Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Dekionsavage em 28 de setembro de 2010 às 10:13:29»
mas se o menino tivesse morto n ia resouver o problema;de qualquer jeito ele nao ia mexer no PC ¬¬
avatar
Bihh em 07 de janeiro de 2010 às 18:23:06»
eu faria isso se me proibissem de frequentar o MDig... cry
Joey...: em 21 de dezembro de 2009 às 20:22:50»
Eu faria isso se me proibissem de escutar new metal (:
Nicholas em 12 de dezembro de 2009 às 11:03:51»
Eu quando tinha 5 anos eu já sabia mexer muito bem no PC, eu agora tenho 11 e mexo muitíssimo bem, nunca fiz um curso de informática. Meu professor de informática disse que eu sei mais do que o avançado, sou uma criança super dotada que mexe muito bem no PC.

Eu tiro notas ótimas, 10/9,5/9/8,5/8/ Raramente 7,5...
Bianca. em 19 de novembro de 2009 às 21:38:18»
PORRA O LINK DO MENINO DE 13 ANOS É EM ESPANHOL
Bianca. em 19 de novembro de 2009 às 21:35:17»
ta loco,menino suicida?da até raiva da mente sem noção.
AAA TO SEM COMPUTADOR,JA SEI VOU ME MATAR E TALVEZ MINHA MÃE DEIXE.(PULA)ESPERE AI COMO EU VOU JOGAR SE EU VOU ESTAR MOOOR...POOOF
LOKAUM em 01 de abril de 2009 às 16:49:59»
kkkkkkkkkkkkkkkkkk dake a pco eu xego no pontoq ele xegou xD kkkkkkkkkkkkkkkkkk
avatar
andrewmat em 27 de janeiro de 2009 às 22:29:57»
Tá certo o pessoal aí embaixo, mas pensem na mãe dele. Ela deve estar chorando cry .

E essa humanidade tá ficando muito viciada em computador(principalmente eu), tá ficando mais difícil uma pessoa sair do computador do que das drogas. sad
avatar
Mih em 27 de janeiro de 2009 às 19:04:39»
Agora vai jogar com o capeta,guri retardado!
Isso pq tinha só 10 anos!! ma
Eu com 10 anos nem sabia o que era PC!
Meu negócio era brincar na rua,de esconde,pular corda,
bate manteiga,e la vai...Ow epoca boa essa,heim?! wink
avatar
leonita em 27 de janeiro de 2009 às 17:30:00»
Lamento dizer, mas é um delinquente ou deliqüente a menos. A humanidade agradece.
Tay-san em 27 de janeiro de 2009 às 13:29:13»
Oh God O.O
Táh,eo até entendo o menino,mas sempre tem uma Lan House por pertoih a carteira do pai jogada na cômoda ;}
Ele devia ter pensado um pouco melhor '.'
avatar
Sunrunner em 27 de janeiro de 2009 às 13:08:01»
se minha mãe me proibisse de ver o mdig...adeus mundo cruel cry cry rsrsrsrsrsrs
Maria de Portugal em 27 de janeiro de 2009 às 13:04:01»
AHAHAHA! MOONRA:
Quem é que pode dizer nunca?
Mas a verdade é que ainda hoje já casada à 11 anos ainda não digo o que me apetecia ao meu pai. (tenho medo)

Mudando de assunto e depois de toda esta maravilhosa nostalgia, deixem-me falar um pouquinho do presente.

Quando soubemos que estávamos grávidos, eu e o meu marido tomamos uma decisão, o meu futuro trabalho seria MÃE.
Oito anos passaram e continuo em casa. Muitos sacrifícios são feitos, mas se querem saber vale cada dor de cabeça por causa da falta daquele dinheirinho extra que eu tinha quando tinha o meu emprego.
O meu marido tem uma empresa de informática, e como é óbvio o meu filho tem um pc que faz inveja ao Bill Gates. Agora o governo Português criou o "Magalhães", um portátil para os miúdos, com Windows xp e linux, a um preço fantástico para os alunos da primária, é fabuloso. O meu filho tem. No natal ganhou a PSP. Tem celular, mas daqueles que só permite ligar à mãe e ao pai.

Agora, o mais importante que o meu filho tem: Mãe em casa e um pai atento e presente. E um "já chega" quando necessário.
E livros, musica.
Eu posso não ser muito inteligente,mas faço o
possível para passar ao meu menino bastante cultura geral.
Temos com ele um discurso aberto e claro sem tabus, mas sem exageros, tudo ajustado à idade dele.
É curioso ver por exemplo como ele com o jogo PES tenta descobrir a nacionalidade das equipas do jogo, tem um atlas, que era meu, corre aquilo tudo, aprende tudo.
Acabou de me dizer que o brasileiro da novela que estou a ver se parece com o Liedson, ahahahaha, está em casa com Varicela (catapora) tadinho, mas lá está, sou mãe para estas coisa.
Nos "sims náufragos" descobre espécies de plantas, peixes etc e pergunta, pergunta muito, porque o ensinei a ser assim. Se não sei pesquiso e ensino.
Escolhemos jogos adequados, e espicaçamos os seus interesses.
Não quero de maneira nenhuma um super filho, aliás as notas dele não são o máximo mas Einstein também não foi grande coisa na escola.
Eu sei que nos dias que correm é quase um luxo as mulheres ficarem em casa a tomar conta dos filhos, mas aqui deviam entrar os governos. Em vez de criarem cresces, criavam ordenados para a carreira "MÃE", se bem que nem todas têm vocação, o que é uma pena.
Imaginem que tenho amigas que me dizem escandalizadas que nunca na vida conseguiriam ficar em casa.

Sinal dos tempos.

Um grande abraço a todos.
avatar
Pamellak em 27 de janeiro de 2009 às 10:43:11»
agora eu fico na dúvida de quem é mais errado
os pais ou o filho...
pq se o filho chegou a tal ponto,é pq seus pais naum fizeram nada certo
eu sinceramente.....
maas que a infancia praticamente naum existe é verdade
mas se os nossos pais soubessem educar...bater na hora certa
isso naum estaria acontecendo
avatar
Marya em 27 de janeiro de 2009 às 08:23:26»
Maria de Portugal,
gostei do teu comentário.
concordo com você, está certíssima.
wink
Diana Chandelle Nougat em 27 de janeiro de 2009 às 00:12:37»
Ótima ideia......









rs
avatar
Perfect em 27 de janeiro de 2009 às 00:06:18»
Nossa, isso q eh, ser viciado razz
avatar
Elton em 26 de janeiro de 2009 às 21:35:55»
agora q ví, todos se lembrando dos tempos felizes q tinham, pois é no momento ñ damos valor, fazemos pouco, mas depois é vemos o quanto aqueles tempos foram bons, e apesar de ainda ser um adolescente, já sinto falta da minha infancia, recordo com as fotos q vejo quase todo dia, a primeira queda, a primeira brincadeira, a primeira bicicleta (e qaundo tava começando a andar, aí veio a primeira queda de bicicleta rsrs...) pois é são momentos q nunca voltam, só ficam nas fotos e na nossa memória, sem q já perdí muitas coisas boas na vida por estar com raiva, mas fazer o q se já passou, lamentar de nada adianta, é só tentar seguir em frente e construir um novo caminho, para q no futuro olhar nossos filhos, netos e quem sabe bisnetos correndo felizes, e nós olharmos pra trás e dizer: valeu a pena !

por isso faça tudo na vida para q você ñ arrependa de ter feito, ou de ñ ter feito algo, pq o arrependimento é uma das piores q existe... rolleyes sha
avatar
Elton em 26 de janeiro de 2009 às 21:24:04»
q tragédia, pois é, tanta tecnologia um dia iria trazer suas consequencias... rolleyes
avatar
MoonRa em 26 de janeiro de 2009 às 21:17:03»
Maria, mas que saudosismo! Acho difícil acreditar que você nunca tenha desobedecido seus pais... rs

De resto, não tem como não concordar... Eram tempos diferentes, que com certeza nos proviam muito mais experiências motoras e pessoais do que as crianças de atualmente possuem...

E acho que, como adultos de infâncias felizes, temos a OBRIGAÇÃO de fazer com que as brincadeiras, os brinquedos e as vivências não se percam... É pelo menos esta a maneira como vejo as coisas. Existem muitas novidades legais para nossas crianças das quais essas não devem ser privadas, mas vale lembrar que não existe infância verdadeiramente feliz sem arranhões, correria, malcriações e escalada de árvores...
Lauro do EB em 26 de janeiro de 2009 às 19:33:57»
No quartel em que sirvo é fácil perceber os recrutas que passaram muito tempo com computadores; eles são os mais dispersivos e com difícil capacidade de concentração e com uma visão distorcida da realidade. Geralmente são os com piores condições físicas devido as inúmeras horas de sedentarismo em frente ao PC.
avatar
Gabriel de Souza em 26 de janeiro de 2009 às 19:25:38»
Maria de Portugal, nem me fale nisso se não fico com saudades dos tempos em que era mais moleque ainda! razz
avatar
Evy em 26 de janeiro de 2009 às 19:25:26»
Concordo com a Lucy, o mdig realmente é viciante.
A respeito do garoto, os pais teriam que ter tomado medidas preventivas e não esperar o vício aparecer para proibir... é a mesma coisa que dizer a um viciado que ele deve parar, no momento da adrenalina eles não pensam nas consequencias.
avatar
NelsonCosta em 26 de janeiro de 2009 às 19:24:32»
Maria de Portugal idem.
não tinha nem pc, nem videogames. as brincadeiras eram todas na rua.
entre jogos de futebol, passeios de bicicleta, lançar o pião, correr no meio do mato. até cheguei a ser pastor durante algum tempo vê la tu smile
eu e os meus amigos tinhamos poucos brinquedos, nada de especial, mas repartiamos entre todos. havia mais companheirismo.
tinha pouco, mas era o suficiente. foram os anos mais felizes da minha vida.
antigamente os pais eram mais severos, não era não.
hoje é o contrário, os pais deixam a criançada fazer o que eles querem e satisfazem todos os seus caprichos, como é que eles depois sabem valorizar a vida?
avatar
hurricane em 26 de janeiro de 2009 às 18:27:00»
os minino besta.
Teriam que usar o argumento para eles, que caso eles fizessem alguma coisa dessas eles nunca mais poderiam jogar novamente. Ai pronto o fanantismo pelos jogos os salvariam.

brincadeiras a parte, mas esse lance é muito sério.

P.S:
e viva Warhamer . E Warhamer II sai no proximo semestre
avatar
malukinha em 26 de janeiro de 2009 às 17:29:20»
kda coisa ....MeO Deus .. eek
Maria de Portugal em 26 de janeiro de 2009 às 17:21:40»
Eu cresci na década de 80.
Brincava na rua, tinha montes de amigos, meus pais não tinham dinheiro para pc's, eu subi árvores, fazia de conta que era a Jane das selvas, com as minhas amigas, andei de bicicleta, com as minhas amigas, amigos e primos, li "as aventuras dos cinco" (sonhava ser a Zé), e formamos o grupo, cai, arranhei-me toda, mas foram os melhores tempos da minha vida.
Num Natal ganhei um jogo de Dominó e fiquei tão feliz. ERA SÓ UM SIMPLES DOMINÓ.
Nunca desobedeci aos meus pais, nem fazia birras. Quando a minha mãe arranjou um trabalho eu tinha a minha Avó.

QUEM É QUE ESTA CRIANÇA TINHA?

Provavelmente uma mãe atarefara com carreira e sem tempo.Um pai que para compensar os: "-agora não posso" , comprava-lhe tudo e mais alguma coisa....
...menos o que não se compra, ATENÇÃO.
Vagner Schweitzer em 26 de janeiro de 2009 às 17:11:57»
Isso é um ato normal e corriqueiro, toda semana tem um caso assim aqui na minha cidade.
avatar
renatohnd em 26 de janeiro de 2009 às 16:42:51»
[pessimista]
.
Todos morrem mesmo, faz parte de viver.
TOTAL ALIEN em 26 de janeiro de 2009 às 15:57:23»
Talvez se os país proibissem o filho de outra atividade ele se mataria.
Agora o podre e decréipito tribunal chines julgar a empresa de video game, como se o jogo fosse o estimulante para o suicidio É RIDÍCULO !!
avatar
Elbereth em 26 de janeiro de 2009 às 15:13:50»
Pode ser cruel falar isso agora, mas em parte a culpa é dos pais.

Se eles tivessem imposto limites de forma mais firme durante o crescimento do menino, ele provavelmente não chegaria ao ponto que chegou na escola, com as notas e o baixo comportamento.
Além disso, ele estaria mais acostumado a ouvir NÃO, e aceitaria o castigo com raiva e frustração, mas não com esse desespero.
Provavelmente achou que não ia morrer, mas conseguiria chocar os pais a ponto deles deixarem ele voltar pro computador.
julio em 26 de janeiro de 2009 às 14:35:37»
apos pular ele teve o resto da vida para se arrepender, ou seja , ate chegar ao chao hehehe...burro. agora vai jogar com o capeta.
avatar
R 3 N 4 T I M em 26 de janeiro de 2009 às 14:02:08»
Nerds Malditos ! ma
Gih #) em 26 de janeiro de 2009 às 13:37:45»
coitado, tinha uma vida inteira pela frente...
lucy em 26 de janeiro de 2009 às 13:24:23»
Ai galera do mdig cuidado pra nao viciar esse site é viciante.
avatar
Gabriel de Souza em 26 de janeiro de 2009 às 13:23:15»
Realmente as crianças já nascem no PC, triste mesmo. Li uma notícia na BBC brasil que um menino matou o pai e a mãe por imperdir ele de jogar Halo.

A criança quase vive uma vida virtual. Estão totalmente alheios a realidade.

Esse pode ser um caso extremo mas casos como de vício como esses são mais comuns do que se pensa!
avatar
msp1500 em 26 de janeiro de 2009 às 12:51:49»
Lamentável os pais deixarem seus filhos chegarem numa situação dessas. Um pouquinho mais de amor e de atenção certamente iria ajudá-los a identificar o problema bem antes de acontecer esse final trágico.
avatar
Alfredo em 26 de janeiro de 2009 às 12:49:43»
Se faltá chopinho Belco, também pulo!
avatar
Araguaia em 26 de janeiro de 2009 às 12:45:08»
A coisa te feia mesmo