Faça o seu comentário

:

:







Comentários devem ser aprovados antes de serem publicados. Obrigado!

Comentários

Página 5 de 5 (223 comentários)
« Ant. | Primeira | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | | Última | Prox. »

avatar
Junico em 21 de agosto de 2009 às 09:55:46»
A inteligência é diretamente proporcional a descrença religiosa sim. O Papa Leão XIII uma vez disse que é totalmente ilícito exigir, defender ou conceder incondicionalmente a liberdade de pensamento, expressão ou culto, como se esta fosse um direito natural do homem. O que demonstra claramente que o que interessa para a religião é que o crente acredite e não raciocine.
Afinal alguém que pensa só um pouquinho logo descobrirá que este deus, que acreditam, é um grande fdp.
Um estudo recente também veio comprovar isso http://www.estadao.com.br/v...
Pitralon em 21 de agosto de 2009 às 08:10:29»
Mais uma vez o etnocentrismo consegue impor-se. Com a exceção de Platão e Cervantes, todos os grandes cérebros são do grupo das grandes potências mundiais dominantes do sec. XX : Estados unidos, França, Alemanha, Itália, Grã-Bretanha.

Portanto a dedução a fazer de uma lista como esta é uma de três hipóteses:

1- ou a lista é tendenciosa e esquece os outros povos por razões de estratégia política e legitimização do poder dessas potências.
2- Ou o resto da humanidade, as centenas de milhões de chineses, africanos, indianos, sul americanos...etc. são relativamente pouco inteligentes em comparação com os indígenas dessas potências.
3- Ou as grandes potências tornaram-se, com o tempo, grandes potências exatamente porque tem alguns cidadãos dotados de inteligência superior.

Creio que nem uma pessoa com um QI extraordinariamente alto poderá saber a resposta exata.
avatar
therock em 21 de agosto de 2009 às 00:48:39»
O tal do William James Sidis aprendeu tanta lingua que no fim o cérebro nao suprtou...hehehe
André Homem-pássaro em 21 de agosto de 2009 às 00:42:59»
só uma dúvida: Os testes de inteligência surgiram na China, no século V, e começaram a ser usados cientificamente na França, no século XX.

Então como foram medidos os QI's destes cidadãos?
Só por curiosidade...

Ahh e outra coisa, eles ganhavam pra pensar ou tinham um trabalho, batiam ponto pagavam contas, ou eram sustentados por pessoas que lhes custeavam os estudos?

é que sou curioso demais...
Dino_Cão em 20 de agosto de 2009 às 22:20:22»
Fica a dica de um livro interessante sobre esses "testes de QI", do biologo Stephen Jay Gould e se chama "A Falsa Medida do Homem". Pode se encontrar muito na internet que fala sobre...
avatar
CriticoBr em 20 de agosto de 2009 às 20:03:57»
A inteligência é muito mais que fazer alta pontuação em um teste, senão que é a observância de um conjunto de regras básicas ou o questionamento coerente e pertinaz destas.
Com essa frase meu amigo Luisão, tu ganhou mais uns cinquentinha no seu QI rsrsr...sacanagem, 300 de QI??? eek eek eek não é a toa que o cérebro "explodiu"
Raquelzinha em 20 de agosto de 2009 às 18:58:45»
Boa Pergunta LEO
Jimmy Neutron em 20 de agosto de 2009 às 18:55:26»
Talvez eles estimem estes valores.

O teste moderno de QI surgiu em 1900 (http://www.audiblox2000.com...). Imagino que ele deva existir um teste mais antigo do que este...

Outra coisa, o Sidis está me parecendo ter síndrome de Savant. Pelo que li, os portadores dessa síndrome são capazes de aprender novas línguas muito rapidamente, além de começarem a falar e ler muito cedo.
Jamil Abdalah em 20 de agosto de 2009 às 18:26:31»
Que diabos é "Ilustração"... esqueceu de traduzir pro português do Brasil... e por Iluminismo nisso aí. xD
leo em 20 de agosto de 2009 às 17:10:37»
Como se sabe esses Q.i.s se não existia teste de inteligência na maioria dessas épocas?
avatar
Johnny Bravo em 20 de agosto de 2009 às 16:54:17»
Hmmm falta eu
zuei HASUHAS ;
Max de Albuquerque Queiroz em 20 de agosto de 2009 às 16:15:21»
interessante. eu faço aniversario exatamento no dia que o mais inteligente morreu. 17 de julho. kkkkk orkut : FRIMADMAX
Thatyane em 20 de agosto de 2009 às 15:23:48»
"William James Sidis (1898 - 1944) QI=300 - O jovem James podia ler o New York Times quando tinha apenas 18 meses, e aos oito anos falava 8 idiomas além do inglês (latim, grego, francês, russo, alemão, hebreu, turco, e armênio), e aos 7 anos inventou um, o Vendergood. Na idade adulta, foi estimado que ele pudesse falar mais de 40 idiomas, e aprender uma língua nova em uma semana."
Que privilégio.
Monique em 20 de agosto de 2009 às 13:50:22»
"Voltaire (1694-177 cool QI=190 Escritor e filósofo francês que figura como um dos principais representantes da Ilustração"

Ilustração? Não seria Iluminismo?
gustavo em 20 de agosto de 2009 às 13:38:38»
Em que ano inventaram o teste de QI? Viagem no tempo??? Voltaire fez o teste? kkkkkkkkkkkkkkkkk
avatar
Elton em 20 de agosto de 2009 às 13:11:57»
é isso aí admin!!!!

afinal tem umas pessoas com uma sorte danada e q vale mais q qualquer inteligencia... lol
avatar
Khaila em 20 de agosto de 2009 às 13:07:42»
Bem lembrado. biggrin
avatar
Sara em 20 de agosto de 2009 às 12:49:37»
Moonwalker! você tá vivo! razz
avatar
Jessica em 20 de agosto de 2009 às 12:23:18»
cade albert einstein? oO
AlwaysFucker em 20 de agosto de 2009 às 12:21:01»
Faltou o João Gordo (y)
avatar
msp1500 em 20 de agosto de 2009 às 12:10:41»
Não acredito nesse método não, pois prá se estipular o QI de uma pessoa, tem-se que aferir, não ficar em cima de especulações.
Fazem isso como forma de endeuzar as pessoas.
Joaninha em 20 de agosto de 2009 às 12:09:52»
SEGUNDOOONA "
avatar
msp1500 em 20 de agosto de 2009 às 12:06:57»
PRIMEIRÃO.
Página 5 de 5 (223 comentários)
« Ant. | Primeira | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | | Última | Prox. »