Faça o seu comentário

:

:







Comentários

Lethicia em 12 de agosto de 2014 às 21:35:28»
Obrigada,me ajudou muito!! smile
thuanne em 19 de novembro de 2012 às 15:56:04»
eu so muito ma na matematica to prisciSando de aulinha KKKKKKKKKKK
thalia em 25 de setembro de 2012 às 18:19:31»
mais eu sou uma criança e quero aprende matematica rapido ou eu não vou para quinto ano
avatar
mandy02 em 01 de janeiro de 2010 às 17:45:00»
Ajuda em matemática é sempre bem-vinda! mrgreen
avatar
Brunin em 28 de dezembro de 2009 às 22:55:43»
massa
Josi em 12 de agosto de 2009 às 09:31:59»
Adorei esse post!
Gih #) em 06 de agosto de 2009 às 21:53:26»
vou usar com meu irmão menor!
avatar
Perfect em 06 de agosto de 2009 às 02:14:28»
Legalz!
saghida em 05 de agosto de 2009 às 14:04:08»
adoreii esas ideias vou tentar fazer do jeito que manda ... wink
avatar
Cearense em 05 de agosto de 2009 às 11:35:58»
Maneiro! mrgreen
avatar
Admin em 04 de agosto de 2009 às 21:55:07»
Sisifo, você simplesmente distorceu o que eu disse para justificar a sua afirmativa fora de contexto.

Eu não afirmei em lugar nenhum que quem faz contas de cabeça sabe matemática. Existe por aí muita gente fera numa "continha", mas que não sabe resolver uma equação de primeiro grau. O que eu disse é que o hábito de decorar uma tabuada e fazer contas de cabeça em uma CRIANÇA, ajuda a aguçar seu raciocínio lógico; por consequência torna sua resposta mais rápida aos estímulos e aos problemas reais.

São cinco conselhos, portanto melhor seria que fossem analisados em conjunto. Assim creio que o ítem 1 cobriria o "tão reclamado" desenvolvimento da capacidade de aprendizado e evolução de ideias, mas realizado de forma funcional e não com a aplicação de filosofia (barata) que passa distante à matematica.

Outra coisa: estamos falando de conselhos para uma criança e não para um catedrático. Ou acredita que tais conselhos devem ser aplicados quem está fazendo doutorado?

Abraços
avatar
Astronauta em 04 de agosto de 2009 às 20:21:30»
Sisifo,
Se achas tão importante assim, manda aí uma matrizinha que eu, humildemente, tentarei resolver com o que aprendi nas disciplinas de cálculo da facul.
Elementos finitos? Não manjo ainda, mas sei que como qualquer resolução de problema em Fortran, Matlab ou até mesmo na HP não passa de uma receita de bolo com um pouco de lógica.
Só que se você acha que fazer conta de cabeça atrapalha seu algoritmo para resolver matrizes... quem sou eu pra discordar.
avatar
Markus em 04 de agosto de 2009 às 20:11:17»
Quem ñ sabe resolver uma determinante de segunda ordem de cabeça, jamais conseguirá resolver uma d ordem maior ou igual a 4. Quem ñ sabe fazer uma simples operação d multiplicação ñ conseguirá resolver uma matriz d 3x3, quanto mais uma d 600x600. vc falou besteiora sisifo.
avatar
Astronauta em 04 de agosto de 2009 às 19:44:47»
Fazer contas de cabeça não é treinamento supérfluo, pois exercita o raciocínio e o HD de nossa cabeça não é finito. Temos espaço de sobra na cachola para desenvolver qualquer habilidade, sendo nenhuma delas supérflua.
avatar
Admin em 04 de agosto de 2009 às 19:44:44»
Sisifo, para ter um raciocínio rápido e funcional com problemas reais é necessário antes de tudo saber o básico.

Ninguém nasce sabendo. Ninguém conjuga um verbo em todos os tempos sem saber ao menos um deles.

Ninguem multiplica 6x7 sem antes aprender a somar 2+2. Quem não sabe multiplicar 5x5 certamente também não sabe usar uma calculadora.

O aprendizado exige etapas, e não há como saltar aquelas básicas. Abraços
:) em 04 de agosto de 2009 às 19:32:48»
Não tenho problemas com a matemática.
Mas ela tem comigo.
Acho que não vai com a minha cara. [2]
avatar
brumcm em 04 de agosto de 2009 às 17:35:00»
a matematica é a coisa mais legal que ja inventaram, or nerds amam e os outros se ferram clap clap clap
Lilis em 04 de agosto de 2009 às 17:33:58»
E eh dificil de fazer D:
avatar
msp1500 em 04 de agosto de 2009 às 15:47:35»
Detesto matemática, mesmo reconhecendo que ela é extremamente útil nas nossas vidas.
avatar
guizul em 04 de agosto de 2009 às 15:34:15»
Legal ^_^
avatar
Elton em 04 de agosto de 2009 às 12:44:46»
ótimas dicas, sempre fui péssimo nessa matéria... rolleyes
tanko em 04 de agosto de 2009 às 12:39:50»
Nunca tive problemas na vida por ser ruim em matemática, não vai ser agora que isso vai acontecer né?

De qualquer forma, a parte mais interessante da matemática para mim é a menos explorada na escola, que é a lógica! Gostava também de probabilidade e fico explicando ao meu pai (que se gaba de saber matemática e ter passado em concursos) que fazer zero ponto na megasena é infinitamente mais fácil do que na lotomania e por isso não deveria ser premiado como ele sugere. Mas ele nunca entende mesmo assim!

Acho que a matemática, assim como a física e a química, num geral afastam-se tanto do cotidiano em algum momento que acabamos esquecendo pq as estudamos. Não adianta dizer que estão lá de forma intrínseca, a gente não sabe para q servia um binômio de Newton, aliás, nem lembra o que raios era isso.

No final das contas (com trocadilho), eu só vi essas matérias para o vestibular, passei muito bem, obrigada e tem uns bons 10 anos que não lido com 99% do que aprendi em "matemática".
avatar
Lucy em 04 de agosto de 2009 às 11:25:10»
vou mi lembrar disso sha
The Boris em 04 de agosto de 2009 às 10:15:09»
Poxa Moonwalker, que pena.
A matemática é tão fácil, e tão importante na vida de uma pessoa.
Digo fácil, pq sempre achei que era difícil, até o dia em que fui obrigado a aprendê-la (3 anos depois que havia terminado o ensino médio)
Sabe como fiz:
peguei os livros da minha cunhada - os da 5ª série até a 8ª - e fui resolvendo e aprendendo todos eles em menos de 2 meses.
Resultado= Passei em vários concursos públicos, e qnd tinha exigencia em matemática ai q eu me dava bem mesmo.
avatar
Manoeva em 04 de agosto de 2009 às 09:41:28»
5- verdade
lol lol lol