Faça o seu comentário

:

:







Comentários

avatar
PadreTorque em 29 de maio de 2015 às 21:52:46»
Bah.... Muito interessante....!
:-/
avatar
headbanger em 28 de maio de 2015 às 11:19:27»
Aliás, é comum encontrar esse tipo de gente nos treinos de artes marciais: veteranos que abusam e descem a ripa nos novatos sem piedade, quando mestre não está olhando.

Pode ter certeza, aquele novato vai treinar, treinar, treinar, treinar, e um dia o veterano abusado vai ter uma bela supresa...
avatar
headbanger em 28 de maio de 2015 às 11:03:45»
"De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto." Rui Barbosa

O melhor para lidar com os babacas, é como o Brazuka disse: ser um jogador de xadrez.

Se passar por burro e inocente na frente do babaca, agindo com movimentos friamente calculados pra mostrar que ele não é essa coca-cola toda.

Existem 3 tipos de pessoas no mundo:
- as ovelhas, que tudo aceitam.
- os lobos, que tudo devoram.
- e os cães pastores, que com uma destreza e inteligência ímpares, em um movimento certeiro vencem os lobos e protegem as ovelhas.

Nem todo mundo que acata está dormindo, e é lindo quando um lobo pensa estar lidando com ovelhas mas está na verdade no meio de uma matilha de cães pastores.

O dia de todo espertão, de todo aproveitador, de todo trapaceiro e de todo o valentão está marcado. Um dia chega. Um dia provará do próprio veneno.
avatar
Brazuka em 28 de maio de 2015 às 04:52:05»
Jorge, um dos babacas vingativos que mais merece nosso respeito, cordialidade, afeto e toda nossa atenção é justamente o garçon e o frentista pois, se for garçon, só Deus sabe o que ele vai trazer no tempero prá cliente mala, cheio de onda e razão pra cima de quem pensa que pode humilhar e se for o frentista... coitado do babaca atrevido, metido a besta e que não lhe deixa uma gorjetinha sequer, se ele souber como ferrar um motor com açucar na hora de encher o tanque do amado carrinho. lol

Isso sem falar nas enfermeiras também que mesmo caladinhas, sabem como descontar na hora de aplicar um soro ou o melhor lugar de se aplicar uma boa injeção, que faz o babaca metido a artista e mal agradecido quase travar e ter um passamento de tanta dor repetidas vezes, sob argumento fajuta de que não tá encontrando a veia do impaciente paciente. twisted
Jorge L.S. em 27 de maio de 2015 às 16:56:03»
Não chegam mais longe do que eu, justamente pq eu sou um desses "babacas".
No alto dos meus 34 anos já é visível a diferença entre mim e os meus ex colegas descolados.
Um faço questão de visitá-lo semanalmente, pois preciso dele,
para que abasteça meu carro. hahaha.
avatar
Brazuka em 27 de maio de 2015 às 05:21:44»
Todo babaca otário é brinquedinho de maluco cabeça, brother Luisão. sha lol

Um bom babaca é ótimo quando a gente sabe usar, pois até que tem sua utilidade tipo, só nos ensina a ficar mais espertos e pisar menos na bola.

Administração se faz com parceria pois ninguém é uma ilha e nem tão sábio assim que não tenha nada prá aprender e nem tão burro assim que não tenha nada prá ensinar; principalmente se esse babaca também for chefe um dia e encontrar um bando de mala que no serviço se pudessem. só sentariam numa poltrona de pudim pois só querem moleza quando trabalho que é bom... twisted
avatar
Brazuka em 27 de maio de 2015 às 05:11:34»
Pode definir como "tremendos babacas" e "bundões" mesmo, pois vermes assim existem em todos os locais, principalmente de trabalho e verdadeiramente, além de nojentos, são altamente tristes e deprimentes.
,
Até agora trabalhei e tive vários tipos de chefes e colegas de trabalho altamente fdps assim, e o que fiz com eles...?

Matava lentamente os desgraçados na unha com maestria e perícia de um mestre do jogo de xadrez, fazendo com que muitas vezes eles explodissem tanto que se auto ferrassem do primeiro ao quinto perante a platéia e aí... ou me transferiam, me expulsavam de vez, me ameaçavam em vão mas, alguns deles coitados, ficaram doentes. até bateram as botas mais cedo de raiva, vestiram seus paletós de madeira e foram comer capim pela raiz na cidade dos pés juntos.

Só de lembrar de alguns que cruzaram meus caminhos tipo o que foi descrito no texto "beijando os de cima e chutando os de baixo", me volta a vontade de vomitar e voltar a reencontrá-los e lhes ensinar novamente que a vida não é assim e tudo que sobe, um dia tende a cair e feio, principalmente quando se mete com o babaca errado.
twisted evil
avatar
Haiduqque em 27 de maio de 2015 às 00:15:48»
Bom post. Infelizmente as estruturas sociais, tal como as conhecemos, estão dependentes de caraterísticas individuais bastante deploráveis. Razão, talvez, de as sociedades humanas serem tão injustas, cruéis e bem menos evoluídas do que poderiam ser.
avatar
fferrero1973 em 26 de maio de 2015 às 18:46:23»
O que importa de verdade é o resultado pratico, quem esta pagando, pouco importa o "como", importa apenas o resultado. Os "basbaques" são melhores em extrair o melhor das pessoas, exigem muito, oprimem, maltratam, conseguem o que querem, e os empregadores querem resultados, pouco importa como.