Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
Grumete em 12 de setembro de 2009 às 12:14:17»
quer ser marujo...?
kitty em 18 de agosto de 2009 às 21:31:43»
Banana Pancakes, um ascensorista de elevador ganha 12 mil por mês?!
já sei o q vou ser quando crescer!
Pellegrini em 07 de agosto de 2009 às 20:30:37»
Pensar que um político ganha mil vezes mais (literalmente) e não faz NADA, quer dizer fazer faz mas nada que preste. =/
Banana Pancakes em 22 de julho de 2009 às 21:09:38»
Pensar que um ascensorista de elevador ganha 12 mil reais por mês...
Geraldo em 03 de julho de 2009 às 02:16:24»
isso é uma vergonha, so acontece em países de terceiro mundo mesmo.
avatar
Cearense em 23 de junho de 2009 às 22:13:02»
caracaaa! meu Deus que trabalho é esse? Como essas pessoas aguento isso? Como tem essa coragem toda?

respostas para todas elas: a necessidade!
nos seres humanos não podemos escolher a vida, claro podemos lutar por boas maneiras, mas nem sempre a força de vontade vence tudo, pois necessitamos do meio social, muitas vezes não nos oferece as oportunidades nessessarias para se viver bem aí muitas vezes cabe a nós a apelar, como nesse caso desse trabalho que de forma alguma deixa de ser digna! wink
mosaico em 23 de junho de 2009 às 15:29:12»
isso é o pior castigo do mundo.
geovane em 16 de junho de 2009 às 16:39:17»
q fedooooo q dev ta la eu to fora desse coco
PFB em 02 de junho de 2009 às 18:27:56»
Esta danifica o homem.
avatar
Rei do Pop em 18 de maio de 2009 às 05:40:31»
sempre tinham k existir pessoas dedicadas a isto, so tinham k receber bem...
Bárbara em 15 de maio de 2009 às 12:41:45»
É culpa do sistema!
Edivando Oliveira Lopes em 01 de maio de 2009 às 15:09:21»
É LAMENTAVEL!!!
Hell Back em 18 de abril de 2009 às 15:29:58»
Pirulito e todos os demais que afirmam que não vão mais reclamar do seu trabalho.
Não reclamar? O caminho não é por aí! Se não reclamarmos das más condições de trabalho imposto pelos patrões, fatalmente chegaremos às condições iguais ou piores que as mostradas pela reportagem. Não reclamar não é uma solução. Devemos reclamar sim! Como vocês acham que os indianos chegaram a essa situação degradante? Simplesmente por que foram aceitando as pequenas violações, dia após dia, e chegaram nessa situação. Portanto, devemos reclamar sim, toda vez que acharmos que uma coisa não está certa em nosso trabalho.
Vagner Schweitzer em 05 de abril de 2009 às 20:35:17»
Cara a Índia é um país de miséria muito maior que a do Brasil e a porcaria da Rede Globo retratando como se lá fosse um paraíso, Na china também existe muita gente que faz trabalhos similares a esse e ganham ainda menos. Trabalho dignifica o homem (com o perdão da palavra amigos mas) O Cara..ho que dignifica, o cara morre em uma merda dessa e o trabalho fica, morrer em um tipo de trabalho desse é tão penoso e cruel quanto morrer de fome. De que adianta a dignidade numa situação maldita dessas. É igual foi dito mais abaixo, enquanto existir alguns bilionários e milionários vão existir milhões de miseráveis e ainda vem gente com a cara de pau de falar que as empresas são obrigadas a prestar serviços sociais no país em que estão instaladas, onde estão essas malditas ações sociais nessa hora. As pessoas usurpam, as empresas usurpam, os governos usurpam e pessoas iguais esse tiozinho ai que fidam por sofrer os resultados dessa miséria. Eu particularmente sou um Sociopata, mas não tolero injustiças. Ainda é capaz de chegar um hipócrita e dizer: Foi Deus que quis assim. Ou de fazer doações exorbitantes para campanhas de preservação ambiental, de fazer um jantar beneficente com o valor de U$ 1500 para supostamente ajudar a salvar uma coruja e por ai vai. Sim o ambiente precisa de ajuda concordo plenamente, mas ele se degrada bem mais devagar que essas pobres pessoas nessa condição penosa.
Vagner Schweitzer em 05 de abril de 2009 às 20:33:53»
Teste, tô tentando comentar e num vai nem com reza.
avatar
Pamellak em 05 de abril de 2009 às 08:53:23»
quanto mais duro for o trabalho menos recebem!
avatar
RiYU em 04 de abril de 2009 às 21:59:57»
Esse trabalho é uma merda!
avatar
R 3 N 4 T I M em 04 de abril de 2009 às 00:35:54»
nunca q eu trampava aiii !
Keb em 03 de abril de 2009 às 18:07:55»
Hindi, hindu estão para o Hindustão assim como indiano está para a Índia. Sendo Índia = Hindustão as 3 palavras são gentílicos para quem nasceu naquelas terras.
Como vemos, faltou cultura mesmo Maurício, a sua. Como diz o Luisão: vai garrar um livro pra ler, vai...
Mauricio em 03 de abril de 2009 às 16:26:04»
O QUE É UMA CIDADE HINDI????????????

Hindi é uma das línguas oficiais e a mais falada na India... não um tipo ou estilo de cidade.... nem religião...

Faltou cultura.....
Joe em 03 de abril de 2009 às 15:39:10»
depois dessa meu trabalho é o melhor do mundo, tenho até tempo pra postar aqui rsrs
Camilinha em 03 de abril de 2009 às 14:46:39»
esse trabalho é uma merda, literalemente.
avatar
guizul em 03 de abril de 2009 às 11:42:34»
Darlene já que "trabalho é trabalho" sai daí de onde você tá e vai fazer um trabalho "sujo" igual o deles, essa realidade que o tópico mostra é só uma entre vária "palhaçadas" da Índia; Índia esta que não tem nada haver com aquilo que passa na Globo.

Uma simples roupa para proteger um pouco já bastaria para que estes homens pudessem trabalhar com o mínimo de dignidade.
avatar
hurricane em 03 de abril de 2009 às 10:30:55»
Complicado, este além de perigoso muito mal remunerado.
Existia ou existe um programa em um canal fechado, sobre profissões perigosas. Teve uma la Desmontador de Navios Sucata. O nível de mortes era absurdo.
Pirulito em 03 de abril de 2009 às 09:32:26»
Pessoal são 9.36 da manhã de uma sexta feira dia 03/03/09 estou no trabalho e lendo esta matéria, não a como reclamar do meu trabalho, deus me livre, nunca mais reclamo de nada.
avatar
LoiraInteligente em 03 de abril de 2009 às 07:11:22»
Darlene,

É verdade. O estresse sufoca de verdade, mas ainda assim você pode mudar de trabalho, de função ou virar seu próprio patrão.
Esse grupo de trabalhadores indianos não tem essa opção. Isso é que o mais doído. Engana-se quem acha que somos sensíveis. Somos humanos. E a escravidão nunca acabou, deu-se apenas um pouquinho de diginidade aos escravos modernos.
Seja muito bem vinda.
Um abraço
avatar
Mih em 02 de abril de 2009 às 23:28:20»
É de se pensar,viu?!!

Por isso,nunca reclamo de nenhum que tive até hoje! wink
avatar
Pack em 02 de abril de 2009 às 21:52:04»
Eu acredito que o mundo é um equilíbrio.
Enquanto houver gente rica, haverá gente pobre...
Enquanto houver gente milionária, haverá milhões de miseráveis...
Por isso busque uma condição de vida digna. O que conseguir além disso, compartilhe.
avatar
Evil em 02 de abril de 2009 às 21:21:30»
Oi Darlene... sha Seja bem-vinda... Chega mais perto da fogueira... twisted mrgreen
avatar
Perfect em 02 de abril de 2009 às 21:04:07»
Eu prefiria morrer, ao ter uma vida assim, imagina que nojo! e eh capaz dessas pessoas ainda serem muitoo felizes!
avatar
Darlene em 02 de abril de 2009 às 20:35:46»
Esse é o lado "sujo" da ìndia!
Trabalho é trabalho, as vezes a pessoa trabalha em um escritório, no ar condicionado, mas sofre humilhações e pressões tão grandes que a pessoa se sente mais sufocado do que nestes esgotos!
skiamorim em 02 de abril de 2009 às 20:13:11»
Trabalhos desse nivel e até muito mais baixos sempre existiram, porém hoje são mais divulgados, para escandalizar alguns sensíveis. Voces sabiam que a expectativa de vida de um escravo brasileiro era de 30 anos?

te mais
avatar
Pati em 02 de abril de 2009 às 20:11:51»
Realmente... o povo brasileiro só reclama, se lamenta por ter um presidente como o Lula (como se ele fosse culpado de tudo) e não faz absolutamente NADA pra mudar isso.
Gih #) em 02 de abril de 2009 às 20:03:12»
é, f*dinha né?
avatar
Elton em 02 de abril de 2009 às 19:55:53»
caramba custa nada colocar uma proteções básicas, pra alguem ter q se prestar a umas condições dessa, q além de nojento vc corre o risco de morrer asfixiado, tem q tá precisando muito do dinheiro... rolleyes ma
avatar
guizul em 02 de abril de 2009 às 18:29:47»
Que merda de trabalho! O que uma pessoa não faz para sobreviver?! Hein?!
avatar
LoiraInteligente em 02 de abril de 2009 às 17:55:57»
Eu sempre vejo trabalhadores no Brasil fazendo essa limpeza com máquinas.
Além disso, devidamente "vestidos".
Será que precisam tornar esse trabalho tão degradante?
Tanta riqueza, tanta pobreza...
TOTAL ALIEN em 02 de abril de 2009 às 17:39:34»
A podre índia é uma M E R D A !!!
avatar
Deltafox em 02 de abril de 2009 às 17:06:55»
Um Homem de verdade passa por situações assim em prol da esposa e filhos.
nelson rubens em 02 de abril de 2009 às 16:59:00»
ok..ok..
vo falar hein ...q meeeeeeeeerdaaaaaaaaaa
q sofrimento o cara fazer um trampo desse ...desumano...completamente suicida.
avatar
NelsonCosta em 02 de abril de 2009 às 16:34:01»
it´s a dirty job, but someone has to do it.. neutral
avatar
AlanFcker em 02 de abril de 2009 às 16:33:54»
Condições de trabalho e salários precários ñ é um problema só da Índia.
Fruto da ganância e da falta de humanidade (q contradição) do ser humano. ma
avatar
Magah em 02 de abril de 2009 às 15:58:25»
É só podia ser na Índia mesmo!!!!

A Índia e suas castas! Fico perplexa com a cultura daquele povo! ma
E essa novela "Caminho das Índias" pintando esse país como se fosse o lugar mais belo do mundo! ma por favor!! Rede Globo n tá com nada msmo
avatar
Andressa em 02 de abril de 2009 às 15:17:20»
Isso é que é viver na merda literalmente. eek
Queria ver o Mike Rowe fazendo esse TRABALHO SUJO...rsrs lol
avatar
msp1500 em 02 de abril de 2009 às 15:05:53»
É por essas e outras que mesmo vivendo num país cheio das mais variadas formas de corrupção, violência, e outros sem número de mazelas, ainda agradeço a Deus por não ter que enfrentar situações como essas. Tenho dó das pessoas que necessitam se submeter a essas aberrações prá conseguir uns míseros dinheirinho prá continuar sobrevivendo. Deus tenha piedade dessas pessoas.
avatar
Marya em 02 de abril de 2009 às 15:00:55»
Fala sério, o cara podia ao menos usar máscara, luvas e botas, e mesmo assim seria horrível... mad
Pouco salario em 02 de abril de 2009 às 14:59:03»
Antes ele do que eu.