezembro de 2008 às 17:21:04»
Não me parece que o Vaticano tenha condenado o uso de alguma tecnologia. Acho que ele só utilizou esse exemplo pois esses são dois icones da sociedade moderna. Essa mesma sociedade, ao que parece, é que não está avançando muito nas questões espirituais...

PS: Em tempo.
Quais telespectadores ficaram boquiabertos?!
TOTAL ALIEN em 01 de dezembro de 2008 às 16:54:17»
Quando alguem da medieval igreja catolica abre a boca sai merda !!!
Vaticano dies !!!
Lauro do EB em 01 de dezembro de 2008 às 14:17:25»
Qualquer passatempo no fundo é um "perde tempo", pois quase todos que tem computadores passa no mínimo duas horas em frente a ele e não perde nem 2 minutos para ler um página da bíblia. Levando em consideração que um 1/3 de nossas vidas passamos dormindo; quem morreu com 60 anos na realidade só viveu 40 se esta pessoa passou 2 horas por dia em frente ao PC perdeu mais 5 anos. O Porta voz do Papa está certo.
Loira inteligente em 01 de dezembro de 2008 às 13:54:31»
Todo excesso é nocivo. Tudo que é nocivo não pode ser bom. Portanto, antes de criticar a fala do sacerdote deve-se observar que é apenas uma sugestão do uso excessivo da tecnologia, que diga-se de passagem, realmente "rouba" o nosso tempo.
Basta lembrar da advertência do próprio Cristo: "Ninguém pode servir a dois senhores". Quando se "serve dá-se todo o tempo".
Eu não vi perseguição sem condenação por parte da Santa Sé a respeito do uso sensato da tecnologia.
Boca Maldita em 01 de dezembro de 2008 às 13:34:56»
A grande verdade é que a igreja católica, relegada aso ostracismo nos novos dias, vem fazendo de tudo para aparecer. Ela se mete em tudo que não é da sua conta, onde não envolva gastos financeiros obviamente.

Vendo seus fiéis, aos montes, engrossando filas de outras religiões ou, simplesmente, tornando se ateístas, a católica inventa de tudo para conter a fuga em massa: padre rockeiro metal, godtube... apelaram até para um calendário de padres para chamar a atenção da mulherada (no próximo ano é bem possível que apareçam com roupa -ou sem- de banho em frente ao vaticano).

Tiveram até a pachorra de publicar uma nota dias atrás onde elogiavam um disco dos Beatles (agora viraram críticos musicais também) e absolviam John Lennon pela famosa frase de que os Beatles eram mais famosos que Jesus Cristo.

Lennon deve ter se retorcido em seu túmulo, afinal ele não falou mentira nenhuma.
Thiago Cezar em 01 de dezembro de 2008 às 13:19:16»
Apesar de ser evangélico, concordo com o Papa, no sentido dos excessos, a dedicação total em uma coisa, sempre vai deixar as outras mais fracas....assim, ele não disse que não pode, mas disse dos exageros, fazendo que a vida espiritual padeça, pois não houve tempo para desenvolve-la.
Camy em 01 de dezembro de 2008 às 13:18:55»
o que a igreja nos remete é ao nosso conteúdo interiror que fica esquecido devido ao nosso comprementimento com as novidades tecnologicas. Muitas vezes muitos esquecem de si mesmos e que é preciso alimentar o corpo e a alma, e para isso é preciso dispormos de algum tempo para refletir, é possível ficar horas na internet e realmente não achar 15 minutos para refletirmos sobre o próximo ou pela nossa alma.
Wilson Junior em 01 de dezembro de 2008 às 13:09:55»
Lógico que o Vaticano não é contra a tecnologia, mas seus excessos.
Só mesmo muito preconceito contra a Igreja podem evitar de entender o que o Papa disse.
Abraços!
Nelsin em 01 de dezembro de 2008 às 12:57:57»
A Igreja não é contra algo específico.
Ela é contra tudo aquilo que oferecer alguma ameaça visível à sua hegemonia.
Mas dá para notar que o Papa fez o anúncio em um programa da tv vaticana, que por sinal, é um tipo de tecnologia!
Ma em 01 de dezembro de 2008 às 12:39:51»
A igreja sempre atrasou a humanidade e não é agora que isso vai mudar.
avatar
Marya em 01 de dezembro de 2008 às 12:39:11»
Não sei o que dizer, mas, depois de refletir um pouco, sei lá, talvez o Vaticano esteja querendo dizer que, o homem deve reservar um tempo de seu dia para as tarefas espirituais, ou seja; rezar, ou meditar, ou ler a Bíblia, ou visitar um doente, ou visitar um asílo, ou visitar um orfanato, ou ir à missa, ou se confessar, etc....
Talvez o Vaticano esteja querendo dizer a obsessão pela tecnologia moderna não nos permite dispormos de tempo para as coisas do céu, ao invés, só nos dedicamos às coisas do mundo.
Acho.
avatar
Marya em 01 de dezembro de 2008 às 12:20:25»
Não sei o que dizer.